Ruby Riott

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ruby Riott
Heidi Lovelace (14575789612).jpg
Riott em junho de 2014.
Informações pessoais
Nome completo Dori Elizabeth Prange[1]
Nascimento 9 de janeiro de 1991 (28 anos)[2]
Edwardsburg, Michigan, Estados Unidos[2]
Residência South Bend, Indiana, Estados Unidos
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Heidi Lovelace[3]
Heidi the Riveter[4]
Ruby Riot[5]
Ruby Riott[6]
Altura
anunciada
1 63 m[6][7]
Peso
anunciado
122 lb (55 kg)[7]
Anunciado
de
Lafayette, Indiana[3][6]
Treinado
por
Billy Roc[3]
Ohio Valley Wrestling[3]
WWE Performance Center
Estreia 2010[3]

Dori Elizabeth Prange (Edwardsburg, 9 de janeiro de 1991)[2] é uma lutadora de luta livre profissional americana que atualmente trabalha para a WWE, no programa Raw sob o nome de ringue Ruby Riott sendo integrante e liderando o grupo Riott Squad.

Sob o nome de ringue Heidi Lovelace, ela trabalhou no circuito independente para promoções como Shimmer Women Athletes, Shine Wrestling, Ohio Valley Wrestling (OVW), IWA Mid-South e World Wonder Ring Stardom.

Carreira na luta profissional[editar | editar código-fonte]

Circuito independente (2010–2016)[editar | editar código-fonte]

Em 2012, Prange começou a treinar com Billy Roc na academia de Roc. Lovelace fez a sua estréia pela JCW, no evento Arena Chicks at the Gathering!, onde ela derrotou C.J. Lane.[2] Lovelace fez a sua estréia pela Shimmer competindo no Volume 51, fazendo equipe com December em uma perda para Pink Flash Kira e Sweet Cherrie em uma luta de duplas.[2]

Ohio Valley Wrestling (2012–2013)[editar | editar código-fonte]

Em 16 de maio de 2012, Prange recebeu um tryout na Ohio Valley Wrestling contra Taeler Hendrix, onde foi derrotada.[8] Prange fez a sua estréia pela promoção sob o nome de ringue Heidi Lovelace em 23 de maio no episódio do OVW episode 666, onde ela foi derrotada por C.J Lane.[2] No episódio de 6 de junho do OVW episode 668, Lovelace foi derrrotada por Epiphany em uma dark match. Lovelace fez sua estréia na televisão em 27 de junho no episódio do OVW episode 671, onde ela competiu em uma luta fatal 4-way, que foi vencida por Hendrix.[2] Em 11 de julho no episódio do OVW episode 673, Lovelace competiu em uma dark match sendo derrotada por Jessie Belle Smothers.

Em 1 de setembro Saturday Night Special da OVW, Lovelace derrotou Hendrix em uma no disqualifications match, conquistando uma futuro oportunidade por título contra ela. Lovelace derrotou Hendrix pelo OVW Women's Championship em 15 de setembro durante um live event em Elizabethtown, Kentucky.[9] Depois de conquistar o Women's Championship, Lovelace conseguiu vitórias sobre várias divas: Jessie Belle Smoothers em 19 de setembro no OVW episode 683, Epiphany em 26 de setembro no OVW episode 684 e Scarlett Bordeaux em 3 de outubro no OVW episode 685. Porém, em 6 de outubro no Saturday Night Special da OVW, Lovelace foi derrotada por Josette Bynum em uma luta sem o título em jogo, o que significou que Bynum receberia uma oportunidade futura pelo título. Em 3 de novembro no Saturday Night Special da OVW, Lovelace defendeu com sucesso seu título contra Josette Bynum e Taeler Hendrix em uma three–way match, depois de fazer o pin sobre Hendrix.[2] Em 14 de novembro no episódio do OVW episode 691, Lovelace perdeu o o Women's Championship para Taryn Terrell depois da árbitra especial Taeler Hendrix custá-la o combate.[10] Em 8 de dezembro na edição do OVW episode 694, Heidi foi derrotada por Jessie Belle Smothers em uma luta que determinava a desafiante número um ao título. Desde janeiro de 2013, Taeler Hendrix recebeu presentes de um admirador secreto que ela achava que era Dylan Bostic ou Ryan Howe. A conclusão dessa história terminou no episódio de 27 de abril da OVW quando Heidi anunciou que ela estava mandando presentes para Hendrix porque ela se importava com a mesma.[11] No episódio de 4 de maio da OVW, Lovelace tentou expressar seu sentimento para Hendrix mas acabou deixando Hendrix confusa.[12] No episódio de 31 de maio da OVW, Lovelace (depois de ter sido informada por Taeler Hendrix que Trina tinha algo contra as duas) confrontou Trina e a desafiou pelo Women's Championship no Saturday Night Special, com Trina aceitando.[13] No dia seguinte no Saturday Night Special da OVW, Trina derrotou Lovelace.

