Rolling in the Deep

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Rolling In The Deep)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Rolling in the Deep"
Single de Adele
do álbum 21
Lado B "If It Hadn't Been for Love"
Lançamento 29 de Novembro de 2010
Formato(s) CD single, Download digital
Gravação Agosto de 2010; Eastcote Studios
(Londres, Inglaterra)
Gênero(s) Soul, pop, blues
Duração 3:48
Gravadora(s) XL
Composição Adele Adkins, Paul Epworth
Produção Paul Epworth
Certificação(ões) Estados Unidos RIAA 8× Platina[1] Reino Unido BPI Platina[1] Brasil ABPD Platina[2]
Cronologia de singles de Adele
"Make You Feel My Love"
(2008)
"Someone like You"
(2011)

"Rolling in the Deep" é uma canção da artista musical britânica Adele, lançada como primeiro single de seu segundo álbum de estúdio, 21 (2011).[3] É o single principal e a faixa de abertura do álbum. A canção foi escrita por Adele e Paul Epworth. A própria cantora a descreve como uma "melodia de disco gospel blues-y dark". Foi lançado pela primeira vez em 29 de novembro de 2010 como o primeiro single de 21 em formato de download digital. As letras descrevem as emoções de um amante desprezado.[4]

"Rolling in the Deep" foi aclamada pela crítica musical e representou um avanço comercial para Adele, impulsionando-a para o sucesso internacional. A música alcançou o número um em 11 países. Foi a primeira música número um de Adele nos Estados Unidos, alcançando o primeiro lugar em muitas paradas da Billboard, incluindo a Billboard Hot 100, onde foi a número um por sete semanas. Em fevereiro de 2012, "Rolling in the Deep" vendeu mais de 8,7 milhões de cópias nos Estados Unidos, tornando-se a canção digital mais vendida por uma artista feminina nos EUA,[5] a segunda música digital mais vendida no mercado norte-americano e o single mais vendido de Adele fora de seu país natal, superando seu anterior best-seller, "Chasing Pavements".

O single chegou ao número um na Bélgica, Alemanha, Itália, Países Baixos e Suíça, e se tornou um dos dez maiores hits na Áustria, Dinamarca, Irlanda, Nova Zelândia e Noruega. A canção estreou no número dois no Reino Unido, tornando-se o terceiro single de Adele a ficar entre os dez hits de maior sucesso. Além disso, a canção chegou ao número 1 na Billboard Hot 100, tornando-se o segundo single de Adele a entrar nas paradas nos Estados Unidos e também sua primeira canção a ficar entre os vinte hits de maior sucesso.

A canção vendeu mais de 8.000.000 cópias nos EUA até hoje e foi certificada 8x Platina pela RIAA,[6][7] e ganhou versões cover da Bandas Linkin Park, OneRepublic, Vázquez Sounds e Panic! At the Disco, e dos cantores Aretha Franklin, John Legend, Mike Posner e Nicole Scherzinger. A canção foi gravada no último álbum da série de televisão Glee, mas ela não apareceu em nenhum dos episódios da série. No Brasil, a canção esteve na trilha internacional da tele novela Morde & Assopra.[8] Seu grande sucesso comercial junto com sua durabilidade nas paradas musicais fazem da canção um dos maiores sucessos da história da música, de acordo com a United World Chart. Em 2018, "Rolling in the Deep" atingiu 20,6 milhões de cópias vendidas mundialmente, se tornando um dos singles digitais mais vendidos de todos os tempos.[9][10][11]

"Rolling In The Deep" recebeu vários prêmios e nomeações, inclusive na edição do 54º Grammy Awards, como "Gravação do Ano", "Canção do Ano" e "Melhor Vídeo em Curta-Metragem",[12][13] tendo vencido nas três categorias.

Antecedentes e composição[editar | editar código-fonte]

Em uma entrevista, Adele expressou suas reservas iniciais antes de conhecer Paul Epworth devido a seus estilos musicais divergentes, mas caracterizou sua colaboração como "um jogo feito no céu".[14] Ela também creditou Epworth por sua maior confiança vocal, afirmando: "Ele trouxe muito de mim. Ele trouxe minha voz também - há notas que eu toquei naquela música ("Rolling in the Deep") que eu nunca soube que poderia acertar". De acordo com o revisor Bill Lamb, "Rolling in the Deep" apresenta "batidas marciais, batendo teclas de piano e o canto de backing vocals".[15] De acordo com Nadine Cheung da AOL Radio, a canção é "cantada a partir da perspectiva de um amante desprezado, que finalmente é capaz de ver a luz, mas apesar dos sentimentos arrependidos, a reconciliação não é uma opção aqui".[16] "Rolling in the Deep" está escrito na tecla de C menor (B menor para performances ao vivo), em tempo comum com um tempo de 105 batidas por minuto. O acompanhamento usa quintas abertas, em uma progressão de C 5 –G 5 –B ♭ 5 –G 5 –B ♭ 5. A voz de Adele se estende de B♭ 3 a D 5, a nota mais alta cantada usando a head voice.

