Sátiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre criaturas da mitologia grega. Para outros significados, veja Sátiro (desambiguação).
Imagem de um cílice descrevendo um sátiro com uma cauda e pênis ereto, Eufrônio, 510500 a.C., Atenas

Sátiro (em grego, ΣάτυροςSátyros), na mitologia grega, era um ser da natureza com o corpo metade humano e metade bode. Equivale ao fauno da mitologia romana.

História[editar | editar código-fonte]

Na mitologia dos povos gregos, os sátiros (em grego, Σάτυροι, Sátyroi.) são divindades menores da natureza com o aspecto de homens com cauda e orelhas de asno ou cabrito, pequenos chifres na testa, narizes achatados, lábios grossos, barbas longas.

Normalmente eram-lhes consagrados o pinho e a oliveira e apesar de serem divinos, não eram imortais.

Viviam nos campos e bosques e tinham freqüentes relações sexuais com as ninfas (principalmente as Mênades, que a eles se juntavam no cortejo de Dioniso).


O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Sátiro