Rufino (prefeito pretoriano)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rufino
Nascimento  ?
Morte século V
Nacionalidade Império Bizantino
Título
Religião Cristianismo

Rufino (em latim: Rufinus) foi um oficial bizantino do século V que desempenhou função durante o reinado do imperador Teodósio II (r. 408–450). De acordo com João Malalas, foi um parente do imperador. Durante seu mandato como prefeito pretoriano do Oriente (março de 431/março de 432) recebeu duas cartas de Isidoro de Pelúsio: na primeira, Isidoro pede que ele impeça que Gigâncio concisa ofício em Augustâmica; na segunda, Isidoro chama sua atenção para alguns assuntos em Pelúsio.[1]

De acordo com os autores da Prosopografia do Império Romano Tardio, as informações contidas sobre ele na obra de João Malalas são inconsistentes, dado que misturam eventos ocorridos com o Rufino que serviu durante o reinado dos imperadores Teodósio I (r. 378–395) e Arcádio (r. 395–408).[1]

Referências

  1. a b Martindale 1980, p. 953

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Martindale, John Robert; Arnold Hugh Martin Jones; J. Morris. The Prosopography of the Later Roman Empire, Volume II: A.D. 395–527. Cambridge: Cambridge University Press, 1980. ISBN 978-0-521-20159-9