Runaways (série de televisão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marvel's Runaways
Fugitivos (PT/BR)
Informação geral
Formato Série
Gênero Aventura
Drama
Ficção científica
Duração 45–53 minutos
Estado Em exibição
Criador(es) Josh Schwartz
Stephanie Savage
Baseado em Fugitivos,
de Brian K. Vaughan e Adrian Alphona
País de origem  Estados Unidos
Idioma original inglês
Produção
Produtor(es) Kelly Van Horn
Emma Fleischer
Produtor(es) executivo(s) Brett Morgen (1x01 apenas)
Alan Fine
Stan Lee
Joe Quesada
Karim Zreik
Jim Chory
Jeph Loeb
Josh Schwartz
Stephanie Savage
Editor(es) Jeff Granzow
Lois Blumenthal
Adrienne McNally
Jesse Ellis
Cinematografia Ramsey Nickell
David Stockton
John C. Newby
Câmera Câmera única
Distribuída por Hulu
Elenco Rhenzy Feliz
Lyrica Okano
Virginia Gardner
Ariela Barer
Gregg Sulkin
Allegra Acosta
Angel Parker
Ryan Sands
Annie Wersching
Kip Pardue
Ever Carradine
James Marsters
Brigid Brannagh
Kevin Weisman
Brittany Ishibashi
James Yaegashi
Compositor da música-tema Siddhartha Khosla
Empresa(s) de produção ABC Signature Studios
Marvel Television
Fake Empire Productions
Localização Los Angeles
Exibição
Emissora de televisão original Estados Unidos Hulu
Brasil Canal Sony
Transmissão original 21 de novembro de 2017 – presente
N.º de temporadas 2
N.º de episódios 23
Cronologia
Programas relacionados Séries de televisão do Universo Cinematográfico Marvel

Marvel's Runaways, ou simplesmente Runaways, é uma série de web televisão norte-americana criada por Josh Schwartz e Stephanie Savage para o Hulu, baseada na equipe de super-heróis homônima da Marvel Comics. É situada no Universo Cinematográfico Marvel, compartilhando continuidade com os filmes e outras séries de televisão da franquia. A série é produzida pela ABC Signature Studios, Marvel Television e Fake Empire Productions, com Schwartz e Savage atuando como showrunners.

Rhenzy Feliz, Lyrica Okano, Virginia Gardner, Ariela Barer, Gregg Sulkin e Allegra Acosta estrelam como os Fugitivos, seis adolescentes de diferentes origens que se unem contra seus pais, o Orgulho, interpretados por Angel Parker, Ryan Sands, Annie Wersching, Kip Pardue, Ever Carradine, James Marsters, Brigid Brannagh, Kevin Weisman, Brittany Ishibashi e James Yaegashi. Um filme da Marvel Studios baseado nos Fugitivos começou a ser desenvolvido em maio de 2008, porém o projeto foi arquivado em 2013 devido ao êxito alcançado pelo filme The Avengers. Em agosto de 2016, a Marvel Television anunciou que Runaways tinha recebido uma ordem de piloto do canal Hulu, depois do episódio ser desenvolvido e escrioa por Schwartz e Savage. O elenco para os Fugitivos e o Orgulho foi revelado em fevereiro de 2017. As filmagens começaram em Los Angeles em fevereiro de 2017. A série foi oficialmente ordenada pelo Hulu em maio de 2017.

A primeira temporada, que possui 10 episódios, foi exibida de 21 de novembro de 2017 a 9 de janeiro de 2018. Em janeiro de 2018, Runaways foi renovada para uma segunda temporada de 13 episódios, que foi lançada inteiramente em 21 de dezembro de 2018. Em março de 2019, a série foi renovada para uma terceira temporada de 10 episódios.

Premissa[editar | editar código-fonte]

Seis adolescentes de diferentes origens se unem contra um inimigo comum - seus pais criminosos,[1] coletivamente conhecidos como o Orgulho.[2] Na segunda temporada, os adolescentes fogem de seus pais e, agora que estão vivendo sozinhos, começam a procurar meios para impedir a Orgulho antes de suspeitarem da existência de um infiltrado entre eles; que mantém contato com Jonah e o está ajudando a concretizar seu perigoso plano.[3]

Elenco e personagens[editar | editar código-fonte]

Principal[editar | editar código-fonte]

Uma Wicca que se isola com sua aparência gótica e é um membro dos Fugitivos.[4] Ao contrário dos quadrinhos, Nico não convoca o Cajado do Absoluto através de automutilação. Okano disse que isso foi alterado, "por uma boa razão", pois haveria "muitos jovens adolescentes assistindo a série e não queremos promover nada como se auto-mutilar, porque isso é grave". Ela acrescentou que um elemento de tirar sangue ainda estaria envolvido.[5]
Uma alienígena-híbrido, sobrecarregada por sua educação religiosa, que quer seguir seus próprios desejos em vez de seguir os passos de sua mãe. Ela é um membro dos Fugitivos.[4] Karolina tem a capacidade de voo, brilhar com a luz colorida do arco-íris e disparar feixes de luz.[6]
Um jogador de lacrosse do ensino médio que muitas vezes é enxergado como um atleta burro, mas exibe conhecimento em engenharia, e é um membro dos Fugitivos.[4] Os roteiristas queriam que o personagem tivesse "mais camadas" do que os quadrinhos.[7] Chase é representado como tendo o potencial de ser tão genial quanto seu pai,[8] e constrói as manoplas chamadas "Fistigonas".[9] Connor Falk interpreta um Chase criança.[10]
O pai de Chase, um engenheiro genial e um membro do Orgulho.[2] Marsters foi inspirado pela interpretação que Vincent D'Onofrio faz de Wilson Fisk em Daredevil, dizendo que foi "exatamente o oposto do que eu estava esperando". Marsters procurou um ponto em comum com Victor, dizendo: "Eu não sou um pai abusivo, mas eu não sou um pai perfeito. Eu não acho que alguém seja." Ele acrescentou que Victor só quer que Chase atenda ao seu potencial.[8] Tim Pocock interpreta um jovem Victor.[10]
A mãe de Nico, que é uma brilhante inovadora, uma CEO implacável e um membro do Orgulho. A personagem apareceu anteriormente no filme Doutor Estranho, em um papel de figurante como uma Mestre das Artes Místicas interpretada por Linda Louise Duan.[13][14][15] Os produtores se sentiram livres para reescalar o papel e criar uma versão diferente de Tina Minoru desde que a personagem não foi nomeada naquele filme.[16]
O pai biológico de Karolina e o benfeitor do Orgulho.[17] McMahon descreveu Jonah como "o cara rico que é bem orientado pelo ego e dirigido pela missão ... que está tentando realizar certas coisas e se alguma coisa atrapalhar seu caminho ele passaria por ela". McMahon não apareceu nos quatro episódios como o personagem em seu estado de quase morte.[18] Ric Sarabia interpretou o personagem neste estado.[19]