A música teria sido inspirada pelo country apreciado pelo motorista do ônibus de sua turnê nos Estados Unidos por Nashville em 2009,[17] e composta por Epworth e Adele em uma única tarde após a separação de Adele com seu namorado.[18] Adele disse: "me disseram que minha vida seria entediante, solitária e idiota, e que eu seria uma pessoa fraca se não ficasse no relacionamento. Fiquei muito insultada e escrevi isso como uma espécie de "foda-se"."[19]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

O vídeo de "Rolling in the Deep", dirigido por Sam Brown, estreou no Channel 4 e YouTube em 3 de dezembro de 2010.[20] O vídeo começa em uma casa abandonada, onde Adele está sentada em uma cadeira cantando. Durante o vídeo, as cenas mostram centenas de copos cheios de água que vibram ao ritmo de um tambor. Jennifer White, que também coreografou a sequência,[21] interpreta uma pessoa misteriosa dançando em um cômodo que levanta farinha branca. O baterista toca sua bateria sob as escadas, e porcelanas são arremessadas e quebradas em um pedaço de madeira compensada suspensa no fundo de uma escada. Há um modelo branco de uma cidade que é incendiado por cinco lâmpadas explodindo no final da música.

Em 20 de julho de 2011, o vídeo da música foi indicado para sete MTV Video Music Awards, incluindo "Vídeo do Ano", "Melhor Vídeo Feminino", "Melhor Vídeo Pop" e "Melhor Direção", e ganhou três de "Melhor Edição", "Melhor Fotografia" e "Melhor Direção de Arte".[22] O vídeo ganhou o Grammy de "Melhor Vídeo em Curta-Metragem" em 12 de fevereiro de 2012. Em abril de 2018, o videoclipe atingiu a marca de 1,3 bilhão de visualizações no YouTube.[23]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

No Reino Unido, "Rolling in the Deep" estreou no número 2 (o seu segundo número 2 de estréia, depois de "Chasing Pavements"), por trás de "Grenade" Bruno Mars. A canção passou as primeiras dez semanas de seu lançamento entre os dez primeiros, e os primeiros quatro semanas na posição de número dois.

Após o seu lançamento americano, "Rolling in the Deep" tornou-se o segundo single de Adele para traçar no país. A canção estreou na Billboard Hot 100, no número 68, em 25 de dezembro de 2010. Mais tarde, tornou-se seu primeiro único para o início de uma parada da Billboard, quando alcançou o número um no Top Hot Adult 40 Faixas gráfico em março de 2011,[24] Como resultado, Adele se tornou a primeira cantora britânica a ter superado tanto no Billboard Hot 100 e Billboard 200 na mesma semana desde Leona Lewis fez o mesmo de volta em 2008.[25] Em sua 24ª semana, "Rolling in the Deep" ficou em número um, tornando-se o mais recente single no topo desde Lady Gaga "Just Dance". Ele ficou no topo das paradas por sete semanas seguidas, a corrida mais longa segundo em 2011 atrás de Rihanna "We Found Love", que passou oito semanas no topo em 2011, e duas semanas em 2012. Nos Estados Unidos, foi certificada 8× platina, com mais de 8.000.000 de cópias digitais vendidas.[26] É a canção de segunda maior vendagem digital nos Estados Unidos, e a canção com mais vendas digitais de todos os tempos por uma mulher.[27][28]

A partir de 26 julho de 2011, "Rolling in the Deep" foi o melhor terceiro single digital de venda em toda a Europa, com 1.26 milhões de cópias vendidas.[29] A partir de 05 de novembro de 2011, segundo a Billboard, tinha sido número 1 na parada Adult Contemporary durante 19 semanas consecutivas. "Rolling in the Deep" tornou sua gravadora XL Recordings, best-seller, ultrapassando MIA "Paper Planes", lançado em 2008, que até 2011 detinha o recorde.[30]

No mês de Novembro de 2016, o videoclipe chegou a 1 bilhão de visualizações.

