Saltar para o conteúdo

Rodrigo Chaves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Rodrigo Chaves Robles (San José, 10 de junho de 1961) é um economista costarriquenho e atual presidente da Costa Rica desde 8 de maio de 2022. Serviu como ministro das finanças no governo anterior, do presidente Carlos Alvarado Quesada.[1]

Rodrigo Chaves
Rodrigo Chaves
49.º Presidente da Costa Rica
Período 8 de maio de 2022
a atualidade
Vice-presidente Stephan Brunner Mary Munive
Antecessor(a) Carlos Alvarado Quesada
Ministro das Finanças
Período 30 de outubro de 2019
a 28 de maio de 2020
Antecessor(a) Rocío Aguilar Montoya
Sucessor(a) Elián Villegas Valverde
Dados pessoais
Nome completo Rodrigo Alberto de Jesús Chaves Robles
Nascimento 10 de junho de 1961 (63 anos)
Costa Rica San José, Costa Rica
Nacionalidade costarriquenho
Alma mater Universidade da Costa Rica
Universidade Estadual de Ohio
Cônjuge Monika Maria Hempel Nanne (1986–1996)

Signe Zeicate (2012– )

Partido Partido Democrático do Progresso Social
Religião Católico romano
Profissão Economista

Em 3 de abril de 2022, venceu o ex-presidente de seu país, José María Figueres Olsen no segundo turno das eleições gerais, tornando-se o 49º Presidente da Costa Rica.[2]

A Universidade Estadual de Ohio, em Columbus, onde Chaves concluiu os seus estudos.

Rodrigo Chaves nasceu no distrito metropolitano de Carmen, no cantão central de San José, em 10 de junho de 1961. Obteve o título de Ph.D. em Economia na Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos. Antes de sua nomeação como ministro das finanças da Costa Rica no governo de de seu antecessor, ele trabalhou como diretor nacional do Banco Mundial para a Indonésia e países da América, Europa e Ásia.[3]

Ver artigo principal: Onda conservadora

Em julho de 2021, Chaves anunciou sua candidatura à presidência da República pelo Partido Democrático do Progresso Social, de centro-direita, com foco principal no combate a corrupção, baixa no preço dos alimentos e outros produtos de necessidade básica da população, além de abaixar os níveis de pobreza que atingem 23% da população do país da América Central, bem como criar novas vagas de emprego.[4]

Em 6 de fevereiro de 2022 ficou em segundo lugar no primeiro turno das eleições presidenciais com 14,98% dos votos. No segundo turno, em 3 de abril do mesmo ano, ultrapassou o centrista Figueres, se tornando o 49º Presidente da Costa Rica aos 60 anos de idade.[4]

  1. «Presidencia de la República de Costa Rica». Presidencia de la República de Costa Rica (em espanhol). Consultado em 4 de abril de 2022 
  2. «Rodrigo Chaves gana las elecciones nacionales con el 89% de las mesas escrutadas | Crhoy.com». CRHoy.com | Periodico Digital | Costa Rica Noticias 24/7 (em espanhol). Consultado em 4 de abril de 2022 
  3. «Rodrigo Chaves é eleito novo presidente da Costa Rica». Poder360. 4 de abril de 2022. Consultado em 4 de abril de 2022 
  4. a b Minas, Estado de; Minas, Estado de (4 de abril de 2022). [https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2022/04/04/interna_internacional,1357560/candidato-de-direita-rodrigo-chaves-conquista-a-presidencia-da-costa-rica.shtml «Candidato de direita Rodrigo Chaves conquista a presid�ncia da Costa Rica»]. Estado de Minas. Consultado em 4 de abril de 2022  replacement character character in |titulo= at position 55 (ajuda)