Recorrente[editar | editar código-fonte]

  • Danielle Campbell como Eiffel: Uma garota popular na Academia Atlas que pratica bullying em Karolina.
  • Pat Lentz como Aura: Um membro da Igreja do Gibborim que trabalha para os Deans.
  • Heather Olt como Frances: Um membro da Igreja do Gibborim que trabalha para os Deans.
  • DeVaughn Nixon como Darius Davis: Um antigo associado de Geoffrey que guarda rancor contra ele.
  • Cody Mayo como Vaughn Kaye: O assistente de Leslie Dean na Igreja do Gibborim. O nome do personagem é uma homenagem ao criador dos Fugitivos, Brian K. Vaughan.[20]

Alfazema, uma Deinonico geneticamente modificada telepaticamente ligada a Gert Yorkes, aparece na série. A personagem é retratada por um fantoche que foi operado por seis pessoas, incluindo uma pessoa que bombeia ar através do fantoche para mostrar a respiração da dinossaura. Barer chamou o fantoche de "incrível ... Você vê suas emoções."[21]

Convidado[editar | editar código-fonte]

  • Zayne Emory como Brandon: Um membro da equipe de lacrosse de Chase.
  • Timothy Granaderos como Lucas: Um membro da equipe de lacrosse de Chase.
  • Nicole Wolf como Destiny Gonzalez: Uma jovem que se junta à Igreja do Gibborim e é sacrificada logo depois pelo Orgulho.
  • Nathan Davis Jr. como Andre: Um associado de Darius, que é usado como sacrifício pelo Orgulho.
  • Alex Fernandez como Flores: Um tenente do LAPD que trabalha para o Orgulho.
  • Ryan Doom como Alphona: O treinador de lacrosse de Chase.
  • Devan Chandler Longo como Kincaid: Um homem contratado por Tina Minoru para fins desonestos.
  • Amanda Suk como Amy Minoru: A irmã de Nico, a melhor amiga de Alex e filha de Tina e Robert, que morreu antes do início da série. Chandler Shen interpreta uma Amy criança.
  • Vladimir Caamaño como Gene Hernandez: Um geólogo que é pai de Molly e um ex-membro do Orgulho que morreu em um incêndio.
  • Carmen Serano como Alice Hernandez: Uma geóloga que é mãe de Molly e ex-membro do Orgulho que morreu em um incêndio.
  • Marlene Forte como Graciela Aguirre: Um parente distante de Molly.
  • Jan Luis Castellanos como Topher: Um jovem "difícil e complicado" que se junta aos Fugitivos.[3]

Stan Lee faz uma aparição cameo como um motorista de limusine.[22]

Episódios[editar | editar código-fonte]

2[editar | editar código-fonte]

ª temporada (2017–18)[editar | editar código-fonte]