Shine Wrestling (2012–2014)[editar | editar código-fonte]

Em 17 de agosto de 2012, foi anunciado que Prange iria fazer sua estréia pela Shine Wrestling no evento de nome Shine 2, sob o nome de ringue Heidi Lovelace. No evento, Lovelace enfrentou as companheiras de OVW Sojournor Bolt e Taeler Hendrix em uma three–way match, que foi vencida por Bolt. Em 16 de novembro, no Shine 5, Lovelace foi derrotada por Sassy Stephie. Em 22 de fevereiro de 2013 no Shine 7, Lovelace foi derrotada por Brittney Savage. Em 24 de maio, Lovelace fez equipe com Luscious Latasha e Solo Darling para enfrentar Sojournor Bolt, Sassy Stephie e Jessie Belle em uma six–women tag team match, na qual seu time foi derrotado. A sequência de derrotas de Lovelace continuou até o Shine 15, quando ela foi derrotada por Mercedes Martinez.

Durante o 'Shine 16' em 24 de janeiro de 2014, sua sequência de derrotas acabou quando ela foi confirmada como a nova integrante da facção "All Star Squad" (ASS) comandada por Daffney, depois de formar equipe com a companheira de ASS, Solo Darling, chamada "The Buddy System" e derrotar S-N-S Express (Sassy Stephie e Jessie Belle Smothers).

Chikara (2013–2016)[editar | editar código-fonte]

Lovelace em um live event em setembro de 2014.

Em 18 de maio de 2013, Lovelace fez a sua estréia pela Chikara, quando ela e Saturyne entraram no torneio 2013 Tag World Grand Prix. Elas foram, no entanto, eliminadas na primeira rodada por Arik Cannon e Darin Corbin.[14] Em 6 de dezembro de 2014, no pré-show do iPPV Tomorrow Never Dies, Lovelace derrotou Missile Assault Ant na final do torneio para conquistar a Chikara Young Lions Cup.[15] Ela defendeu sua Young Lions Cup múltiplas vezes em 2015, ficando invicta no ano.

Também em 2015, Heidi fez parte do torneio "Challenge of the Immortals", que foi um evento que aconteceu em uma longa temporada no formato round-robin. Ela foi mandada para o time Dasher Hatfield, batizada de "Dasher's Dugout", que também incluiu o companheiro da equipe de Throwbacks de Dasher, "Mr. Touchdown" Mark Angelosetti, e depois o detentor do Chikara Grand Championship, Icarus. Sua equipe liderou em pontos durante boa parte do torneio, devido ao fato de que "Mr. Touchdown" estava trapaceando na final do torneio. Mesmo assim, Dasher e Heidi took fizeram parte da 16-man match do "Tourneo Cibernetico" que encerrou o torneio.

Em 19 de março de 2016, ela recebeu uma oportunidade pelo Chikara Grand Championship contra a também lutadora feminina Princess Kimber Lee em Gibsonville, Carolina do Norte no Mid-Atlantic Sportatorium. Kimber reteve seu título contra Heidi, onde sofreu diversos golpes legítimos no pescoço e resistiu até o fim da luta.

