Rodolfo Ayres Braga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Rodolfo Ayres Braga (Santos, ) é um compositor, guitarrista e baixista brasileiro. Atua como sideman e baixista convidado em várias bandas da capital paulista.

Foi cofundador da banda Joelho de Porco[1][2],[3] Em 1973 viaja para New Orleans, onde cursou o Delgado Jr. College ,onde estudou música, teoria, piano e violão.

Em 1975 é chamado para acompanhar o cantor Fabio Jr. que tinha um programa com o cantor e compositor Silvio Brito na extinta TV Tupi. No ano seguinte é convidado para substituir a saída do baixista) da banda progressiva Terreno Baldio. [4]

A partir de 1978 ingressa na banda de bluegrass Dixie Original Stompers trabalhando com os amigos e bateristas: Beto Cury e Jurandi Abreu Trindade ate 1981.

Através de um convite do baterista Jurandi Abreu Trindade e do guitarrista Guilherme Dotta, ingressa em 1981 na lendária BandaThe Jet Black's fazendo shows e gravando o LP homônimo "The Jet Black's Rides Again".

Em 1984 trabalhou como auxiliar de montagem de orquestra com o maestro Eleazar de Carvalho no Festival de Inverno de Campos de Jordão.

Em 1989 é convidado a integrar a banda da cantora Roberta Miranda, atuando em shows ate 1992. Em 1996 recebe o convite para cursar a Los Angeles Music Academy, com um bolsa de estudos.

Voltando para o Brasil, trabalha como artista, educador e professor de baixo elétrico no CEU-Perus em 2003 e 2004.

Em 2005 é convidado pelo produtor argentino Mark Perren para cantar, tocar baixo no CD REX- ROX "Último Disco de Rock & Roll".

Em 2009 reúne-se com antigos companheiros do Joelho de Porco para uma última apresentação da banda na Virada Cultural de São Paulo.[5]

A partir de 2013 de um re-encontro com seu amigo e parceiro o guitarrista Davidson Miranda (ex Performances) iniciam o trabalho autoral Rabugenttos Band.[6]

Em 2014 volta ao trabalho na Noite Paulistana com o Grupo Cadillac 56 com o baterista Beto Cury (ex Tutti Frutti) e o guitarrista Walther Fonseca (Cadillac 56) com grande atuação No ABC e Estado de São Paulo.[7]

Referências

  1. «Joelho de Porco». Cravo Albin. Consultado em 7 de agosto de 2014 
  2. Próspero Albanese. Site Joelho https://web.archive.org/web/20140627125829/http://bandajoelhodeporco.com.br/outras.aspx. Consultado em 7 de agosto de 2014. Arquivado do original em 27 de junho de 2014  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. Marcos Antônio Marcondes (1998). Enciclopédia da música brasileira: popular, erudita e folclórica. [S.l.]: Art. 407 páginas. ISBN 9788574020532 GB 
  4. Marcelo Dolabela (1987). ABZ do rock brasileiro. [S.l.]: Estrela do Sul. ISBN GB 
  5. https://www.facebook.com/pages/Rodolfo-Braga-Baixista-do-Joelho-de-Porco/319553931389810?fref=ts
  6. https://www.facebook.com/rabugenttosband?fref=ts
  7. https://www.facebook.com/bandacadilac56?fref=ts