Episódio série
#
Episódio
#
Título Dirigido por Escrito por Exibição
11 "Reunion" Brett MorgenJosh Schwartz & Stephanie Savage21 de novembro de 2017 (2017-11-21)
Uma garota chamada Destiny é "resgatada" pela Igreja de Gibborim de dois assaltantes, que na verdade estavam tentando salvá-la. Seis meses depois, os amigos Alex Wilder, Nico Minoru, Karolina Dean, Gert Yorkes, Chase Stein e Molly Hernandez se distanciaram desde a morte da irmã de Nico, Amy, dois anos antes. Alex usa uma reunião para o grupo de seus pais, o Orgulho para alcançar os outros, mas eles o recusam. Mais tarde, eles mudam de idéia: Karolina remove sua pulseira da Igreja de Gibborim em uma festa, vê suas mãos brilhando e perde a consciência - Chase a salva de ser estuprada; por causa disso, Chase levanta Gert para uma sessão de estudos, e ela pega sua irmã adotiva Molly, que descobriu que ela tem super força e que seus pais têm uma criatura no porão; e Nico chega depois de não entrar em contato com o espírito de Amy em um ritual. A reunião é desajeitada, mas logo descobrem uma passagem secreta na casa que leva os pais a sacrificar o Destino em um ritual. O flash da câmera de Molly é visto pelos pais. 
22 "Rewind" Roxann DawsonJosh Schwartz & Stephanie Savage21 de novembro de 2017 (2017-11-21)
Antes do ritual, Geoffrey Wilder havia confrontado um antigo associado de seu tempo como criminoso, ameaçando-o de interferir no projeto de construção do Pride; Victor Stein estava tendo problemas para testar o recipiente usado no ritual; Leslie Dean convenceu Destiny a não deixar a Igreja de Gibborim até que ela alcançasse o estágio de "Ultra", que envolve o então próximo ritual secreto; seu marido Frank, um ator que não é membro do Pride, perdeu seu agente devido ao seu papel como co-fundador da Igreja. O grupo reluta em sacrificar alguém da mesma idade que seus filhos, mas vá em frente de qualquer maneira. Quando eles vêem o flash, eles correm para investigar, mas estão convencidos pelas crianças de que houve um problema elétrico na casa. Geoffrey depois encontra o grampo de Molly fora da entrada da passagem secreta, enquanto Victor percebe que seu contêiner está com defeito e que Destiny ainda está vivo dentro dele. Enquanto isso, Frank tenta, sem sucesso, entrar no escritório particular de Leslie, onde uma figura decrépita está em outro contêiner de Victor. 
33 "Destiny" Nina Lopez-CorradoKalinda Vazquez21 de novembro de 2017 (2017-11-21)
Karolina é informada de que o destino está oficialmente em Londres para uma viagem da Igreja. Nico investiga o Cajado de Um, mas é incapaz de controlar seu poder e pede ajuda a Alex. Chase e Gert usam algumas das invenções de Victor para procurar por Destiny na casa dos Steins, e então descobrem que a criatura na casa dos Yorkes é um dinossauro geneticamente modificado pelos pais de Gert. Tina e Robert Minoru tentam lidar com o casamento em deterioração, devido à morte de Amy, mas isso termina com Robert continuando um caso secreto com Janet Stein, e Tina voltando para casa para encontrar Nico e Alex (fingindo estar envolvido romanticamente para evitar suspeitas). Catherine Wilder confronta Molly, mas a última é que ela andou furtivamente para roubar álcool para as outras crianças. Catherine promete contar a Molly sobre seus pais que morreu em um incêndio quando Molly era jovem (os membros do Pride culparam um ao outro por fazer isso). Os Yorkes planejam se mudar com Gert, Molly e seu dinossauro para um rancho remoto em Yucatan agora que o Orgulho acabou, mas o corpo do Destino é encontrado. 
44 "Fifteen" Ramsey NickellTamara Becher-Wilkinson28 de novembro de 2017 (2017-11-28)
O Pride realiza uma reunião de emergência, embora os Yorkes estejam em busca do seu dinossauro desaparecido. Victor aceita a responsabilidade pelo sacrifício fracassado; ele e Robert vão encontrar um novo. Eles tentam seqüestrar um homem sem lar, mas eles estragam o ato e são presos. Karolina é evitada na escola como uma puta, e Chase é dito para se desculpar com seu lacrosse colegas de equipe que ele feriu quando ele parou de estuprá-la. Em vez disso, ele sai da equipe. Karolina revela a Chase como seu corpo brilha sem seu bracelete. Ela e Gert também procuram provas da inocência de seus pais, mas, com a ajuda de Alex, percebem que Leslie seleciona pessoas de sua igreja para se sacrificarem por anos. Isso não inclui Amy, que parecia se suicidar, mas Nico acredita que foi assassinado pelo Pride. Ela vai à polícia, mas sai quando vê Victor e Robert conversando com um policial aparentemente em sua folha de pagamento. Os Yorkes encontram o dinossauro, fazendo o que Gert diz a ela para fazer, e então são ameaçados por Tina, que sabe sobre Yucatan. Alex é sequestrado. 
55 "Kingdom" Jeffrey W. ByrdRodney Barnes & Michael Vukadinovich5 de dezembro de 2017 (2017-12-05)
Em flashback, Geoffrey faz um acordo com o misterioso Jonah para comprar terras e tem que convencer seu colega de cela Darius a levar a culpa por atirar em alguém para sair da prisão. No presente, Darius sequestrou Alex como resgate para Geoffrey pagar um milhão de dólares. Nico leva Karolina, Gert, Molly e Chase para o resgate, usando a equipe para encontrar Alex. Geoffrey aparece com LAPD para derrotar Darius e seus homens, Alex atira em Andre, um dos capangas de Darius, mas ele é pego de novo. Os amigos de Alex aparecem e usam suas novas habilidades para que Darius corra. Alex retorna para Geoffrey, que diz a ele para ir para casa enquanto ele prepara Andre para um sacrifício. Todas as crianças entram na sala secreta apenas para perceber que o Orgulho moveu o sacrifício para outro lugar. Tina revela que sabe que Nico usou o pessoal, mas permite que ela o use e a máquina do tempo de Victor mostra Los Angeles desmoronando no futuro. Frank falha em ir Ultra e o sacrifício funciona revelando que o homem que o Pride estava revivendo é Jonah que exige ver Karolina. 
66 "Metamorphosis" Patrick NorrisKalinda Vazquez12 de dezembro de 2017 (2017-12-12)
Jonas registrou todos os pais durante o primeiro sacrifício, a fim de mantê-los sob controle e impedi-los de deixar o Orgulho. O orgulho hospeda sua gala anual e as crianças usam o tempo para baixar imagens dos sacrifícios anteriores dos servidores do Minoru. Gert deduz que Karolina é lésbica, mas ela fica brava com ela por não ser honesta com Chase. Enquanto bêbada no telhado, Karolina descobre que ela pode voar e Chase a beija a qual ela é plácida. Alex e Nico invadiram o escritório de Tina para pegar as imagens, fazendo com que Nico suspeitasse dele, já que ele sabia a senha com bastante facilidade. Durante o discurso dos membros do Pride, Victor revela seu conhecimento do encontro de Robert e Janet e entra em colapso de seu tumor cerebral. Jonah usa seu remédio experimental para reanimá-lo, deixando-o feliz eufórico com sua família. Frank parece saber sobre o relacionamento secreto de Leslie e Jonah, mas mantém essa informação para si mesmo. Molly, em um esforço para saber mais sobre seus pais, acidentalmente deixa escapar a Catherine sobre seu conhecimento do orgulho. 
77 "Refraction" Peter HoarQuinton Peeples19 de dezembro de 2017 (2017-12-19)
Victor vê uma mensagem de Chase do futuro dizendo-lhe para não pegar os fistigons. Frank recebe luvas curativas de Jonah, fazendo com que Leslie fique desconfiada. Molly fica distante dos outros e tenta juntar-se às líderes de torcida que a desconsideram e encontram consolo com Karolina. Dale e Stacy descobrem que a cura de Jonah deixa as pessoas hiperativas e eufóricas, mas lhes dá uma ressaca. Na casa aberta, Leslie faz com que Janet termine com Robert, que concorda com a mudança de comportamento de Victor e faz com que Tina leve Robert de volta. Geoffrey e Catherine dizem a Dale e Stacy que eles devem fazer algo sobre Molly como ela sabe sobre as atividades do Orgulho. Eles dizem a Molly que ela vai ser mandada embora, o que a irrita e Gert a conforta. Frank descobre que Jonah vive há muito tempo e finalmente confronta Leslie sobre o que ela e Jonah estão fazendo. Nico obriga Alex a revelar como ele sabia a senha de Tina. Victor de repente se torna violento novamente e ataca seu filho com os fistigons apenas para ser baleado por Janet. 
88 "Tsunami" Millicent SheltonRodney Barnes & Michael Vukadinovich26 de dezembro de 2017 (2017-12-26)
Victor sangra quando os membros do Pride chegam para tentar remendá-lo, embora isso se mostre ineficiente. Leslie tem Frank chegando para usar suas luvas curativas, mas envia Victor em coma. Tina entra em contato com Jonah, que os instrui a fazer com que Janet seja sacrificada por Victor, fazendo o Orgulho discutir. Robert decide se sacrificar, mas Tina destrói a vagem reafirmando sua devoção a ele. Victor é levado para ser revivido mais tarde. Karolina decide contar a Frank tudo o que sabe sobre o Orgulho, colocando-o ao seu lado. Alex revela a um irritado Nico que ele estava ciente da espionagem de Amy e foi dito para manter suas informações em segredo. Molly está morando com sua parente, Graciela, que dá a Molly uma carta contendo uma chave. Isso a leva a um armário que contém um VHS fita. Nico encontra as coisas de Amy e Alex consegue com sucesso as filmagens de seus pais, mas seu laptop é destruído por um Chase simpático. Em flashback, Amy descobre que seu laptop foi hackeado e confidencia suas descobertas a Kincaid. Após "ele" descobrir, Amy tenta fugir de casa, mas é pego. 
99 "Doomsday" Jeremy WebbJiehae Park & Kendall Rogers2 de janeiro de 2018 (2018-01-02)
Dez anos antes, Leslie assassina Gene e Alice Hernandez com uma bomba enquanto Tina escuta ao telefone. Molly sobrevive devido a pedras brilhantes estranhas dando-lhe poderes. No presente, Janet cobre a ausência de Victor para o público enquanto Jonah encarrega os membros restantes do Pride com seu plano atual; para usar a empresa de perfuração de Geoffrey para cavar um buraco debaixo de Los Angeles. Darius monitora a área e expressa suas suspeitas à esposa. Molly retorna ao grupo com a fita VHS que contém um vídeo de seus pais avisando sobre as atividades do Pride. As crianças decidem usar a dança da escola como cobertura para se infiltrar no local da perfuração. Antes de sair, Gert e Chase fazem sexo enquanto Karolina beija Nico, revelando seus sentimentos por ela. Frank revela tudo o que sabe para Jonas, que transmite o fato de que as crianças sabem tudo para seus pais. As crianças chegam ao local de perfuração e conseguem parar a broca. O orgulho chega para confrontar seus filhos que decidiram finalmente tomar uma posição. As crianças revelam seus poderes e o Orgulho fica chocado. 
1010 "Hostile" Marc JobstQuinton Peeples9 de janeiro de 2018 (2018-01-09)
Karolina é sequestrada por Jonah enquanto o restante dos Runaways se esconde. Eles chegam à floresta fora de Los Angeles e Gert é forçado a deixar seu dinossauro, agora chamado Old Lace, ir. Encontrando novos disfarces, Chase e Molly se infiltram na Igreja de Gibborim para resgatar Karolina enquanto Alex espera do lado de fora e ouve seus pais anunciando sua intenção de encontrá-lo sozinhos. Leslie e os Yorkes descobrem que Jonah está procurando algo que seja "vivo". Leslie revela que ela foi indiretamente responsável pela morte de Amy e que ela não tem certeza da lealdade de Frank. Ela consegue convencer os Yorkes, os Minorus e Janet a se unirem a ela para matar Jonah. Alex faz um acordo com Darius, dizendo-lhe tudo sobre o orgulho. Em troca, Darius dá Alex centenas de dólares para ele e seus amigos e uma arma. Jonah planeja seu próximo passo com Frank sobre o corpo de Victor e revela que ele precisa de outro sacrifício. As Runaways chegam a um ponto de ônibus e se reencontram com Old Lace, mas são forçados a correr ao ver que eles foram enquadrados pelo assassinato de Destiny. 