Beyond Wrestling (2014–2015)[editar | editar código-fonte]

Ela fez sua primeira aparição no St. Louis Sleeper Cell em 9 de fevereiro de 2014.[16] Depois de ser derrotada por Brian Fury no When Satan Rules His World em 26 de abril de 2015,[17] ela inesperadamente tornou-se vilã no Beyond Wrestling The Real Thing em 31 de maio depois de aplicar um superkick em Kimber Lee após Chris Dickinson ter interferido no combate de Kimber Lee com Shynron, juntando-se assim ao Team Pazuzu.[18] Em um vídeo postado pela Beyond Wrestling em seu canal no YouTube, ela explicou que sua motivação para fazer isso foi o favoritismo mostrado pela promoção para Kimber Lee.[19]

World Wonder Ring Stardom (2015)[editar | editar código-fonte]

Em 11 de janeiro de 2015, Lovelace fez a sua estréia no Japão pela promoção World Wonder Ring Stardom, fazendo equipe com Act Yasukawa em uma luta de duplas, onde elas derrotaram Hudson Envy e Kris Wolf.[20] Em 18 de janeiro, Lovelace, Yasukawa e Dragonita foram forçadas a se juntar ao grupo vilão Monster-gun, depois de serem derrotadas por Envy, Wolf e a líder do grupo Kyoko Kimura em uma luta six-woman tag team. Após a adição das novas integrantes, Monster-gun foi renomeado Oedo Tai.[21] Em 8 de fevereiro, Lovelace, Dragonita e Envy desafiaram sem sucesso Heisei-gun (Io Shirai, Mayu Iwatani e Takumi Iroha) pelo Artist of Stardom Championship.[22]

WWE[editar | editar código-fonte]

NXT (2016–2017)[editar | editar código-fonte]

Em 15 de dezembro de 2016, foi reportado que Prange havia assinado com a WWE e seria mandada para o WWE Performance Center.[23][1] Ela fez sua estréia no ringue em 13 de janeiro em um live event, sendo derrotada por Daria Berenato.[24] Com o nome de ringue Ruby Riot,[5] ela fez sua estréia na televisão em 22 de março no episódio do NXT, atacando Nikki Cross e o resto da SAni†Y, juntamente com Tye Dillinger, No Way Jose e Roderick Strong,[25] que levou a uma luta entre as duas equipes no NXT TakeOver: Orlando, em 1 de abril, onde o time de Riot foi derrotado.[26] Em sua primeira luta individual, que foi ao ar no episódio de 12 de abril do NXT, Riot derrotou Kimberly Frankele com Nikki Cross tentando distraí-la. Na semana seguinte, Cross chamou Riot e uma briga começou. William Regal colocou as duas em um combate, o que novamente gerou uma briga entres as duas que tiveram que ser separadas.[27][28] No episódio de 3 de maio no NXT, Riot participou de uma battle royal que daria a vencedora uma oportunidade pelo Campeonato Feminino do NXT de Asuka e ficou entre as três últimas, antes de Asuka atacar ela, Cross e Ember Moon, com a luta acabando sem resultado.[29] Após isso, uma luta fatal four-way entre as quatro lutadoras foi marcada para o NXT TakeOver: Chicago, mas Moon foi mais tarde retirada do combate devido á uma lesão legítima. Riot iria ser derrotada no evento após Asuka fazer o pin nela e em Cross simultaneamente.[30] Em 18 de outubro no episódio do NXT, Riot competiu contra Ember Moon e Sonya Deville em uma luta triple threat qualificatória por uma oportunidade pelo título no NXT TakeOver: WarGames, mas não obteve sucesso no combate que foi vencido por Moon. Ela mais tarde competiu contra Sonya Deville no NXT, com Ruby vencendo a primeira luta em 22 de novembro mas perdendo a segunda em 7 de dezembro em uma luta No Holds Barred, que viria a ser sua última luta no NXT depois de entrar para o plantel principal.[31]

Riott Squad (2017–presente)[editar | editar código-fonte]

