Rough (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rough
Álbum de estúdio de Tina Turner
Lançamento Setembro de 1978
Gênero(s) Rock, folk rock, pop rock, pop, country, soul, R&B
Gravadora(s) United Artists/EMI
Produção Bob Monaco
Cronologia de Tina Turner
Acid Queen
(1975)
Love Explosion
(1979)

Rough é o terceiro álbum de estúdio da cantora americana Tina Turner. Foi lançado em Setembro de 1978, pelo selo musical EMI no Reino Unido e pelo selo Unidade Artists Records nos EUA. Diferente de seus dois álbuns lançados, Tina Turns the Country On! e Acid Queen, Rough não foi produzido por Ike Turner, que na época estava em processo de divórcio com a cantora, concluído no final do mesmo ano, como cláusula, Tina exigiu continuar usando seu nome artístico Tina Turner. O álbum possui influências do rock, do soul e R&B. Porém, Rough foi gravado quando a era disco perdia a sua força, o que acarretou as fracas vendas dos singles e do álbum.

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Fruits Of The Night"  Edo Zanki, Vilko Zanki, Pete Bellote 3:22
2. "The Bitch Is Back"  Elton John, Bernie Taupin 3:30
3. "The Woman I'm Supposed To Be"  Cliff Wade 3:10
4. "Viva La Money"  Allen Toussaint 3:14
5. "Funny How Time Slips Away"  Willie Nelson 4:08
6. "Earthquake & Hurricane"  Willie Dixon 2:30
7. "Root, Toot Undisputable Rock'n Roller"  George Jackson 4:29
8. "Fire Down Below"  Bob Seger 3:13
9. "Sometimes When We Touch"  Dan Hill, Barry Mann 3:54
10. "A Woman Is a Man's World"  Archie Jordan, Hal David 2:41
11. "Night Time Is the Right Time"  Leroy Carr 6:21


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Tina Turner é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.