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Um filme da Marvel Studios baseado na revista em quadrinhos Fugitivos começou a ser desenvolvido em maio de 2008, com o criador Brian K. Vaughan envolvido.[23] Em abril de 2010, a Marvel contratou Peter Sollett para dirigir o filme,[24] e um mês depois, Drew Pearce assinou para escrever o roteiro.[25] O desenvolvimento do filme foi posto em espera no outubro seguinte.[26] A Marvel decidiu ir em outra direção e desenvolver Guardiões da Galáxia.[27] Pearce explicou em setembro 2013 que o filme dos Fugitivos ainda poderia fazer parte da Fase Três do Universo Cinematográfico Marvel.[28] Em outubro de 2014, depois de anunciar os filmes da Fase Três da Marvel sem Fugitivos, o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, comentou sobre o projeto: "Um roteiro incrível que existe em nosso cofre de roteiros ... Em nossa televisão e discussões de futuros filmes, é sempre um que nós falamos, porque temos um projeto sólido lá. [Mas] nós não podemos fazer todos eles."[29]

A Marvel Television, sediada na ABC Studios, estava esperando pelo showrunner certo antes de seguir adiante com uma série de televisão sobre os personagens. Josh Schwartz e Stephanie Savage, cuja empresa Fake Empire Productions tinha um contrato com a ABC, independentemente trouxeram a propriedade durante uma reunião geral com o estúdio[30][1] e, em agosto de 2016, a dupla tinha passado um ano conversando com a Marvel sobre transformar Fugitivos em uma série de televisão. Nesse mês, foi anunciado que o serviço de streaming Hulu encomendou um episódio piloto e roteiros para uma temporada completa de Runaways, para serem co-produzidos pela Marvel Television, ABC Signature Studios e Fake Empire Productions. O produtor executivo Jeph Loeb sentiu que "foi uma decisão fácil" ter o Hulu transmitindo a série em vez das outras redes com as quais a Marvel Television trabalha, porque "estávamos muito entusiasmados com a possibilidade de ingressar em uma rede jovem e em crescimento". Da mesma forma que quando fomos para a Netflix, ela era jovem e crescia no lado original, parece que estamos no lugar certo, na hora certa, com a série certa." Loeb e Marvel Television também ficaram impressionados com o sucesso de The Handmaid's Tale, do Hulu, que ajudou a justificar a decisão.[31] Schwartz e Savage escreveram o piloto e atuaram como showrunners na série, bem como produtores executivos ao lado de Loeb e Jim Chory.[1][32] Em maio de 2017, Runaways recebeu uma ordem de 10 episódios do Hulu.[33]

