Ronaldo Francisco Lucato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ronaldo Francisco Lucato
Informações pessoais
Data de nasc. 01/09/1964
Local de nasc. Limeira, SP, Brasil Brasil,
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1982–1986
1987–1988
1989–1991
1992
1992
1992
1993
1993
1994-1997
1998
Brasil Limeira
Brasil São Paulo
Brasil Portuguesa
Brasil Internacional
Brasil Ituano
Brasil Santa Cruz
Brasil Atletico Mineiro
Brasil Santa Cruz
JapãoOtsuka
Brasil Independente









Ronaldo Francisco Lucato, mais conhecido como (Limeira, 1 de setembro de 1964), é um ex-futebolista brasileiro.

Começou sua carreira nas equipes de base da Internacional de Limeira,[1] em 1983,[2] e fez parte da equipe campeão paulista de 1986, o primeiro título paulista de um time do interior.[3] Único jogador daquele elenco natural de Limeira, Lê foi reserva durante quase todo o torneio, mas ganhou a posição no primeiro jogo das semifinais.[4] "Eu fui improvisado na ponta direita no jogo contra o Guarani e depois joguei na ponta esquerda contra o São Paulo, daí o [técnico] Pepe gostou e eu ganhei a camisa 11", explicou ao jornal Folha de S. Paulo.[4] No ano anterior quase fora negociado com o Santos, mas o clube praiano não gostou da proposta.[4]

No ano seguinte foi para o São Paulo a pedido do agora técnico tricolor Pepe, com quem tinha trabalhado na Inter.[3] Tendo a difícil missão de substituir Careca, vendido ao futebol italiano, no começo foi criticado.[5] Deu a volta por cima sendo o artilheiro do São Paulo na conquista do Campeonato Paulista de 1987. "Acredito que o Cilinho [técnico que substituiu Pepe no meio do campeonato] tem muito a ver com a minha afirmação", analisou Lê em setembro.[5] O atacante marcou um dos gols do primeiro jogo da decisão, tornando-se ainda o único bicampeão no elenco são-paulino.[3] Na revista-pôster do título, a revista Placar classicou-o como "um jogador moderno, que atua em todas as posições no ataque".[6] Depois da passagem pelo São Paulo, defendeu ainda Internacional, Santa Cruz e Portuguesa.

Referências

  1. «Quem é quem na Inter». A Gazeta Esportiva (21 595). São Paulo: Fundação Casper Líbero. 4 de setembro de 1986. 19 páginas 
  2. «Enfim, o campeão. Em 90 ou 120 minutos». O Estado de S. Paulo (34 511). São Paulo: S.A. O Estado de S. Paulo. 30 de agosto de 1987. 30 páginas 
  3. a b c Alexandre da Costa (2005). Almanaque do São Paulo Placar. [S.l.]: Editora Abril. 407 páginas 
  4. a b c «Lê é o único jogador da cidade». Folha de S. Paulo (20 968). São Paulo: Empresa Folha da Manhã. 30 de agosto de 1986. 18 páginas 
  5. a b Marcelo Laguna (28 de setembro de 1987). «Os ex-patinhos feios». Placar (904). São Paulo: Editora Abril. pp. 26 e 27 
  6. «Galeria dos heróis». Placar (901-A). São Paulo: Editora Abril. 4 páginas 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]