Roto-Rooter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Roto-Rooter
Tipo Subsidiária
Slogan "Chamou, Desentupiu!"
Fundação 1935
Fundador(es) Samuel Oscar Blanc
Sede Cincinnati, Ohio, EUA
Área(s) servida(s) EUA, Canadá, Japão, Filipinas, Hong Kong, Indonésia, Singapura, África do Sul e Brasil
Proprietário(s) Chemed Corporation
Empregados 3,600 [1]
Website oficial http://rotorooter.com.br

Roto-Rooter Desentupidora é uma empresa sediada nos Estados Unidos que, inicialmente, era especializada na limpeza de raízes de árvores e outros entupimentos da rede de esgoto. Hoje, emprega milhares de encanadores ao redor do mundo, incluindo Canadá e Brasil, na restauração dos sistemas de água e esgoto. A Roto-Rooter oferece uma ampla variedade de serviços de reparo do encanamento, esgoto e de limpeza de fossa, utilizando sua própria tecnologia patenteada, a máquina Roto-Rooter.[1]

História[editar | editar código-fonte]

No final de 1920, Samuel Oscar Blanc (1883-1964) tentava resolver um problema de entupimento no encanamento do apartamento de seu filho, Milton L. Blanc.

Com esse problema para resolver, no ano de 1933, Samuel Blanc adaptou uma máquina de desentupimento de esgotos a partir de um motor de máquina de lavar roupa, rodas de um carrinho de criança, e de um cabo de aço de 3/8". O cabo rodava com lâminas afiadas nas pontas para cortar raízes de árvores dentro das redes de esgoto, eliminando a necessidade de desenterrar canos e fazer a limpeza com as mãos. A esposa de Blanc, Lettie, chamou sua invenção de "Roto-Rooter", das expressões em inglês “roto” (de rotativa) e ”rooter” (raízes), significando máquina rotativa para corte de raízes.

Em meados da década de 1930, Blanc vendia patentes de suas máquinas "Roto-Rooter" por US$ 250, e acabou abrindo a própria empresa, chamada Roto-Rooter Corporation. Muitas pessoas que estavam desempregadas durante a Grande Depressão de 1929 começaram seus próprios negócios através da franquia Roto-Rooter, em todo os Estados Unidos da América. Os limpadores de esgoto não eram obrigados a ter licença na década de 1930 para poderem ter um salário decente, precisavam apenas saber como operar a máquina Roto-Rooter e anunciar o serviço de desentupimento. Os serviços de limpeza de esgotos da Roto-Rooter permitiam que proprietários evitassem danificar o gramado para chegar ao encanamento de esgoto subterrâneo. Esse avanço moderno era um conceito tão revolucionário na década de 30 e 40, que a Roto-Rooter criou uma ilustração de um monte de terra sobre uma tubulação de esgoto aberta com o subtítulo "Por que colocar uma sepultura em seu quintal?"

Em 1980, a família Blanc vendeu a Roto-Rooter Corporation para a Chemed Corporation, de Cincinnati. A Chemed começou a comprar as franquias Roto-Rooter e operando elas sob a recém-formada Roto-Rooter Services Company, cuja sede fica no centro de Cincinnati.

Na década de 1980, algumas franquias da Roto-Rooter e proprietários locais começaram a oferecer serviços completos de desentupimento, para clientes residenciais e comerciais. Hoje, os serviços de desentupimento da Roto-Rooter representam aproximadamente metade dos negócios da empresa, enquanto a outra metade é limpeza de esgoto e drenagem. Há mais de 600 franquias da Roto-Rooter na América do Norte, que atendem a mais de 90% da população dos EUA e mais de 40% da população canadense. A Roto-Rooter é a maior provedora de serviços de desentupimento de esgotos e drenagem em ambos os países.

Em 2009, a Roto-Rooter criou o livro “Chilling Tales From The Porcelain Seat” que incluía "histórias reais das coisas estranhas e inexplicáveis que acontecem e os heróis da Roto-Rooter que podem corrigi-los." A Roto-Rooter pediu aos seus encanadores em toda a América do Norte que contassem suas histórias, coisas estranhas, que encontravam durante o trabalho, como itens estranhos recuperados de banheiros e tubulações de esgoto.

