Ruta Nacional 40 (Argentina)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ruta Nacional 40
 Argentina
Tipo Rodovia Longitudinal
Início Cabo Vírgenes (52° 20′ S 68° 21′ W)
Interseções RN 3 em Río Gallegos, RN 293 próximo de Rospentek Aike,
RN 288 em Tres Lagos,
RN 260 próximo do limite Santa Cruz - Chubut,
RN 26 próximo de Facundo,
RN 25 em Tecka, RN 259 na paraje Nahuel Pan,
RN 23 em Dina Huapi, RN 231 próximo de Dina Huapi,
RN 237 próximo do Rio Collón Curá,
RN 234 na paraje La Rinconada,
RN 22 em Zapala, RN 242 em Las Lajas,
RN 145 em Bardas Blancas, RN 144 em El Sosneado,
RN 143 em Pareditas, RN 7 em Villa Nueva,
RN 153 em Media Agua, RN 150 em San Roque,
RN 76 próximo de Villa Unión, RN 74 em Nonogasta,
RN 60 em Alpasinche, RN 68 em Cafayate,
RN 51 próximo de San Antonio de los Cobres,
RN 52 em Susques e RN 9 em La Quiaca
Fim La Quiaca (22° 6′ S 65° 35′ W)
Províncias Santa Cruz, Chubut, Río Negro, Neuquén, Mendoza, San Juan, La Rioja, Catamarca, Tucumán, Salta e Jujuy

A Ruta Nacional 40 é uma rodovia argentina, que percorre o país de sul a norte desde a província de Santa Cruz até a divisa com a Bolívia, tornando-se desta forma a mais extensa rodovia da Argentina. A rodovia corre paralela à Cordilheira dos Andes, incluindo trechos próximos ou em Parques Nacionais. Percorre várias das regiões turísticas e dos atrativos mais importantes do território argentino. A rodovia percorre 5224 km: começando ao nível do mar, atravessa 20 parques nacionais, 18 importantes rios, conecta 27 passos de montanha na cordilheira e sobe aos 4895 metros de altitude no passo de montanha denominado Abra del Acay, na província de Salta.

Abra del Acay (5061 m) em Salta.

Como a legendária U.S. Route 66 dos Estados Unidos, a ruta 40 é um emblema da Argentina. Esta rodovia cruza 11 províncias: Santa Cruz, Chubut, Rio Negro, Neuquén, Mendoza, San Juan, La Rioja, Catamarca, Tucumán, Salta e Jujuy.

Através desta rodovia pode-se chegar a El Calafate, próximo do Glaciar Perito Moreno, Lago Puelo, El Bolsón, Bariloche, Chos Malal, a Rodovia do Vinho nas províncias de Mendoza e San Juan, sítios de fósseis de dinossauros na Província de San Juan, águas termais em Catamarca, as Ruinas de Quilmes, os Vales Calchaquíes e a Puna.

Nesta rodovia foram realizadas algumas obras de pavimentação desde que no ano de 2004 este percurso foi impulsado pela Secretaria de Turismo como produto turístico nacional, o que permitiu assegurar mais fundos para a construção desta rodovia. Em 2006 a ruta 40 estava pavimentada em aproximadamente 48%. Neuquén e Río Negro são as únicas províncias onde a rodovia está totalmente pavimentada, ao passo que em Salta e Jujuy há poucos trechos com pavimento.

Desde que a rodovia começou a ser construída em 1935 sofreu várias modificações no seu percurso. Em 24 de novembro de 2004 a Dirección Nacional de Vialidad publicou a Resolução 1.748/04, que alterou os marcos quilométricos para que o km zero ficasse no extremo sul do percurso, em Cabo Vírgenes.[1] Como não existe o trecho construído entre Cabo Vírgenes e Punta Loyola, final do antigo traçado, a rodovia começa no km 100.[2] Até esta data a rodovia estava dividida em Ruta 40 Sul e Ruta 40 Norte, estando originalmente o quilômetro zero na interseção da Avenida San Martín e a Rua Garibaldi na cidade de Mendoza. Também foi alterado o trecho da travessia da zona urbana de Mendoza passando para a interseção do Acesso Leste (Ruta Nacional 7) e a Av. Gob. Ricardo Videla (ou Avenida Costanera).[3]

Em 20 de maio de 2005 a Dirección Nacional de Vialidad firmou um convênio com a província de Jujuy, pelo qual se transferem trechos das rodovias provinciais 85, 70, 74, 7, 64, 65 e 5 à Nação para construir o chamado "corredor minero", que é o novo traçado da Ruta Nacional 40 mais a oeste da província. Este convênio foi ratificado pela Lei Provincial 5520.[4] Desta maneira se alterou a denominação do caminho entre San Antonio de los Cobres e Abra Pampa para Ruta Nacional 1V40.

Referências[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Mágica Ruta 40 por Federico Kirbus, 128 pág., Editorial del Eclipse, Buenos Aires.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Ruta 40 Sítio da Secretaria de Turismo no qual é possível baixar um programa que contém o estado de seus trechos, os serviços em seu percurso, as localidades que atravessa e os atrativos que podem ser visitados.
  • ruta40.gov.ar Sítio da Secretaria de Turismo com informações sobre esta rodovia.
  • Ruta Nacional 40: Informações para percorrer a Ruta Nacional 40: estado dos trechos, previsão do tempo, quadro de distâncias, mapas, turismo, meios de transporte, segurança, informações úteis, estações de serviço (postos de combustível), atividades, fotos, entre outros conteúdos.
  • Ruta40.net: Sítio Independente com informações detalhadas e imagens de cada trecho desta magnífica rodovia.
  • Diário La Nación Informações turísticas sobre a Ruta 40.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ruta Nacional 40 (Argentina)