Em 21 de novembro de 2017 no episódio do SmackDown, Riott fez a sua estréia no plantel principal juntamente com Liv Morgan e Sarah Logan como vilãs, atacando ambas Becky Lynch e Naomi. Na mesma noite, elas interromperam uma luta entre a campeã feminina do SmackDown Charlotte Flair e Natalya, e atacaram ambas as lutadoras.[32] Na semana seguinte no SmackDown, Riott (agora com um 'T' adicionado ao seu sobrenome) junto com Morgan e Logan, agora conhecidas como The Riott Squad fizeram suas estreias no ringue do plantel principal, derrotando Charlotte Flair, Natalya e Naomi em uma luta six-woman, com Riott fazendo o pin em Flair. O grupo então sofreu sua primeira derrota, contra Flair e a retornante Naomi, que se lesionou nas semanas anteriores. Em 2 de janeiro de 2018 na edição do SmackDown, Riott anunciou que ela e seu grupo iriam entrar na primeira luta Royal Rumble feminina da história, antes de serem atacadas por Charlotte Flair, Naomi e a retornante Becky Lynch. Em 9 de janeiro no episódio do SmackDown, Riott foi derrotada por Lynch. Em 16 de janeiro no episódio do SmackDown, The Riott Squad derrotou Lynch, Naomi e Flair. No Royal Rumble, Riott entrou como número 15; ela eliminou Vickie Guerrero e Becky Lynch antes de ser eliminada por Nia Jax. Em 30 de janeiro no episódio do SmackDown, Riott, Morgan e Logan interromperam Charlotte Flair durante uma entrevista e depois a atacaram fazendo com que Carmella tentasse executar o cash-in sem sucesso. Em 6 de fevereiro, Liv Morgan foi derrotado por Charlotte Flair em uma luta individual. Em 13 de fevereiro, Sarah Logan também foi derrotada Charlotte Flair. Na semana seguinte, Riott Squad enfrentou Naomi, Becky Lynch e Charlotte Flair com o Riott Squad vencendo após Ruby fazer o pin em Lynch.[33] Mais tarde no SmackDown, foi anunciado que Charlotte Flair iria defender o Campeonato Feminino do SmackDown contra Ruby Riott no Fastlane.[34]

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Riot fez a sua estréia em um video game no WWE 2K18 como DLC.

No wrestling[editar | editar código-fonte]

Título e prêmios[editar | editar código-fonte]

Lovelace posando com o título da Alpha-1, "Alpha Male".