Paradas musicais[editar | editar código-fonte]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Produção
  • Adele Adkins: composição, vocais principais e vocais de apoio.
  • Paul Epworth: composição, produção, baixo, violão, guitarra, percussão e vocais de apoio.
  • Tom Elmhirst: mixagem.
  • Dan Parry: assistente de mixagem.
  • Neil Cowley: piano.
  • Leo Taylor: bateria.
  • Mark Rankin: engenheiro de gravação.
  • Tom Coyne: masterização de áudio.

Créditos adaptados do encarte de 21.[73]

Covers[editar | editar código-fonte]

Cover de Linkin Park[editar | editar código-fonte]

"Rolling in the Deep"
Single promocional de Linkin Park
do álbum iTunes Festival
Lançamento 8 de julho de 2011
Formato(s) Download digital
Gravação 2011
Gênero(s) Rock alternativo
Duração 4:24
Gravadora(s) Warner Bros.
Composição Adele Adkins, Paul Epworth
Produção Mike Shinoda, Rick Rubin

"Rolling in the Deep" foi um cover realizado pela banda americana de rock Linkin Park e foi incluído em seu EP ao vivo, iTunes Festival. Estreou no topo da UK Rock Chart, e na 42° posição na UK Singles Chart, embora não tenha sido lançado como um single. A canção foi coberta duas vezes pela banda; a primeira foi em uma reunião com os membros do LPU (fã clube oficial da banda), e a segunda foi no The Roundhouse durante o iTunes Festival 2011. A canção foi bem recebida pelo Reino Unido. "Rolling in the Deep" foi enviada para as estações de rádio alternativas como um single promocional em 8 de julho de 2011. Apresentado como uma versão acústica da canção como parte de seu set, com Chester Bennington como vocalista e Mike Shinoda no piano. Esta gravação foi lançada na iTunes Store como um single.[74]

Tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Tabelas musicais (2012) Melhor
posição
 Reino Unido Rock (Official Charts Company) 1[75]
 Reino Unido (Singles Chart) 42[74]

Versão de Aretha Franklin[editar | editar código-fonte]

"Rolling in the Deep (The Aretha Version)"
Single de Aretha Franklin
do álbum Aretha Franklin Sings the Great Diva Classics
Lançamento 29 de Setembro de 2014
Formato(s) download digital
Gravação 2013;
Gênero(s) Soul, Pop, blues
Duração 4:00
Gravadora(s) RCA
Composição Adele Adkins, Paul Epworth, Nickolas Ashford, Valerie Simpson
Produção Kenny "Babyface" Edmonds, Antonio Dixon
Cronologia de singles de Aretha Franklin
"Put You Up on Game"
(2007)

Em 2014, Aretha Franklin cobriu a canção em seu álbum Aretha Franklin Sings the Great Diva Classics. Esta versão chegou ao número um na parada de dança dos EUA, dando Aretha Franklin seu sexto número um na parada.

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (2014) Melhor
posição
Estados Unidos (U.S. Billboard Hot Dance Club Play) [76] 1