Lis Rowinski da Fake Empire produz a série,[1][32] e Vaughan serve como um consultante executivo.[4] Sobre isso, Vaughan observou que ele "fez um pouco de consultoria no início do desenvolvimento", mas sentiu que a série "encontrou os 'pais adotivos' ideais em Josh Schwartz e Stephanie Savage ... [que] adaptaram adoravelmente [os quadrinhos] em um drama estiloso com uma pegada Los Angeles contemporânea." Ele também elogiou o elenco, a equipe e os roteiristas que trabalham na série, e achou que o piloto parecia "ter saído diretamente das páginas de Adrian Alphona", se referindo ao artista que trabalhou com Vaughan quando ele criou os personagens.[34] Em 8 de janeiro de 2018, o Hulu renovou a série para uma segunda temporada de 13 episódios.[35]

Escrita[editar | editar código-fonte]

Schwartz foi um fã do quadrinho Fugitivos por algum tempo, e apresentou a história para Savage,[30] tendo dito a ela: "Eu sei que você não lê gibis, mas eu acho que você vai gostar disso."[36] Loeb descreveu a série como o The O.C. do Universo Cinematográfico Marvel[30] que, segundo Schwartz, significa "tratar os problemas dos adolescentes como se fossem adultos" e fazer com que a série "parecesse verdadeira e autêntica à experiência adolescente, mesmo neste contexto elevado."[16] Os produtores notaram que a série também exploraria a perspectiva dos pais, com o piloto contando a história do ponto de vista dos Fugitivos, e o segundo episódio mostrando a mesma história da perspectiva de seus pais—a perspectiva do Orgulho.[37]

Schwartz comparou o tom de Runaways ao dos quadrinhos em que a série é baseada, dizendo que muito do tom que Vaughn usou ao escrever os quadrinhos "não parece tão diferente" dos tons em que ele e Savage gostam de trabalhar, "Há humor, angústia, romance e triângulos amorosos, então há muita sobreposição que pareceu muito orgânica para nós."[16] A dupla ficou entusiasmada com a liberdade dada a eles pelo Hulu em comparação às emissoras habituais que estavam acostumados a trabalhar, como permitir que as crianças falassem palavrões na série, não tendo durações definidas para cada episódio, e sendo capaz de explorar a história dos pais. Schwartz descreveu a série como uma história de coming-of-age e um drama familiar, com foco nos personagens que podem levar a longos trechos da série não apresentando ação e super-poderes, então "se você não visse o título da série, você não saberia que estava em uma série de super-herói da Marvel por longos momentos ... Esse foi o nosso ponto de partida estético, mas há episódios onde há coisas estilo Marvel."[36]

Falando sobre a segunda temporada, Schwartz disse que a série "aceleraria", já que a temporada estaria seguindo as crianças em fuga, dizendo: "Nosso foco muda para essas crianças tentando sobreviver nas ruas ... há uma maior sensação de tensão e momentum de acordo com onde estamos nesta parte da história." Ele acrescentou que a experiência das crianças em fuga as obrigaria a crescer e fazê-las confrontar e lidar rapidamente com temas adultos.[38] Ele acrescentou que a relação entre Nico e Karolina, que começou no final da primeira temporada, seria "o núcleo emocional" da segunda.[39] Quanto aos pais na temporada, Schwartz descreveu eles como competindo contra o relógio "para encontrar seus filhos antes que algo potencialmente catastrófico pudesse ocorrer".[38] Desde que as crianças sabem sobre seus poderes, eles são utilizados mais na temporada. Além disso, o albergue em que as crianças se mudam é uma mansão decadente sob o Griffith Park.[40]

Escolha do elenco[editar | editar código-fonte]

Elenco de Runaways durante a New York Comic Con (da esquerda para a direita: Rhenzy Feliz, Lyrica Okano, Gregg Sulkin, Virginia Gardner e Ariela Barer).

Em fevereiro de 2017, a Marvel anunciou o elenco dos Fugitivos, com Rhenzy Feliz como Alex Wilder, Lyrica Okano como Nico Minoru, Virginia Gardner como Karolina Dean, Ariela Barer como Gert Yorkes, Gregg Sulkin como Chase Stein e Allegra Acosta como Molly Hernandez.[4] Pouco depois, a Marvel anunciou o elenco do Orgulho, com Ryan Sands como Geoffrey Wilder, Angel Parker como Catherine Wilder, Brittany Ishibashi como Tina Minoru, James Yaegashi como Robert Minoru, Kevin Weisman como Dale Yorkes, Brigid Brannagh como Stacey Yorkes, Annie Wersching como Leslie Dean, Kip Pardue como Frank Dean, James Marsters como Victor Stein e Ever Carradine como Janet Stein.[2] Loeb elogiou o diretor de elenco Patrick Rush, explicando que todos os regulares de Runaways foram a primeira escolha dos produtores para o papel. A maioria das crianças são interpretadas por "caras novas", o que foi uma escolha intencional.[36]

Em agosto de 2017, Julian McMahon foi escalado para o papel recorrente de Jonah.[17] Para a segunda temporada, Schwartz disse que "personagens realmente populares e empolgantes" das histórias em quadrinhos apareceriam.[41] Em outubro de 2018, foi anunciado que Jan Luis Castellanos havia se juntado ao elenco no papel do vilão Topher.[3]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