Referências

  1. a b c Clapp, John (4 de janeiro de 2017). «Kimber Lee and Heidi Lovelace among WWE Performance Center's new recruits». WWE. Consultado em 5 de janeiro de 2017 
  2. a b c d e f g h «Internet Wrestling Database». Consultado em 11 de julho de 2012 
  3. a b c d e f g h «Heidi Lovelace - Shine Wrestling». Shine Wrestling. Arquivado do original em 13 de dezembro de 2012 
  4. «Thunderkitty vs. Heidi the Riveter». Olde Wrestling. 1 de janeiro de 2015. Consultado em 20 de junho de 2015 
  5. a b Twiss, Andrew (22 de fevereiro de 2017). «Early notes from WWE NXT TV taping». Pro Wrestling Insider. Consultado em 23 de fevereiro de 2017 
  6. a b c «Ruby Riott». WWE. Consultado em 29 de novembro de 2017 
  7. a b c d e f «Heidi Lovelace». Chikara. Consultado em 14 de março de 2015 
  8. «OVW TV Taping (May 16, 2012)». profightdb. Consultado em 16 de maio de 2012 
  9. Van Drisse, Trent (21 de setembro de 2012). «OVW TV report - Rob Terry turns face, Doug Williams wrestles». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 21 de setembro de 2012 
  10. «OVW TV Episodes». OVW. Consultado em 17 de novembro de 2012. Arquivado do original em 20 de novembro de 2012 
  11. «OVW TV #714: "Coalition Carnage"». OVWmania. Consultado em 27 de abril de 2013 
  12. «OVW TV #715: "King Mo, Queen Trina, & Checkmate"». OVWmania. Consultado em 4 de maio de 2013 
  13. «OVW TV #719: "Hey Coalition, Meet Some Real American Heroes"». OVWmania. Consultado em 31 de maio de 2013 
  14. Namako, Jason (19 de maio de 2013). «5/18 Chikara Results: Chicago, Illinois (Tag World Grand Prix)». WrestleView. Consultado em 20 de maio de 2013 
  15. a b Higham, Joshua (7 de dezembro de 2014). «12/6 Chikara 'Tomorrow Never Dies' iPPV live report from Philadelphia: Chikara announces UK tour & Royal Rumble Sunday matinee in Philly and more». Pro Wrestling Insider. Consultado em 7 de dezembro de 2014 
  16. Chris GST. «Beyond Wrestling 02/09/14 St. Louis Sleeper Cell Results». Pro Wrestling Ponderings.com. Consultado em 24 de julho de 2015. Arquivado do original em 24 de setembro de 2015 
  17. Marcus Rivera. «Beyond Wrestling 04/26/2015 Scorned and When Satan Rules His World Results». Pro Wrestling Ponderings.com. Consultado em 24 de julho de 2015. Arquivado do original em 31 de maio de 2015 
  18. Marcus Rivera. «Beyond Wrestling 05/31/2015 The Real Thing Results». Pro Wrestling Ponderings.com. Consultado em 24 de julho de 2015. Arquivado do original em 6 de julho de 2015 
  19. «Beyond Wrestling is a Great Place for Women's Wrestling...If You're Kimber Lee- Heidi Lovelace». YouTube. 2 de junho de 2015. Consultado em 24 de julho de 2015 
  20. «2015年1月11日 Newyear Stars2015». World Wonder Ring Stardom (em japonês). 11 de janeiro de 2015. Consultado em 18 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 18 de janeiro de 2015 
  21. «2015年1月18日 スターダム4周年記念日». World Wonder Ring Stardom (em japonês). 18 de janeiro de 2015. Consultado em 18 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 18 de janeiro de 2015 
  22. «2015年2月8日 Newyear Stars2015». World Wonder Ring Stardom (em japonês). 8 de fevereiro de 2015. Consultado em 8 de fevereiro de 2015. Arquivado do original em 8 de fevereiro de 2015 
  23. «WWE Signs Kimber Lee, Heidi Lovelace, Evie & More - 411MANIA». 411mania.com. Consultado em 14 de dezembro de 2017 
  24. «NXT Lakeland, FL, live results: Heidi Lovelace debuts; Revival in the main event». 14 de janeiro de 2017. Consultado em 15 de janeiro de 2017 
  25. «WWE NXT REPORT: ASUKA HAS A WARM UP MATCH FOR TAKEOVER, ALMAS VERSUS LORCAN, SIX MAN TAG MATCH GETS INSANE, AND MATCHES ANNOUNCED FOR NEXT WEEK AND TAKEOVER». PWInsider. 22 de março de 2017. Consultado em 22 de março de 2017 
  26. «LIVE, ONGOING NXT TAKEOVER - ORLANDO COVERAGE: NEW TITLE BELTS, A DEBUT, A VERY INTERESTING FACE IN THE CROWD, A SURPRISE TAG TEAM PARTNER, AND MORE!». PWInsider. 1 de abril de 2017. Consultado em 1 de abril de 2017 