Referências

  1. Adele - "Rolling in the Deep". Recording Industry Association of America. Página acessada em 26 de dezembro de 2012.
  2. |obra=abpd.org.br. Associação Brasileira de Produtores de Disco. Página acessada em 07 de Março de 2014.
  3. «Adele's 'Rolling in the Deep' Is The Biggest Crossover Song of Past 25 Years». Billboard. Prometheus Global Media. 14 de julho de 2011. Consultado em 20 de julho de 2011. 
  4. «Adele's 'Rolling in the Deep' Is The Biggest Crossover Song of Past 25 Years». Billboard. Consultado em 30 de agosto de 2018. 
  5. «Week Ending April 15, 2012. Songs: Gotye Beats Bieber | Chart Watch (NEW) – Yahoo! Music». Consultado em 30 de agosto de 2018. 
  6. Caulfield, Keith (9 de março de 2011). «Adele's '21' Holds Top Of Billboard 200, Certified Gold». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 9 de março de 2011. 
  7. http://www.billboard.com/#/news/adele-s-21-sells-over-350k-to-top-billboard-1005054352.story
  8. http://www.fofocas-quentes.org/trilha-sonora-internacional-de-morde-e-assopra/
  9. «The Nielsen Company & Billboard's 2012 Music Industry Report». Nielsen Company. 4 January 2013. Consultado em 8 de setembro de 2018.  Verifique data em: |data= (ajuda)
  10. «US Top 200 Songs in Digital Era». Nielsen SoundScan. Consultado em 8 de setembro de 2018. 
  11. «Will Young's Evergreen named best selling single of the 21st century». Consultado em 8 de setembro de 2018. 
  12. Greenwald, David; Schneider, Marc (30 de novembro de 2011). «The Grammys: Adele, Kanye West Lead Nominations». Billboard. Prometheus Global Media. p. 2. Consultado em 10 de dezembro de 2011. 
  13. «54th Annual Grammy Awards». Grammy.com. National Academy of Recording Arts and Sciences. Consultado em 10 de dezembro de 2011. 
  14. «Adele 21 Track by Track Interview». Adele.tv. Consultado em 30 de agosto de 2018. 
  15. «Review:Adele – Rolling In the Deep». Consultado em 30 de agosto de 2018. 
  16. «Adele, 'Rolling in the Deep' – New Song». AOL Radio. Consultado em 30 de agosto de 2018. 
  17. «Adele: 21 – review». The Guardian. Consultado em 30 de agosto de 2018. 
  18. «Hot Tracks, the Collaborative Method». The New York TImes. Consultado em 30 de agosto de 2018. 
  19. «How Adele's heartbreak inspired Rolling in the Deep». The Independent. Consultado em 30 de agosto de 2018. 
  20. «ADELE: Exclusive first view of Adele's 'Rolling In The Deep' tonight on Channel 4.». Adele.tv. Consultado em 28 de dezembro de 2011. 
  21. «Jennifer White – United Kingdom | LinkedIn». Uk.linkedin.com. Consultado em 28 de dezembro de 2011. 
  22. Gallo, Phil (20 de julho de 2011). «Katy Perry, Adele, Kanye West Lead 2011 MTV VMA Nominees». Billboard. Los Angeles: Prometheus Global Media. Consultado em 28 de dezembro de 2011. 
  23. «Adele – Rolling in the Deep». YouTube. Consultado em 2 de setembro de 2018. 
  24. «Rihanna's 'S&M' Reigns on Hot 100, Lady Gaga's 'Judas' Debuts». Consultado em 10 de fevereiro de 2013. 
  25. «Week Ending May 8, 2011. Songs: Rolling In The Dough». Consultado em 10 de fevereiro de 2013. 
  26. «Week Ending Jan. 27, 2013. Songs: Another F**kin' Top 10 Hit». Consultado em 10 de fevereiro de 2013. 
  27. «Adele's 'Rolling in the Deep' Now Biggest-Selling Digital Song by a Woman». Consultado em 10 de fevereiro de 2013. 
  28. «10 de fevereiro de 2013» 
  29. «European download market sees big growth in 2011». Consultado em 10 de fevereiro de 2013. 
  30. «Chart Watch Extra: Adele Tops Brit Tally». Consultado em 10 de fevereiro de 2013. 
  31. «Australian-charts.com – Adele – Rolling In The Deep» (em inglês). ARIA Top 50 Singles. Hung Medien. Consultado em 10 December 2011.
  32. «Ultratop.be – Adele – Rolling In The Deep» (em neerlandês). Ultratop 50. Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 10 December 2011.
  33. «Ultratop.be – Adele – Rolling In The Deep» (em francês). Ultratop 40. Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 10 December 2011.
  34. "Brasil Hot 100 Airplay". Billboard Brasil (Brasil: bpp) (2): 96. May 2011.
  35. "Brasil Hot Pop & Popular Songs". Billboard Brasil (Brasil: bpp) (2): 97. May 2011.
  36. «Adele Album & Song Chart History» (em inglês). Canadian Hot 100 para Adele. Consultado em 10 December 2011.
  37. «ČNS IFPI» (em tcheco). Hitparáda – Radio Top 100 Oficiální. IFPI República Checa. Nota: inserir 201118 na pesquisa. Consultado em 10 December 2011.
  38. «Danishcharts.com – Adele – Rolling In The Deep. (em dinamarquês). Tracklisten. Hung Medien. Consultado em 10 December 2011.
  39. «Adele: Rolling In The Deep» (em finlandês). Musiikkituottajat Consultado em 10 December 2011.
