Romualda Fernandes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Romualda Fernandes
Deputada à Assembleia da República
Período 25 de outubro de 2019 - atualmente
Dados pessoais
Nome completo Romualda Maria da Conceição Martins Nunes Fernandes
Nascimento 10 de setembro de 1954 (66 anos)
Guiné-Bissau
Nacionalidade portuguesa
Partido Partido Socialista
Profissão jurista
Ocupação política

Romualda Maria da Conceição Martins Nunes Fernandes (Guiné-Bissau, 10 de setembro de 1954) é uma jurista e política portuguesa. Foi eleita deputada ao Parlamento português pelo Partido Socialista em 2019[1].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu na Guiné-Bissau. É especialista em Direito Internacional aplicado às Nacionalidades, Condição de Estrangeiros e Direito Humanitário. Foi assessora em vários departamentos governamentais, consultora da Organização Internacional para as Migrações, vogal do Conselho Diretivo do Alto-Comissariado para as Migrações e assessora do primeiro secretário da mesa da Assembleia Municipal de Lisboa.

É militante do Partido Socialista há duas décadas. Foi eleita deputada à Assembleia da República em 2019 e, juntamente com Joacine Katar Moreira (pelo Livre) e Beatriz Dias (pelo Bloco de Esquerda), foi uma das três mulheres negras eleitas nesse ano e que tiveram assento na XIV Legislatura[2].

Referências

  1. Caetano, Maria João (7 de outubro de 2019). «Joacine, Beatriz e Romualda. As três mulheres que trazem a diversidade ao Parlamento». Diário de Notícias. Consultado em 8 de outubro de 2019 
  2. Esteves, Fernando (8 de outubro de 2019). «Joacine Katar Moreira é a primeira deputada negra em Portugal?». Polígrafo. Consultado em 12 de fevereiro de 2020