  27. a b «WWE NXT REPORT: A FAREWELL TO SHINSUKE NAKAMURA, DREW MCINTYRE'S IN RING RETURN, A NEW FEMALE DEBUT, DIY, AND MORE». PWInsider. 12 de abril de 2017. Consultado em 12 de abril de 2017 
  28. «WWE NXT REPORT: WAS THERE A DILLINGER ESCAPE PLAN, A UK TITLE MATCH NEXT WEEK, WHO IS NEXT FOR ANDRADE ALMAS, AND MORE». PWInsider. 19 de abril de 2017. Consultado em 19 de abril de 2017 
  29. Trionfo, Richard (3 de maio de 2017). «WWE NXT REPORT: NUMBER ONE CONTENDER FOR THE WOMEN'S TITLE, WHO IS RODERICK STRONG . . . PART 2, BURCH VS DAIN, AND MORE». PWInsider. Consultado em 4 de maio de 2017 
  30. a b Murphy, Ryan (20 de maio de 2017). «NXT Women's Champion Asuka def. Ruby Riot and Nikki Cross in a Triple Threat Match». WWE. Consultado em 21 de maio de 2017 
  31. «Ember Moon def. Ruby Riot and Sonya Deville in an NXT Women's Championship Qualifying Triple Threat Match». wwe.com. Consultado em 14 de dezembro de 2017 
  32. Zucker, Joseph. «Ruby Riot, Liv Morgan, Sarah Logan Attack Naomi, Becky Lynch in SmackDown Debut». bleacherreport.com. Consultado em 21 de fevereiro de 2018 
  33. «WWE SmackDown live results: Build to Fastlane continues». f4wonline.com. 20 de fevereiro de 2018. Consultado em 21 de fevereiro de 2018 
  34. «SmackDown Women's Title Booked For WWE Fastlane - PWMania». pwmania.com. Consultado em 21 de fevereiro de 2018 
  35. «Shimmer 74 & 75 results: Aja Kong/Dynamite Kansai/Mayumi Ozaki/Kyoko Kimura vs. Tomoka Nakagawa/Kellie Skater/Misaki Ohata/Hiroyo Matsumoto». 14 de abril de 2015. Consultado em 13 de abril de 2017 
  36. «WWE NXT results: Chaos reigns in Full Sail». f4wonline.com. 13 de setembro de 2017. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  37. «Ruby Riot def. Kimberly Frankele». Consultado em 13 de abril de 2017 
  38. «4/12 Moore's NXT TV Review: Shinsuke Nakamura's farewell address, Drew McIntyre vs. Oney Lorcan, Ruby Riot vs. Kimber Lee, Aleister Black vs. Corey Hollis - Pro Wrestling Dot Net». 12 de abril de 2017. Consultado em 13 de abril de 2017 
  39. «NXT Concord, NC, live results: A night of farewells». f4wonline.com. 16 de abril de 2017. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  40. «Heidi Lovelace». New Era Wrestling.com. Consultado em 28 de junho de 2015. Arquivado do original em 30 de junho de 2015 
  41. «Chikara Themes, Vol. 5». Chikara. iTunes. 19 de setembro de 2016. Consultado em 20 de setembro de 2016 
  42. WWEMusic (12 de abril de 2017). «Ruby Riot - We Riot». Consultado em 13 de abril de 2017 – via YouTube 
  43. «GOOD LUCK FOLLOWING THIS SHOW TOMORROW AT WRESTLEMANIA, THIS MAIN EVENT IS SICK!!!!!, BIG NAME IN THE CROWD AT NXT, IF YOU AREN'T ALREADY YOU SHOULD BE WATCHING THIS SHOW, ASUKA VS. EMBER, WHAT AN AWESOME SEQUENCE, TAG TITLE TIME, BLACK VS. ALMAS, SANITY VS. TYE, RODDY, RUBY AND???: ONGOING NXT TAKEOVER ORLANDO BLOG - PWInsider.com». Consultado em 13 de abril de 2017 
  44. «Video: Heidi Lovelace after winning the AIW Women's Title». Wrestleview. Consultado em 22 de setembro de 2015 
  45. «Show results - 8/15 AAW in Berwyn, Ill.: Heidi Lovelace captures Heritage Title, Kingston scratched from main event, replacement AAW Hvt. Title match, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 10 de fevereiro de 2015 
  46. Kreikenbohm, Philip. «A1 Alpha Male Championship « Titles Database « CAGEMATCH - The Internet Wrestling Database». Consultado em 6 de junho de 2016 
  47. «Ophidian The Cobra on Twitter». Consultado em 6 de junho de 2016 
  48. «PWI Female 50 2016». The Internet Wrestling Database. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  49. «Heidi Lovelace wins RCW Heavyweight Championship». Revolution Championship Wrestling Facebook Page. Consultado em 17 de maio de 2015 
  50. Bentley, Martin (27 de junho de 2016). «Shimmer Volumes 84 & 85 results from Berwyn, IL». Pro Wrestling Insider. Consultado em 27 de junho de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]