As franquias internacionais foram estabelecidas no Canadá,[2] Japão, Filipinas, Hong Kong, Indonésia, Singapura, África do Sul e Brasil.

Hoje[editar | editar código-fonte]

A Roto-Rooter continua a ser a maior empresa de desentupimento, drenagem e outros serviços de limpeza nos EUA e Canadá. A empresa não realiza a construção de encanamentos, tendo como foco o conserto de encanamentos residenciais e comerciais existentes.

Dois de seus funcionários, Jason Hawes e Grant Wilson, criaram um programa de televisão intitulado "Ghost Hunters", onde os colocavam como empregados de desentupidoras durante o dia e investigadores de eventos paranormais durante a noite. O programa tinha parcerias com vários grupos de investigação reais do sobrenatural, tendo muito sucesso, e os dois se tornaram empregados honorários da Roto-Rooter, continuando a realizarem os serviços de limpeza sempre que não estivessem trabalhando no programa. Um carro da Roto-Rooter é mostrado durante a abertura de cada episódio do programa. Outras aparições da marca na televisão podem ser vistas no filme “Padrinhos LDTA” (“The Wedding Ringer”, 2015), e no reality show “Undercover Boss” (“Chefe disfarçado”, título aproximado).

A Roto-Rooter Corporation, com sede em West Des Moines, Iowa, mantém uma fábrica que produz os produtos Roto-Rooter, como ferramentas, máquinas, cabo de drenagem e lâminas de limpeza para indústria. A empresa também produz duas linhas de produtos de drenagem para comércio, sendo que uma das linhas está disponível somente através da Roto-Rooter e o outro é uma linha de produtos de varejo vendidos em lojas.

Propaganda[editar | editar código-fonte]

No começo, os veículos da Roto-Rooter traziam o slogan "Lâminas de corte patenteadas da Roto-Rooter deslizam através de raízes e cortam elas fora... Razor-Kleen!" O jingle publicitário usado hoje na TV e rádio foi criada em 1954 e tem sido um dos jingles de mais longa duração e mais bem lembrado na história[3]:

"Call Roto-Rooter, that's the name, and away go troubles down the drain." (Traduzido para "Chame Roto-Rooter, esse é o nome, que problemas vão pelo ralo.")

A voz usada para o comercial foi a de Tom Fouts, mais conhecido como Capitão Stubby, da banda humorística de country Captain Stubby and the Buccaneers. A empresa disponibilizou uma nova versão em MP3 de seu jingle para download em seu site americano.

Muitos memoráveis comerciais de TV Roto-Rooter foram introduzidas ao longo dos anos que contaram com o icônico jingle publicitário da Roto-Rooter, ajudando a torná-lo bem familiar de aos habitantes dos Estados Unidos e Canadá.

Roto-Rooter no Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, a primeira franquia foi aberta no Rio de Janeiro, em 1952, sendo também a primeira desentupidora a chegar ao país e oferecer seus serviços, sendo registrada em 1956. A atuação em São Paulo se iniciou em 1972 e chegando a Curitiba (Paraná) em 1974. Após a estabilização nas capitais, a Roto-Rooter iniciou sua expansão para algumas cidades do interior desses estados, com foco em São Paulo devido ao tamanho do estado. Em 2010 e 2011, abriu franquias em Vitória (Espírito Santo) e São Luís (Maranhão), respectivamente.

Propaganda[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o jingle utilizado segue o mesmo estilo do original em inglês, e também se tornou famoso entre os brasileiros. A primeira versão para rádio, da década de 80, foi atualizada ficando com aparência mais moderna e facilitar a assimilação em meios visuais como televisão e internet. Confira a letra do jingle abaixo:

"Não se preocupe, não demora, chame Roto-Rooter. Chame Roto-Rooter, este é o nome, e a sujeira descerá pelo cano. Roto-Rooter!"



Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Abrams, Paul. «Journalist Center». Roto-Rooter Plumbing and Drain Service. Consultado em 8 de outubro de 2006 
  2. Roto-Rooter Plumbers Canada Domain Name. "A list of Canadian Roto-Rooter locations", Acessado em 28 de julho de 2009.
  3. Boyer, Mike. "Roto-Rooter's Ditty Turns 50", The Cincinnati Enquirer, 13 de maio de 2004. Acessado em 9 de junho de 2009.


Links Externos[editar | editar código-fonte]