As filmagens do piloto começaram em 10 de fevereiro de 2017,[42] em Los Angeles,[43] sob o título de produção Rugrats,[44] e terminaram em 3 de março de 2017.[45] Após a conclusão das filmagens do piloto, houve preocupação entre o elenco e a equipe de que a greve dos roteiristas impediria que a série fosse adiante. No entanto, a greve não aconteceu, e as filmagens no resto da temporada começaram no final de junho, novamente em Los Angeles.[7] A produção da primeira temporada foi concluída em 21 de outubro.[46]

As filmagens da segunda temporada começaram em abril de 2018, novamente em Los Angeles sob o título de produção Rugrats.[47][48] As filmagens da temporada continuaram até o final de setembro de 2018.[48][49]

Música[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2017, Siddhartha Khosla foi contratada para compor a música da série.[50] Khosla disse que, devido à sua história como compositor, seu processo de trilha envolve "trabalhar nessas histórias de canções e tecer elas através de diferentes episódios". Ele descreveu a trilha de Fugitivos como sendo "completamente sintetizada".[51]

Conexões com o Universo Cinematográfico Marvel[editar | editar código-fonte]

Loeb confirmou em julho de 2017 que Runaways seria parte do Universo Cinematográfico Marvel, mas que os personagens da série não se preocupariam com as ações dos Vingadores, dizendo: "O fato de que eles acharam uns aos outros e que estão passando por esse mistério juntos é o que nos interessa, e não o que o Capitão América está fazendo por aí."[52] Sobre se os personagens da série estão cientes de super-heróis e acontecimentos do MCU, Schwartz disse: "a posição que tomamos é a realidade emocional que essas crianças estão descobrindo essas coisas sobre si mesmas pela primeira vez, e achamos que a versão mais impactante disso não era necessariamente chamar a atenção para a ideia de que talvez outras pessoas também têm poderes. Então você pode interpretar de várias maneiras diferentes. Você pode interpretar porque eles moram na Califórnia, e [Os Vingadores] aconteceu em Nova York, ou porque não aconteceu em nosso mundo. A posição da Marvel é de que tudo está conectado, mas a nossa série está tentando andar nessa linha onde a realidade que nossas crianças estão enfrentando, elas estão presenciando pela primeira vez."[53] Ele também disse: "fomos muito capazes de contar a história que nós queríamos contar independentemente de qualquer outras histórias da Marvel que estão por aí".[16]

Loeb disse que não havia planos para crossover entre séries de diferentes canais, mas observou que Runaways e Cloak & Dagger, da Freeform, compartilham um tema semelhante de se concentrar em heróis adolescentes. Ele acrescentou que a Marvel queria que a série se estabelecesse antes de se conectar mais com outros elementos do universo, dizendo: "coisas que estão acontecendo em Los Angeles não vão exatamente afetar o que está acontecendo em Nova Orleães [onde Cloak & Dagger se passa] ... É estar ciente disso e tentar encontrar uma maneira de poder discutir [ligações] de uma maneira que faça sentido."[37] Falando sobre a segunda temporada, Schwartz disse que haveria uma referência no final da temporada "que provavelmente será a nossa primeira migalha real que se conecta ao MCU."[40]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Runaways estreou seus primeiros três episódios no Hulu nos Estados Unidos em 21 de novembro de 2017, com a primeira temporada consistindo de 10 episódios,[31][54] e terminando em 9 de janeiro de 2018.[55] O primeiro episodio também foi transmitido nos Estados Unidos na Freeform em 2 de agosto de 2018, após a exibição do final da primeira temporada de Cloak & Dagger; a exibição foi parte de uma parceria de marketing da Freeform com o Hulu.[56]

Marketing[editar | editar código-fonte]

Os membros do elenco e Schwartz e Savage apareceram na New York Comic Con 2017 para promover a série,[57] onde um trailer da série foi revelado, juntamente com uma exibição do primeiro episódio.[58] A série teve sua estreia no tapete vermelho no Regency Bruin Theatre em Westwood, Los Angeles em 16 de novembro de 2017.[59]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

O site agregador de críticas Rotten Tomatoes relatou um índice de aprovação de 84% com uma nota média de 7.74/10 com base em 70 análises. O consenso crítico do site diz: "Séria, divertida e mais equilibrada do que o seu material de origem, Runaways encontra forte posição em um gênero super-saturado."[60] Metacritic, que usa um média ponderada, atribuiu uma pontuação de 68 em 100 com base em comentários de 21 críticos, indicando "geralmente avaliações favoráveis".[61]

