Rosa rubiginosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Como ler uma infocaixa de taxonomiaRosa rubiginosa
rosa-mosqueta
Rosa rubiginosa.
Rosa rubiginosa.
Classificação científica
Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: eudicotiledóneas
Ordem: Rosales
Família: Rosaceae
Género: Rosa
Espécie: R. rubiginosa
Nome binomial
Rosa rubiginosa
L.
Sinónimos

Rosa rubiginosa é uma espécie de planta com flor pertencente à família Rosaceae, conhecida pelo nome comum de rosa-mosqueta ou rosa-mosquita.

Descrição[editar | editar código-fonte]

A autoridade científica da espécie é L., tendo sido publicada em Mantissa Plantarum 2: 564-565. 1771.

Trata-se de uma espécie presente no território português, nomeadamente em Portugal Continental e no Arquipélago da Madeira.

Em termos de naturalidade é nativa das duas regiões atrás indicadas.

Não se encontra protegida por legislação portuguesa ou da União Europeia.

Usos[editar | editar código-fonte]

A rosa-mosqueta (Rosa rubiginosa ssp. affinis) é uma planta silvestre que tem origem oriental e que cresce em clima chuvoso e frio. Muito utilizada em cosméticos e na medicina natural, devido aos efeitos positivos na cútis. O óleo de rosa mosqueta é retirado das sementes.

Esta planta é conhecida por muitos séculos na Europa, mas é nos Andes, América do Sul (predominantemente no lado chileno), onde se encontra a principal plantação da rosa mosqueta.[1]

Muitas pessoas estão fazendo uso do óleo da rosa mosqueta visando melhorias na pele, como eliminação de estrias, prevenção de rugas, melhor cicatrização e para melhorar o aspeto de manchas.

Referências[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Rosa rubiginosa
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Rosa rubiginosa