  40. «Lescharts.com – Adele – Rolling In The Deep» (em francês). Les classement single. Hung Medien. Consultado em 10 December 2011.
  41. «Die ganze Musik im Internet: Charts, News, Neuerscheinungen, Tickets, Genres, Genresuche, Genrelexikon, Künstler-Suche, Musik-Suche, Track-Suche, Ticket-Suche – musicline.de» (em alemão). Media Control Charts. PhonoNet GmbH. Consultado em 10 December 2011.
  42. 20-27/3: «Top 100 Airplay Chart» Verifique valor |url= (ajuda). IFPI Greece. 27 de março de 2011. Consultado em 30 de março de 2011. 
  43. «Archívum – Slágerlisták – MAHASZ» (em húngaro). Rádiós Top 40 játszási lista. Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége. Consultado em 10 December 2011.
  44. «Chart Track» (em inglês). Irish Singles Chart. GfK. Consultado em 10 December 2011.
  45. «Italiancharts.com – Adele – Rolling In The Deep» (em inglês). Top Digital Download. Hung Medien. Consultado em 10 December 2011.
  46. «Nederlandse Top 40 – Adele pesquisar resultados» (em neerlandês). Dutch Top 40. Stichting Nederlandse Top 40. Consultado em 10 December 2011.
  47. «Charts.org.nz – Adele – Rolling In The Deep» (em inglês). Top 40 Singles. Hung Medien. Consultado em 10 December 2011.
  48. «Norwegiancharts.com – Adele – Rolling In The Deep» (em inglês). VG-lista. Hung Medien. Consultado em 10 December 2011.
  49. «Listy bestsellerów, wyróżnienia :: Związek Producentów Audio-Video» (em polonês). Polish Airplay Top 20. ZPAV. Consultado em 17 December 2011.
  50. «Archive Chart» (em inglês). Scottish Singles Top 40. Consultado em 10 December 2011.
  51. «SNS IFPI» (em eslovaco). Hitparáda – Radio Top100 Oficiálna. IFPI República Checa. Nota: inserir 201110 na pesquisa. Consultado em 10 December 2011.
  52. 가온차트와 함께하세요 ::. Gaonchart.co.kr. Retrieved on 2011-08-29.
  53. «Spanishcharts.com – Adele – Rolling In The Deep» (em inglês). Canciones Top 50. Hung Medien. Consultado em 10 December 2011.
  54. «Swedishcharts.com – Adele – Rolling in the Deep» (em inglês). Singles Top 60. Hung Medien. Consultado em 10 December 2011.
  55. «Adele – Rolling In The Deep swisscharts.com» (em inglês). Swiss Singles Chart. Hung Medien. Consultado em 10 December 2011.
  56. «Top 40 Official UK Singles Archive» (em inglês). UK Singles Chart. Consultado em 10 December 2011.
  57. «Adele Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Hot 100 para Adele. Consultado em 10 December 2011.
  58. a b c «Rolling in the Deep – Adele | Billboard.com». Billboard. Consultado em 7 de abril de 2011. 
  59. «Adele Charts History». Billboard. Consultado em 27 de dezembro de 2011. 
  60. «Adele Charts History». Billboard. Consultado em 27 de dezembro de 2011. 
  61. «Adele Charts History». Billboard. Consultado em 27 de dezembro de 2011. 
  62. «Adele Charts History». Billboard. Consultado em 27 de dezembro de 2011. 
  63. «Adele Charts History». Billboard. Consultado em 27 de dezembro de 2011. 
  64. «Jaaroverzichten – Singles 2010». Dutchcharts.nl (em Dutch). Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 3 de janeiro de 2011. 
  65. «Best of 2011: Canadian Hot 100». Billboard. Prometheus Global Media. 2011. Consultado em 9 de dezembro de 2011. }
  66. «Liste der erfolgreichsten Hits 2011». RTL Televison (em German). RTL Group. Consultado em 21 de dezembro de 2011. 
  67. http://www.dutchcharts.nl/jaaroverzichten.asp?year=2011&cat=s
  68. «Best of 2011: Adult Contemporary Songs». Billboard. Prometheus Global Media. 2011. Consultado em 9 de dezembro de 2011. 
  69. «Best of 2011: Adult Pop Songs». Billboard. Prometheus Global Media. 2011. Consultado em 9 de dezembro de 2011. 
  70. «Best of 2011: Hot 100 Songs». Billboard. Prometheus Global Media. 2011. Consultado em 9 de dezembro de 2011. 
  71. «Best of 2011: Pop Songs». Billboard. Prometheus Global Media. 2011. Consultado em 9 de dezembro de 2011. 
  72. «Best of 2011: Hot Rock Songs». Billboard. Prometheus Global Media. 2011. Consultado em 9 de dezembro de 2011. 
  73. (2011) Créditos do álbum Rolling in the Deep por Adele. XL Recordings.
  74. a b «Week Ending July 16th 2011 – Chart Watch UK». New.uk.music.yahoo.com. 10 de julho de 2011. Consultado em 29 de julho de 2011.. Arquivado do original em 23 de julho de 2011 
  75. «2011-07-16 Top 40 Rock & Metal Singles Archive». Official Charts. 16 de julho de 2011. Consultado em 12 de julho de 2012. 
  76. «Hot Dance Club Songs». Billboard. Nielsen Business Media, Inc. 27 de dezembro de 2014. Consultado em 2 de janeiro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]