Rodrigo José Galatto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Galatto
Galatto
Galatto atuando pelo Litex Lovech.
Informações pessoais
Nome completo Rodrigo José Galatto
Data de nasc. 10 de abril de 1983 (35 anos)
Local de nasc. Porto Alegre, (RS), brasileiro
Nacionalidade brasileira
Italiana[1]
Altura 1, 93 m[2]
Canhoto
Apelido Galatto,
Informações profissionais
Período em atividade 2004presente (12 anos)
Clube atual Flag of None.svg Sem Clube
Número '1'
Posição Goleiro
Site oficial oficial
Clubes de juventude
20022003 Brasil Grêmio
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20042007
2005
20082010
2010
2010
2011
2012
2012
2013
20132014
2015
Brasil Grêmio
Brasil Atlético Paranaense
Bulgária Litex Lovech (emp.)
Espanha Málaga
Suíça Neuchâtel Xamax
Brasil Itumbiara
Brasil América de Natal
Brasil CRB
Brasil Criciúma
Brasil Juventude
0041 0000(0)
0060 0000(0)
0017 0000(0)
0012 0000(1)
0001 0000(0)
0000 0000(0)
0016 0000(0)
0014 0000(0)
0043 0000(0)
0000 0000(0)
000 0000

Rodrigo José Galatto, mais conhecido como Rodrigo Galatto, ou simplesmente Galatto (Porto Alegre, 10 de abril de 1983), é um ex-futebolista brasileiro e italiano que atuava como goleiro. Atualmente está aposentado.

Galatto também é formado em Educação Física pela faculdade ULBRA de Canoas.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Galatto começou sua carreira nas categorias de base do Grêmio e pelo Grêmio se firmou como titular após a saída de Eduardo, estreando no dia 15 de maio de 2005, contra o Criciúma, no Estádio Heriberto Hülse. Desde que se tornou titular, passou segurança ao time. Foi essencial na volta para a Série A, junto com Anderson, ao defender um pênalti decisivo, contra o Náutico, no Estádio dos Aflitos no dia 26 de novembro de 2005. Anderson, por sua vez, marcou o gol que deu a vitória ao Tricolor Gaúcho no célebre jogo que ficou conhecido como Batalha dos Aflitos.

Em 2006 e 2007, sofreu com lesões, o que o colocou na reserva do clube gaúcho. Liberado pela direção para procurar outro clube no final de 2007, foi anunciado como contratado do Atlético Paranaense no dia 20 de dezembro do mesmo ano.

Na temporada de 2008 foi titular fazendo boas atuações no paranaense e depois no Campeonato Brasileiro da Série A de 2008. Na temporada seguinte começou o ano como titular no Campeonato Paranaense, tornando-se campeão paranaense de 2009, titularidade que acabou perdendo durante o resto da temporada. No dia 16 de janeiro de 2010 o Atlético Paranaense emprestou por um ano o goleiro ao Litex da Bulgária. Inicialmente ele escolheu ficar no Paraná e esperar uma melhor proposta. Mas uma nova investida feita pelo clube bulgáro foi aceita pelo jogador conseguindo grande destaque por lá.

Em julho de 2010, Galatto foi vendido ao Málaga, da Espanha.

No dia de Natal do ano de 2010, Gallato foi dispensado pelo técnico chileno Manuel Pellegrini do Málaga para poder procurar outro time.[3]

Em Julho de 2011, após quase um ano sem jogar, Galatto acerta sua transferência para o Xamax da Suíça. No entanto, após jogar apenas uma partida, foi dispensado. [4]

Em Maio de 2012, o jogador foi contratado pelo América Futebol Clube, de Natal, para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B.

Atuando apenas 15 minutos com a camisa do América Futebol Clube por causa de uma grave lesão, ele embarcou para o Clube de Regatas Brasil, de Maceió, aonde atuará para temporada de 2013.

Depois de ter feito um ótimo Campeonato Alagoano 2013 pelo CRB, se tornando o melhor goleiro do campeonato, no dia 22 de maio é confirmada sua ida para o Criciúma para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série A 2013. Foi dispensado no dia 20 de novembro de 2014, após a queda para a Série B de 2015 do Criciúma.[5]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Grêmio
Atlético Paranaense
Litex Lovech
América-RN
CRB

Outras conquistas[editar | editar código-fonte]

Atlético Paranaense
  • Challenger Brazil/USA: 2009[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Lista de goleiros artilheiros

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]