São Bento Abade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
São Bento Abade
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de São Bento Abade
Bandeira
Brasão de armas de São Bento Abade
Brasão de armas
Hino
Gentílico são-bentense
Localização
Localização de São Bento Abade em Minas Gerais
Localização de São Bento Abade em Minas Gerais
São Bento Abade está localizado em: Brasil
São Bento Abade
Localização de São Bento Abade no Brasil
Mapa de São Bento Abade
Coordenadas 21° 34' 55" S 45° 04' 33" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Três Corações, Carmo da Cachoeira, Luminárias e São Tomé das Letras
Distância até a capital 325 km
História
Fundação 30 de dezembro de 1962 (57 anos)
Aniversário 1º de março
Administração
Prefeito(a) Jane Rezende Silva Elizei (PT, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 80,404 km²
População total (Censo IBGE/2010[2]) 4 577 hab.
Densidade 56,9 hab./km²
Clima Mesotérmico
Altitude 971 m m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000[3]) 0,672 médio
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 37 127,508 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 8 022,37

São Bento Abade é um município brasileiro do estado de Minas Gerais.

História[editar | editar código-fonte]

Primeiros habitantes[editar | editar código-fonte]

Padre Jose Bento Ferreira de Toledo teria sido o primeiro colonizador de origem europeia a habitar nestas paragens, em 1752. Foi ele o primeiro povoador e iniciador do povoado. Em 1794, dez anos após a morte de Padre Bento, foi construída a primeira casa do futuro povoado pelo Sr. Manoel Francisco Ferreira. Em seguida se instala neste lugar o Capitão Manoel Joaquim Alvarez.

Origem do topônimo[editar | editar código-fonte]

Acredita-se que a origem toponimica se deve à devoção de seu povoador ao eremita "São Bento", chegando a construir na sua Fazenda Campo Belo uma ermida dedicada ao santo. Mais tarde aquele lugar seria conhecido como Povoado de São Bento, conservando este nome até quando passou a distrito. Foi emancipado com a denominação de São Bento Abade a fim de distingui-lo daqueles municípios cujos nomes lhes eram semelhantes.

Emancipação[editar | editar código-fonte]

A História de São Bento Abade se inicia com a sesmaria de Padre Jose Bento Ferreira de Toledo no "Deserto Dourado", em 1752, instalando a sede da Fazenda São Bento do Campo Belo, onde hoje localiza-se o perímetro urbano. Em 17 de dezembro de 1938, com o Decreto Lei nº 148, foi elevado a "distrito", com a denominação de "São bento", pertencente a Carmo da Cachoeira. Em 31 de dezembro de 1945 teve seu nome mudado para "Eremita". A Lei nº 2.764, de 30 de dezembro de 1962, criou o Município com a nova denominação de "São BENTO ABADE", sendo o seu território desmembrado do município de Carmo da Cachoeira.

Vide histórico completo na :Página da prefeitura

Geografia[editar | editar código-fonte]

Georreferenciamento[editar | editar código-fonte]

Município: * [1]Malha Rodoviária: * [2] Obs: Diminuir a imagem (menos zoom) para visualizar.

Municípios limítrofes[editar | editar código-fonte]

Municípios vizinhos: Carmo da Cachoeira, Três Corações, São Tomé das Letras, Luminárias Rede Urbana Local: * [3]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

São Bento Abade está situada sobre o divisor de águas das Bacias Hidrográficas do Rio Verde e do Rio Grande.

O Rio do Cervo, que faz a divisa leste com o município de Luminárias é afluente da márgem esquerda do Rio Grande e sai pela divisa Norte do Município nas coordenadas 21° 30' 02" S e 45° 03' 52" W.

Na altura das coordenadas 21° 33' 16" S e 45° 06' 37" na divisa de oeste com o município de Três Corações, o modelado do terreno sugere que os cursos de água temporários e o escoamento superficial estão direcionados para a Microbacia Hidrográfica do Rio do Peixe, tributária da márgem direita do Rio Verde.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Rodovia Francisco Antônio Ferreira - Três Corações → São Bento Abade

Administração[editar | editar código-fonte]

  • Prefeita: Jane Rezende Silva Elizei (2017/2020)
  • Vice-prefeito: Adélio Brasileiro
  • Prefeito Interino: Paulo Jeferson Ferreira de Rezende (01/01/2017 a 31/03/2017)
  • Presidente da Câmara: Paulo Jeferson Ferreira de Rezende (Biênio: 2017/2018)
  • Vereadores: Regiana Aparecida de Morais Rezende - Vice-Presidente; Amarildo Nogueira da Silva - Secretário; Elder Junqueira de Rezende; Hélio Paulino; José Mauro de Souza; José Rodolfo Calil Furtado; Leandro Gustavo Souza Oliveira; e, Paulo Donizeti Pinto.

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02. Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.