Rui Nabeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manuel Rui Azinhais Nabeiro
Nome completo Manuel Rui Azinhais Nabeiro
Nascimento 28 de março de 1931 (86 anos)
Campo Maior, Alto Alentejo
Nacionalidade Portugal português
Ocupação Empresário
Cargo Presidente do Grupo Nabeiro- Delta Cafés

Manuel Rui Azinhais Nabeiro ComIHComMAIC (Campo Maior, 28 de março de 1931) é um empresário português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

De uma família humilde, começou a trabalhar por volta dos 12 anos. Ajudava a mãe numa pequena mercearia e o pai e os tios na torra do café, numa época em que se sentiam os efeitos da guerra civil em Espanha e a zona raiana era lugar de contrabando[1].

Aos 17 anos, após a morte do pai, assumiu os destinos da pequena torrefação familiar. Para fazer crescer a empresa, fomentou a venda de café em Espanha, constituindo depois uma sociedade com os seus tios, a Torrefação Camelo.

Insatisfeito com a sociedade, vendeu a sua quota aos tios, criando a sua própria empresa em 1961, a Delta Cafés, que além dum pequeno armazém de mercearias, logo se iniciou na torra do café. Nascia assim a marca Delta, que passados poucos meses se distribuía em todo o país, abrindo um entreposto comercial em Lisboa, em 1963, e outro no Porto, em 1964[2].

Em 1972 Rui Nabeiro é nomeado presidente da Câmara Municipal de Campo Maior, função que retomaria, democraticamente eleito pelo Partido Socialista, em 1977. Foi eleito outras duas vezes, mantendo-se no cargo até 1986[3].

Empresário líder no mercado dos cafés, constituiu em 1982 a Novadelta e, em 1984, criou uma nova fábrica de torrefação, na altura a maior da Península Ibérica. Em 1988 criou a holding Nabeirogest, através da qual soma, atualmente, investimentos no ramo agrícola e vitivinícola, na distribuição alimentar e de bebidas, no retalho automóvel, no comércio imobiliário e na hotelaria[4].

A 9 de Junho de 1995 Mário Soares atribuiu-lhe o grau de comendador da Ordem Civil do Mérito Agrícola, Industrial e Comercial Classe Industrial, e a 5 de Janeiro de 2006 Jorge Sampaio distinguiu-o como comendador da Ordem do Infante D. Henrique.[5]

Em 2002 foi apresentada a biografia de Rui Nabeiro, intitulada O homem. Uma obra – a de Rui Nabeiro, da autoria de Tereza Castro Ribeiro Reis. Em 2007 inaugurou o Centro Educativo Alice Nabeiro, para dar resposta às necessidades extra-escolares das crianças de Campo Maior. Com o patrocínio da Delta a Universidade de Évora criou, em 2009, a Cátedra Rui Nabeiro, destinada à promoção da investigação, do ensino e da divulgação científica na área da biodiversidade.[6].

É cônsul regional honorário de Espanha, com sede na Vila de Campo Maior e jurisdição nos distritos de Castelo Branco, Beja, Portalegre e Évora.

Referências

  1. Susana Torrão (2010). «Entrevista a Rui Nabeiro». Revista do Montepio (66): 24-27 
  2. «Cátedra Rui Nabeiro». Catedra.uevora.pt 
  3. «Rui Nabeiro. In Infopédia (em linha). Porto: Porto Editora, 2003-2011». Infopédia. Consultado em 28 de janeiro de 2011 
  4. «Grupo Nabeiro». Grupo-nabeiro.pt 
  5. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Manuel Rui Azinhais Nabeiro". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 25 de outubro de 2015 
  6. «Cátedra Rui Nabeiro». Uevora.pt