Ronda (teosofia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Merge-arrow 2.svg
Este artigo ou secção deverá ser fundido com Teosofia. (desde julho de 2018)
Se discorda, discuta sobre esta fusão aqui.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Ronda, segundo a Teosofia, é um período de tempo ou ciclo. A Ronda se relaciona com os Globos (estrelas, planetas, cometas, etc.) e com a cadeia planetária. Quando um Globo passa por sete Raças-raiz se diz que ocorreu uma Ronda de Globo. Quando a evolução passa por todos os sete Globos (ou doze se incluirmos os Globos localizados em planos não manifestados, Rupa-Dathu) de uma cadeia planetária, se diz que ocorreu uma Ronda planetária. Segundo Blavatsky, sete Rondas planetárias formam um Kalpa (ou Manvantara).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre Teosofia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.