Ruperto I, Eleitor Palatino do Reno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ruperto I (1309-1390)
Eleitor Palatino do Reno
Ruperto I do Palatinato com suas duas esposas:
Elisabeth de Namur e Beatrix de Berg.
Nascimento 9 de junho de 1309
Wolfratshausen, Baviera, Alemanha
Morte 16 de fevereiro de 1390
Neustadt an der Weinstraße, Alemanha


Ruperto I do Palatinato, cognominado O Vermelho (sinonímia: em alemão:Ruprecht I., der Rote, von der Pfalz; Ruprecht I von Wittelsbach; em inglês: Rupert I, The Red, Elector Palatine; em francês: Robert Ier, "le Rouge", Électeur Palatin; em italiano, Roberto I del Palatinato, il Rosso; em polonês: Ruprecht I, Czerwony, elektor Palatynatu Reńskiego), foi Conde Palatino do Reno de 1353 a 1390, e fundador da Universidade de Heidelberg. Nasceu em Wolfratshausen, 9 de junho de 130916 de Fevereiro de 1390 na cidade de Neustadt an der Weinstraße, Alemanha.

Era filho de Rodolfo I, Duque da Bavária[1] e Matilde de Nassau[2], filha de Adolfo, rei de Nassau-Weilburg. Com a morte do seu irmão Rodolfo II[3] em 1353, ele herdou os seus domínios e se tornou o único Eleitor de todo o território, embora anteriormente houvesse compartilhado esse privilégio entre os dois ramos da família.

A Bula de Ouro de 1356 garantiu ao Palatinato o direito de participar na eleição do Sacro Império Romano. Os condes palatinos anteriores haviam participado em outras eleições imperiais.

Em 23 de Outubro de 1385 o Papa Urbano VI emitiu a Bula autorizando a fundação da Universidade de Heidelberg, o que Ruperto fez acontecer em 1386 cirando a terceira universidade do Sacro Império Romano, que recebeu o seu nome. Ruperto I fundou a Universidade quando Heidelberg era a capital do Palatinato. Consequentemente ela serviu como centro de afluxo para teólogos e peritos em direito de todo o Sacro Império Romano.

Ruperto foi casado duas vezes: primeiro com Elisabeth, Condessa de Namur[4] e depois com Beatrix von Berg[5]. Nenhum dos casamentos produziu um herdeiro.

Ruperto I (1309-1390), Eleitor do Palatinato, fundou a Universidade de Heidelberg em 1386.

Foi sucedido por seu sobrinho, Ruperto II, Eleitor Palatino[6].

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Rodolfo I, Duque da Bavária (* 4 de Outubro de 1274 - † 12 de Agosto de 1319), foi Conde Palatino do Reno entre 1294 e 1317; era filho de Luís II, Duque da Alta Bavária (1229-1294)
  2. Mechtild van Nassau (1280-1323) (* c1280 - † 19 de Junho de 1323), era a filha mais jovem de Adolfo da Alemanha (1255-1298).
  3. Rodolfo II, O Cego (1306-1353) (* 8 de Agosto de 1306 em Wolfratshausen – † 4 de Outubro de 1353 em Neustadt), foi Conde Palatino do Reno entre 1329 e 1353.
  4. Elisabeth von Nemur (1330-1382) (* c1330 - † Heidelberg, 29 de Março de 1382), primeira esposa de Ruperto I (1309-1390).
  5. Beatrix von Berg (1360-1395) (* Burg an der Wupper, c1360 - † Neustadt an der Weinstraße, 16 de Maio de 1395), era filha de Guilherme II, Duque de Berg (1348-1408).
  6. Ruperto II, Eleitor Palatino (1325-1398) (* 12 de Maio de 1325 - † Amberg, 6 de Janeiro de 1398), foi Eleitor Palatino do Reno de 1390 a 1398.