Romance de Eneias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes está sujeito a remoção.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Romance de Eneias (Roman d'Énéas) é um romance anônimo ; estima-se que o primeiro manuscrito tenha sido redigido por volta do ano 1160. Esse texto é considerado um dos romances franceses mais antigos (ou o mais antigo segundo a definição que nos é dada no artigo roman[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

O Romance de Eneias é uma adaptação da Eneida de Virgílio que o autor traduziu do latim, fielmente em alguns momentos, mas, em muitas passagens,se permitindo liberdades que fazem desse texto uma verdadeira criação literária.

Assim como no poema de Virgílio, o romance relata as viagens e os combates do troiano Eneias, ancestral mítico do povo romano. O redator do século XII transforma porém a epopeia latina, narrativa de fundação centrada no tema guerreiro, numa obra romanesca que desenvolve largamente a temática do amor.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • (em francês) J. Dufournet, Relire le Roman d'Énéas , Paris, Champion, 1985.
  • (em francês) J. C. Huchet, Le Roman médiéval, Paris, PUF, 1984.
  • (em francês) F. Mora-Lebrun, L'Énéide médiévale et la naissance du roman, Paris, PUF, 1994.
  • (em francês) Ph. Logié, L'Enéas, une traduction au risque de l'invention, Paris, Honoré Champion, 1999

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Citação: Le Roman d'Énéas dispute au Roman de Thèbes l'honneur de représenter le premier monument romanesque français, Aimé Petit.