Comentando os dois primeiros episódios da série, Joseph Schmidt do ComicBook elogiou a série por sua fidelidade aos quadrinhos, mas também por algumas das mudanças que fez, apreciando o crescente foco nos pais. Ele achou o elenco dos Fugitivos "agradável", mas "muitos dos pais roubam a cena", destacando as performances de Marsters, Wersching e Pardue.[62]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref.
2018 Saturn Awards Best New Media Superhero Series Runaways Indicado [63]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d Andreeva, Nellie (17 de agosto de 2016). «Hulu Orders 'Marvel's Runaways' Series From Josh Schwartz & Stephanie Savage» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 17 de agosto de 2016. Arquivado do original em 17 de agosto de 2016 
  2. a b c d e f g h i j k Dinh, Christine (9 de fevereiro de 2017). «'Marvel's Runaways' Sets Remaining Cast For Television Project With Hulu» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 9 de fevereiro de 2017. Arquivado do original em 10 de fevereiro de 2017 
  3. a b c Paz, Maggie Dela (8 de outubro de 2018). «NYCC: Marvel's Runaways Adds Jan Louis Castellanos as Topher». ComingSoon.net (em inglês). Consultado em 12 de outubro de 2018. Cópia arquivada em 10 de outubro de 2018 
  4. a b c d e f g h Strom, Marc (2 de fevereiro de 2017). «'Marvel's Runaways' Finds Its Cast» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 2 de fevereiro de 2017. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2017 
  5. Poddig, Carolyn (9 de outubro de 2017). «Marvel's Runaways Changes One Major Aspect of Nico From The Comics» (em inglês). Screen Rant. Consultado em 10 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 10 de outubro de 2017 
  6. Erao, Matthew (1 de novembro de 2017). «Runaways Fans Won't Be 'Disappointed' In Karolina's Powers» (em inglês). Screen Rant. Consultado em 2 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 2 de novembro de 2017 
  7. a b Kevin (4 de junho de 2017). «Welcome to Marvel: A Conversation with Gregg Sulkin at Wizard World» (em inglês). Pop-Culturalist. Consultado em 31 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 31 de agosto de 2017 
  8. a b Knight, Rosie (1 de novembro de 2017). «Marvel's Runaways' James Marsters Opens Up About Always Playing the Villain» (em inglês). Nerdist. Consultado em 2 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 2 de novembro de 2017 
  9. Erao, Matthew (1 de novembro de 2017). «Runaways' Chase Creates His Own Superpowers» (em inglês). Screen Rant. Consultado em 2 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 2 de novembro de 2017 
  10. a b c Peeples, Quinton (19 de dezembro de 2017). «Refraction». Runaways. Hulu 
  11. Vazquez, Kalinda (21 de novembro de 2017). «Destiny». Runaways. Hulu 
  12. a b Pitts, Ciara (9 de outubro de 2017). «Should We Be Concerned About The Changes Made To Karolina Dean In Marvel's 'Runaways'?» (em inglês). Moviepilot. Consultado em 10 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 10 de outubro de 2017 
  13. Couto, Anthony (6 de julho de 2016). «"Doctor Strange" Prequel Comic Hints At Movie Secrets, Introduces Another Marvel Villain» (em inglês). Comic Book Resources. Consultado em 7 de julho de 2016. Arquivado do original em 7 de julho de 2016 
  14. Lovett, Jamie (17 de agosto de 2016). «Marvel And Hulu Announce Runaways TV Series» (em inglês). Comicbook.com. Consultado em 17 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 17 de agosto de 2013 
  15. «Former Colchester schoolgirl lands role in latest Marvel blockbuster». Clacton Gazette (em inglês). 24 de outubro de 2016. Consultado em 24 de outubro de 2016. Arquivado do original em 24 de outubro de 2016 
  16. a b c d Fowler, Matt (1 de agosto de 2017). «Marvel's Runaways Is The O.C. Of The MCU» (em inglês). IGN. Consultado em 4 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 1 de agosto de 2017 
  17. a b Dinh, Christine (15 de agosto de 2017). «Julian McMahon Joins Cast of Hulu Original Series, 'Marvel's Runaways'» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 15 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 15 de agosto de 2017 
  18. Fowler, Matt (5 de dezembro de 2017). «Marvel's Runaways: How New Villain Jonah Compares To Doctor Doom» (em inglês). IGN. Consultado em 12 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 6 de dezembro de 2017 
  19. Wilson, Samantha (5 de dezembro de 2017). «'Marvel's Runaways': Alex's Father's Past Comes Back To Haunt Him & It Has Dire Consequences» (em inglês). Hollywood Life. Consultado em 12 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2017 
  20. Codymayo (9 de janeiro de 2018). «Yes sir! Characters name: Vaughn Kaye» (Tweet) – via Twitter 
  21. Erao, Matthew (8 de outubro de 2017). «How Marvel's Runaways Brings Old Lace to Life» (em inglês). Screen Rant. Consultado em 11 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 10 de outubro de 2017 
  22. Abrams, Natalie (11 de dezembro de 2017). «Marvel's Runaways first look: Stan Lee to make cameo». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 11 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2017 
  23. Kit, Borys (22 de maio de 2008). «Project 'Runaways' in works at Marvel». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 21 de fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 21 de fevereiro de 2014 
  24. Fleming, Jr., Mike (5 de abril de 2010). «Marvel Taps Peter Sollett For 'Runaways'» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 21 de fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 15 de abril de 2014 
  25. Fleming, Jr., Mike (27 de maio de 2010). «Marvel Taps 'No Heroics' Creator For 'Runaways' Duty» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 15 de abril de 2014. Cópia arquivada em 15 de abril de 2015 
  26. Fleming, Jr., Mike (22 de outubro de 2014). «Marvel Studios Slows Down 'Runaways'» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 14 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 15 de janeiro de 2017 
  27. Wigler, Josh (20 de novembro de 2017). «Brian K. Vaughan on TV's Comic Book Evolution and Why 'Y: The Last Man' Is More Relevant Than Ever» (em inglês). The Hollywood Reporter. Consultado em 27 de março de 2018 
  28. McMillan, Graeme (24 de setembro de 2013). «Marvel's 'Runaways' Shelved in Post-'Avengers' Marvel Movieverse». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 21 de fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 15 de abril de 2014 
  29. Sciretta, Peter (28 de outubro de 2014). «Watch: All Of Your Marvel Phase 3 Questions Answered By Marvel Head Kevin Feige» (em inglês). /Film. Consultado em 30 de outubro de 2014. Arquivado do original em 30 de outubro de 2014 
  30. a b c D'Allessandro, Anthony (27 de julho de 2017). «How Marvel's Hulu Series 'Runaways' Is A Response To Trump America – TCA» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 28 de julho de 2017. Cópia arquivada em 28 de julho de 2017 
