Rodovia Brigadeiro Faria Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Rodovia Brigadeiro Faria Lima começa na Rodovia Washington Luís, no Municipio de Matão, e termina na divisa com o Estado de Minas Gerais, na ponte sobre o rio Grande, no municipio de Colômbia.

Possui 173 quilômetros de extensão, sendo 110 duplicados. É administrada pelas concessionárias Tebe e Triângulo do Sol, em seu precurso possui 3 praças de cobrança de pedágio. A velocidade máxima permitida é de 110 km/h nos trechos duplicados e de 100 km/h nos trechos de pista simples. Seu traçado é predominantemente reto, com poucas curvas bem suaves e constantes aclives e declives também bastante suaves.

A rodovia atravessa uma próspera região do interior paulista, onde se concentram grandes produtores de gado, laranja e cana-de-açúcar, incluindo várias usinas de processamento de álcool e suco de laranja. Serve a importantes municípios como Matão, Santa Ernestina, Jaboticabal, Bebedouro e Barretos.

A rodovia é a mais importante ligação da região, com a Região Central do Estado, interligando cidades como; Araraquara, São Carlos e sucessivamente a Capital do estado.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]