Rogê da Fonseca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rogê Ferro
Nascimento 22 de abril de 1971 (45 anos)
Nome de nascimento Rogério da Fonseca
Nacionalidade Brasileira
Cabelo Preto
Cor de pele Pardo
Etnia Latino
Ocupação Ator pornográfico
Nomes artísticos Rogê Ferro
Rogê
Ano de estreia 1998
Nº de filmes: 428 (aproximadamente pelo IAFD)
Página Oficial
ATENÇÃO: As ligações externas podem conter conteúdo sexual explícito.

Rogério da Fonseca (Rio de Janeiro, 22 de abril de 1971) é um ex-ator pornográfico brasileiro mais conhecido como Rogê Ferro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em 1998, durante uma festa no apartamento de um amigo no Rio de Janeiro, conheceu Fábio Scorpion, diretor da Buttman, que o convidou para um teste para os filmes no valor de R$ 1.000, onde Roge foi aprovado e seguiu a carreira, se tornando o ator com maior cachê da industria na época.[1] Sua ascensão causou inveja no ator Christian Wave, que saiu da Buttman brigado com Ferro em 2000.

Em 2014, Rogê anunciou que estaria lançando um filme de sua carreira em parceria com o diretor Dimas Oliveira Junior intitulado "Hardcore Passando por Cima" e o ator Igor Cotrim iria interpretá-lo.[2]

Ferro se considera o maior ator de pornografia brasileira de todos os tempos e seu estilo é hardcore, tendo mais de 2000 mil cenas em seu currículo.[3] [4] No início de sua carreira, Ferro teve apoio de sua mãe e irmãos, mas seu pai achava que ele fosse um prostituto e por isso não o apoiou.[5] Ferro também diz nunca ter brochado em um filme.[6]

Já atuou em companhias como Brasileirinhas, Playsexx, Buttman, Evil Angel, Third World Media, Temptation Entertainment, Silverstone, Northstar Associates, Code X, Reality Kings e Adam & Eve.

Trabalhos na televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Emissora Ref.
2011 A Liga Entrevistado (Documentário) Rede Bandeirantes [7]
2013 Amor & Sexo Participação Especial Rede Globo [8]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado Ref.
2009 Erótika Video Awards Melhor Cena de Sexo Oral Sexxxy Girl (Cena 1): com Julia Paes Indicado [9]
Melhor Cena Livre Foda de Elite: com Mônica Mattos & Patricia Kimberly Indicado
Melhor Cena de Sexo a 2 Vivi Ronaldinha: Hardcore (Cena 1): com Vivi Ronaldinha Venceu
Melhor Cena de Sexo Anal Tomando no Cu 2 com Mayara Rodrigues Indicado
Frota, Ação e Aventura com Jessica Taylor Indicado
Melhor Ator Ele Mesmo Venceu
2010 Melhor Ator Ele mesmo Indicado [10]
Melhor Cena Anal "Big Wet Brazilian Asses 6" (com Monica Santhiago) Indicado
Melhor Filme de Carnaval "Carnaval 2009" Indicado
Melhor Lançamento do Ano "Cadilac Sexxxy" Indicado

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons

Referências

  1. «Rogê Ferro é entrevistado pela "Isto É"». 2013. Consultado em 14 de Maio de 2016. 
  2. «Rogê Ferro é entrevistado pelo "Papo Mix"». 2014. Consultado em 14 de Maio de 2016. 
  3. «Uma sinuca entre Walder Laurentis e Rogê Ferro». 2012. Consultado em 14 de Maio de 2016. 
  4. «Rogê Ferro, o 'Bruno Surfistinha'». 31 de Março de 2012. Consultado em 15 de Maio de 2016. 
  5. «Ator de filmes eróticos, Rogê Ferro, revela no PapoMix os bastidores da produção». 19 de Dezembro de 2012. Consultado em 15 de Maio de 2016. 
  6. «Rogê Ferro é entrevistado pelo "Linkadus"». 2012. Consultado em 14 de Maio de 2016. 
  7. «Rogê Ferro em documentário "Indústria Pornô" de "A Liga"». 2011. Consultado em 14 de Maio de 2016. 
  8. «Ex-atores pornôs entregam os bastidores de filmes para adultos». 21 de Novembro de 2013. Consultado em 14 de Maio de 2016. 
  9. «Indicados e Campeões do EVA 2009». 2009. Consultado em 16 de Maio de 2016. 
  10. «Indicados e Campeões do EVA 2010». 2009. Consultado em 15 de Maio de 2016. 
  11. [1]