  31. a b Alexander, Julia (8 de outubro de 2017). «Marvel TV boss explains why next big show, Runaways, is a Hulu exclusive, not Netflix». Polygon (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 10 de outubro de 2017 
  32. a b Wagmeister, Elizabeth (17 de agosto de 2017). «'Marvel's Runaways' Coming to Hulu from 'Gossip Girl' Creators». Variety (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 17 de novembro de 2016 
  33. Goldberg, Lesley (3 de maio de 2017). «Marvel's 'Runaways,' From 'The O.C.' Creators, Ordered to Series at Hulu». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 3 de maio de 2017. Cópia arquivada em 3 de maio de 2017 
  34. Renaud, Jeffrey (31 de maio de 2017). «Interview: BKV Brings Saga Out West for 'Fun-Filled' Arc, The Coffin» (em inglês). Comic Book Resources. Consultado em 31 de maio de 2017. Cópia arquivada em 1 de junho de 2007 
  35. Goldberg, Leslie (8 de janeiro de 2008). «'Runaways,' 'Future Man' Score Second Season Renewals at Hulu». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 8 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2018 
  36. a b c Radish, Christina (1 de novembro de 2017). «'Marvel's Runaways' EPs on Bringing "'The O.C.' of the Marvel Universe" to Life on Hulu». Collider (em inglês). Consultado em 2 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 2 de novembro de 2017 
  37. a b Goldberg, Lesley (27 de julho de 2017). «Hulu's 'Runaways' "Lives in the Same World" as Other Marvel Fare». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 28 de julho de 2017. Arquivado do original em 28 de julho de 2017 
  38. a b Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome DeadlineTCA2018
  39. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome NicoKarolinaS2Relationship
  40. a b «Marvel TV Watch: 'Cloak & Dagger,' 'Runaways' Bosses Reveal Season 2 Plans». The Hollywood Reporter (em inglês). 5 de agosto de 2018. Consultado em 13 de agosto de 2018. Arquivado do original em 14 de agosto de 2018 
  41. N'Duka, Amanda (1 de agosto de 2018). «'Marvel's Runaways' EPs Talk Season 2 & More Characters From The Comics – TCA». Deadline Hollywood (em inglês). Consultado em 12 de outubro de 2018. Cópia arquivada em 4 de agosto de 2018 
  42. @JamesMastersOf (10 de fevereiro de 2017). «Here's the sitch. I'm filming Marvel's 'Runaways'! Set photos are strictly forbidden, but I snuck this pic of the carpet in my trailer...» (Tweet) (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 11 de fevereiro de 2017 – via Twitter 
  43. Kincaid, Rhiannon (7 de janeiro de 2016). «Working Titles For Black Panther, Runaways, and Cloak & Dagger Revealed» (em inglês). MCUExchange. Consultado em 7 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 7 de janeiro de 2017 
  44. Mueller, Matthew (7 de janeiro de 2017). «Marvel's Runaways Working Title Revealed» (em inglês). Comicbook.com. Consultado em 7 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2017 
  45. @JamesMastersOf (3 de março de 2017). «We're finishing filming on Marvel's Runaways. Great cast, great crew...tight social media security! No beans will be spilled on this deal!» (Tweet) (em inglês). Consultado em 3 de março de 2017. Cópia arquivada em 3 de março de 2017 – via Twitter 
  46. Hood, Cooper (21 de outubro de 2017). «Marvel's Runaways Has Wrapped Filming» (em inglês). Screen Rant. Consultado em 21 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 21 de outubro de 2017 
  47. Leane, Rob (20 de abril de 2018). «Marvel's Runaways: Gregg Sulkin interview». Den of Geek (em inglês). Consultado em 13 de maio de 2018. Cópia arquivada em 12 de maio de 2018 
  48. a b Hood, Cooper (27 de fevereiro de 2018). «Marvel's Runaways Season 2 May Start Filming in April». Screen Rant (em inglês). Consultado em 13 de maio de 2018. Cópia arquivada em 12 de maio de 2018 
  49. Villanueva, Charles (24 de setembro de 2018). «'Runaways' Season 2 Wraps Filming». MCU Exchange (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2018. Cópia arquivada em 25 de setembro de 2018 
  50. «Siddhartha Khosla to Score Marvel's 'Runaways'» (em inglês). Film Music Reporter. 12 de maio de 2017. Consultado em 13 de maio de 2017. Cópia arquivada em 13 de maio de 2017 
  51. McBride, Genevieve (24 de julho de 2017). «The Stars Come Out For The Behind The Music Panel At San Diego Comic-Con» (em inglês). Skiewed 'n Reviewed. Consultado em 26 de julho de 2017. Cópia arquivada em 26 de julho de 2017 
  52. Velocci, Carli (27 de julho de 2017). «Does 'Runaways' Connect With the Marvel Cinematic Universe? Sort Of» (em inglês). The Wrap. Consultado em 27 de julho de 2017. Arquivado do original em 28 de julho de 2017 
  53. Sepinwall, Alan (21 de novembro de 2017). «The Creators Of 'Runaways' On The Series' Path From Comics To TV — And Avoiding Magic» (em inglês). Uproxx. Consultado em 14 de abril de 2018. Arquivado do original em 15 de abril de 2018 
  54. Evans, Greg (20 de julho de 2017). «Hulu Sets Fall Premieres: Slate Includes 'Mindy Project', 'Marvel's Runaways'» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 20 de julho de 2017. Arquivado do original em 20 de julho de 2017 
  55. Dinh, Christine (8 de janeiro de 2018). «'Marvel's Runaways' Renewed For Season 2» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 9 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 9 de janeiro de 2018 
  56. Ramos, Dino-Ray (28 de julho de 2018). «'Marvel's Runaways' Set To Make Broadcast Debut On Freeform». Deadline Hollywood (em inglês). Consultado em 29 de julho de 2018. Arquivado do original em 29 de julho de 2018 
  57. Ching, Albert (5 de setembro de 2017). «Marvel TV Brings Agents of SHIELD, Punisher and Runaways to NYCC» (em inglês). Comic Book Resources. Consultado em 5 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 6 de setembro de 2017 
  58. Prudom, Laura (7 de outubro de 2017). «'Marvel's Runaways' is the teen superhero drama we've been waiting for» (em inglês). Mashable. Consultado em 10 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 10 de outubro de 2017 
  59. «Marvel's Runaways cast attend LA premiere of new Hulu show». Firstpost (em inglês). 18 de novembro de 2017. Consultado em 18 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2017 
  60. «Marvel's Runaways: Season 1 (2017)». Rotten Tomatoes. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  61. «Marvel's Runaways: Season 1». Metacritic. Consultado em 12 de dezembro de 2017 
  62. Schmidt, Joseph (29 de agosto de 2017). «First Look: First Two Episodes Of 'Marvel's Runaways'» (em inglês). ComicBook.com. Consultado em 31 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 31 de agosto de 2017 
  63. McNary, Dave (15 de março de 2018). «'Black Panther,' 'Walking Dead' Rule Saturn Awards Nominations». Variety (em inglês). Consultado em 15 de março de 2018. Cópia arquivada em 15 de março de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]