Rodrigo Longo Freitas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Digão
Informações pessoais
Nome completo Rodrigo Longo Freitas
Data de nasc. 12 de março de 1993 (24 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,77 m
Destro
Apelido Digão
Informações profissionais
Período em atividade 2011–presente (6 anos)
Clube atual Adanaspor
Número 22
Posição Lateral-direito e volante
Clubes de juventude
2009–2013 Flamengo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2011–2015
2014
2015
2016
2016–
Flamengo
América de Natal (emp.)
Volta Redonda
Portuguesa
Adanaspor
0021 0000(2)
0000 0000(0)
0001 0000(0)
0016 0000(0)
0030 0000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 3 de junho de 2017.

Rodrigo Longo Freitas, mais conhecido como Digão (Rio de Janeiro, 13 de março de 1993), é um futebolista brasileiro que atua como lateral-direito e volante. Atualmente, joga pelo Adanaspor.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Digão, como é conhecido, chegou nas categorias de base do Flamengo com apenas oito anos de idade. Conquistou, de forma invicta, o Campeonato Carioca Juvenil em 2010.[1]

Em 2011, ganhou a chance de disputar a tradicional Copa São Paulo de Futebol Júnior, competição na qual foi campeão.[2] Foi chamado pelo então treinador do Rubro-Negro Vanderlei Luxemburgo para a equipe principal em virtude da convocação de Rafael Galhardo para a Seleção Brasileira Sub-20. Estreou profissionalmente no amistoso contra o Londrina num empate por 0 a 0. Acabou ficando sem espaço e voltou para a base. Disputou a Copa Libertadores da América Sub-20 e o Torneio Tirrenoe Sport na Itália.[3][4] Se sagrou campeão do Torneio Octávio Pinto Guimarães, seu quinto título com a camisa rubro-negra.[5] Ao final do ano, ainda participou do Campeonato Brasileiro Sub-20.

No começo de 2012, foi novamente relacionado para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Digão junto com a equipe rubro-negra acabou não indo tão bem como no ano anterior, deixando a competição ainda na fase de grupos.[6] Um dia após a eliminação na Copinha, o lateral-direito se apresentou em Londrina para fazer a pré-temporada com time principal.[7] Fez sua estréia em partidas oficiais no Campeonato Carioca de 2012 contra o Bonsucesso, onde entrou no segundo tempo no lugar de João Felipe.[8] Voltou novamente para a base e sagrou-se bi-campeão do Torneio Octávio Pinto Guimarães.[9]

Disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior pela terceira vez, sendo novamente eliminado com a equipe rubro-negra na fase de grupos. Já pelos profissionais, estreou como titular na vitória por 3 a 1 contra o Macaé, em partida válida pelo Campeonato Carioca de 2013. Sem muitas opções para substituir Léo Moura na posição, fez sua estréia pelo Campeonato Brasileiro na derrota por 1 a 0 para o Grêmio.[10] Digão teve seu contrato renovado até dezembro de 2014.[11] No final do ano, se consagrou campeão da Copa do Brasil.

América de Natal[editar | editar código-fonte]

Sem muitas chances no time principal do Flamengo com a chegada do lateral-direito Léo para ser o reserva de Léo Moura, foi emprestado para o América de Natal em junho de 2014 até o fim do mesmo ano.[12]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 7 de outubro de 2015.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Flamengo 2011 1 0 0 1 0 0
2012 1 0 0 1 0 0
2013 7 0 0 1 0 0 1 0 1 9 0 1
2014 0 0 0 0 0 0 0 0 0 5 0 0 5 0 0
Total 7 0 0 1 0 0 0 0 0 8 0 1 16 0 1
América de Natal 2014 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Volta Redonda 2015 1 0 0 1 0 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 1 0 0
Portuguesa 2016 13 3 0 0 0 0 0 2
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Total na carreira 7 0 0 1 0 0 0 0 0 9 0 1 17 0 1

Títulos[editar | editar código-fonte]

Flamengo

Referências

  1. «Romário e filho de Bebeto decidem, e Flamengo leva o Estadual juvenil». GloboEsporte.com. 16 de outubro de 2010. Consultado em 14 de agosto de 2012 
  2. «Festa rubro-negra no Pacaembu: Fla derrota Bahia e conquista a Copinha». GloboEsporte.com. 25 de janeiro de 2011. Consultado em 26 de março de 2013 
  3. «Mirando a Tríplice Coroa, juniores do Fla se preparam para a Libertadores». GloboEsporte.com. 11 de junho de 2011. Consultado em 26 de março de 2013 
  4. «Com Adryan, juniores do Flamengo viajam para disputar torneio na Itália». GloboEsporte.com. 26 de agosto de 2011. Consultado em 18 de maio de 2014 
  5. «Fla reage, vence Flu nos pênaltis e consagra-se campeão invicto do OPG». GloboEsporte.com. 26 de novembro de 2011. Consultado em 26 de março de 2013 
  6. «Flamengo empata de novo e dá adeus ao bi da Copinha. São Carlos avança». GloboEsporte.com. 9 de janeiro de 2012. Consultado em 2 de abril de 2013 
  7. «Um dia após adeus do Fla à Copinha, juniores se apresentam em Londrina». GloboEsporte.com. 10 de janeiro de 2012. Consultado em 2 de abril de 2013 
  8. «Garotada faz bonito, e Fla estreia com goleada sobre o Bonsucesso». GloboEsporte.com. 21 de janeiro de 2012. Consultado em 2 de abril de 2013 
  9. «Flamengo vence o Botafogo nos pênaltis e leva o bi da OPG». GloboEsporte.com. 25 de novembro de 2012. Consultado em 25 de novembro de 2012 
  10. «Enfim, Digão: sem Léo Moura e Luiz Antonio, Mano dá chance ao jovem». GloboEsporte.com. 24 de agosto de 2013. Consultado em 14 de dezembro de 2014 
  11. «Flamengo renova com lateral direito Digão até fim de 2014». esportes.terra.com.br. 14 de junho de 2013. Consultado em 14 de dezembro de 2014 
  12. «América-RN anuncia meia Morais, ex-Criciúma, e mais dois para a Série B». GloboEsporte.com. 27 de junho de 2014. Consultado em 27 de junho de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.