Biribazeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Rollinia mucosa)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaBiribazeiro
Rollinia mucosa (3) Proporcionado por Rovin Alba.jpg
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Magnoliales
Família: Annonaceae
Género: Rollinia
Espécie: R. mucosa
Nome binomial
Rollinia mucosa
Jacq.

Rollinia mucosa, popularmente conhecida como biribazeiro,[1] biribá-comum,[2] araticum ponhé[2] ou biribá-das antilhas[2] é uma árvore originária do ocidente da Amazônia e da Mata Atlântica pluvial (do Rio de Janeiro a Pernambuco), que se desenvolve bem em zonas com temperaturas médias de 20 a 24 °C, com precipitação anual de 1.500mm, em solos férteis, bem drenados.

Sinônimos[editar | editar código-fonte]

A espécie Rollinia mucosa possui 18 sinônimos reconhecidos atualmente.[3]

  • Annona biflora Sessé & Moc.
  • Annona mucosa Jacq.
  • Annona muscosa Aubl.
  • Annona obtusiflora Tussac
  • Annona obtusifolia DC.
  • Annona pteropetala Ruiz & Pav. ex R.E.Fr.
  • Annona reticulata Sieber ex A.DC.
  • Annona squamosa Vell.
  • Rollinia biflora Ruiz & Pavon ex G. Don
  • Rollinia curvipetala R.E. Fr.
  • Rollinia deliciosa Saff.
  • Rollinia jimenezii Saff.
  • Rollinia neglecta R.E. Fr.
  • Rollinia orthopetala A.DC.
  • Rollinia permensis Standl.
  • Rollinia pterocarpa G. Don
  • Rollinia pulchrinervia A.DC.
  • Rollinia sieberi A.DC.


Características[editar | editar código-fonte]

A árvore atinge entre seis e dezoito metros de altura, ramificando-se desde a base, culminando numa copa estendida. As folhas têm entre 12 a 15 centímetros de comprimento.

As flores são hermafroditas, solitárias ou aos pares, com três sépalas e seis pétalas, cor verde-claro e odor característico, e se formam entre julho e setembro.

O fruto é um sincarpo cônico ou globoso com epicarpo grosso de cor verde, que muda para amarelo quando madura. A polpa é branca e abundante, de sabor doce. Pesa de 300 a 1.300 gramas, atingindo de 10 a 14 cm de comprimento e 6 a 16 de diâmetro, amadurece de Novembro a Maio. Contém numerosas sementes.

Ecologia[editar | editar código-fonte]

Planta decídua, heliófita, secundária, produtora de grande quantidade de sementes. Habita a mata de terra firme na Amazônia Ocidental.

A árvore é muito cultivda em pomares domésticos, principalmente na Amazônia e no Nordeste do país. Começa a produzir aos quatro anos de idade. O cultivar liso é o mais comum no Baixo Amazonas, mas há "Prolific", desenvolvido na Flórida.

Referências

  1. «Fruticultura tropical: o biribazeiro Rollinia mucosa (Jacq.) Baill. - Portal Embrapa». embrapa.br. Consultado em 30 de abril de 2017. 
  2. a b c Julio Seabra Inglez Souza; Aristeu Mendes Peixoto; Francisco Ferraz de Toledo (1995). Enciclopédia agrícola brasileira: A-B. EdUSP. p. 205. ISBN 978-85-314-0129-9.
  3. «Rollinia mucosa» (em inglês). The Plant List. 2010. Consultado em 30 de abril de 2017. 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Raimundo Pimentel Gomes (2000). Fruticultura Brasileira. São Paulo: Nobel. 446 páginas. ISBN 852130126X 
  • Lorenzi, Harri et. al.: Frutas brasileiras e exóticas cultivadas (de consumo in natura), Instituto Plantarum de Estudos da Flora, Nova Odessa, SP, 2006. ISBN 85-86714-23-2

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Biribazeiro