São Domingos (Santa Catarina)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
São Domingos
  Município do Brasil  
São Domigos.jpg
Símbolos
Bandeira de São Domingos
Bandeira
Brasão de armas de São Domingos
Brasão de armas
Hino
Gentílico são dominguense ou domingense[1]
Localização
Localização de São Domingos em Santa Catarina
Localização de São Domingos em Santa Catarina
São Domingos está localizado em: Brasil
São Domingos
Localização de São Domingos no Brasil
Mapa de São Domingos
Coordenadas 26° 33' 28" S 52° 31' 55" O
País Brasil
Unidade federativa Santa Catarina
Municípios limítrofes Galvão, Coronel Martins, Santiago do Sul, Quilombo, Entre Rios, Ipuaçu, Abelardo Luz, Mariópolis, Clevelândia
Distância até a capital 558 km
História
Fundação 7 de abril de 1963 (59 anos)
Administração
Prefeito(a) Márcio Grosbelli (PP, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 383,653 km²
População total (Censo IBGE/2010[3]) 9 496 hab.
Densidade 24,8 hab./km²
Clima Subtropical úmido
Altitude 635 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 89.835-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,765 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 172 429,166 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 17 938,95
Sítio www.saodomingos.sc.gov.br (Prefeitura)
www.camarasd.sc.gov.br (Câmara)

São Domingos é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se na Região Geográfica Imediata de Xanxerê e na Região Geográfica Intermediária de Chapecó, estando a uma altitude de 635 metros. Sua população em 2010 era de 9491 habitantes. Possui uma área de 384,98 km².

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

Vista aérea da cidade de São Domingos no inicio da década de 1970.

Até meados do século XIX, índios Guaranis e Kaingangs habitavam a maior parte da região oeste, inclusive São Domingos. O primeiro povoado na região do município que viria a ser São Domingos foi fundado em 1906, quando Diogo Ribeiro e Balduíno Scheffer, vindos do Rio Grande do Sul, instalaram-se como primeiros moradores. Pouco tempo depois outras famílias seguiram o exemplo. Em 1937 era criado o distrito de Diogo Ribeiro, no município de Chapecó.

Em meados do século XX era muito mais fácil ir à Clevelândia que à cidade de Chapecó, sede do município, a qual o distrito de Diogo Ribeiro (atual São Domingos) fazia parte. A partir de 1942, o distrito passou a chamar-se São Domingos, já que a sede do distrito era localizada na fazenda São Domingos, de propriedade de Domingos Baldissera e Germano Griss.[6]

Emancipação[editar | editar código-fonte]

Vista Aérea da cidade de São Domingos em 1979

O território hoje de São Domingos já fez parte dos municípios:

Campos de Palmas (1893 a 1917);

Chapecó (1917 a 1953);

Xaxim (1953 a 1962).

Em 14 de dezembro de 1962, o então distrito de São Domingos foi, pela lei estadual nº 804, elevado à categoria de município. Assim em 7 de abril de 1963, o território do novo município foi desmembrado de Xaxim. E foi separado em dois distritos: São Domingos (sede) e Coronel Martins.

Coronel Martins fora desmembrado de São Domingos em 30 de março de 1992, tornando-se um município.

Hoje São Domingos conta com três distritos: São Domingos (sede); Maratá e Vila Milani.

A cidade de São Domingos, sede do município é composta de oito bairros: Centro, São José, Nossa Senhora Aparecida, Abrahamo Miguel Pretto, Ari Bortoli, Agostinho Domingos Griss, São Cristóvão e Esperança.

Crescimento Populacional
Censo Pop
1940 2652
1960 8163 67,5%
1970 10743 24,1%
1980 14035 23,4%
1991 14093 0,4%
2006 8635 -61,2%
2010 9491 9,0%
Est. 2020[7] 9434 -0,6%
Extração de madeira em São Domingos

Economia[editar | editar código-fonte]

Durante as décadas de 1950, 1960, 1970 e 1980 a principal atividade econômica do município foi a extração de madeira. Todos esses anos de extração deixaram uma grande área descampada, perfeita para a agricultura, e assim hoje São Domingos tem uma economia baseada principalmente no setor primário.[8]


Administração[editar | editar código-fonte]

Lista de Prefeitos[9]
Nome Mandato Observações
1 Germano Griss Abr/1963-Nov/1963 Nomeado
2 Arlindo Barbieri Dez/1963-Jan/1969 Eleito
3 Saturnino Dadam Fev/1969-Jan/1973 Eleito
4 Germano Griss Fev/1973-Jan/1977 Eleito
5 Leoclides Bigolin Fev/1977-Jan/1983 Eleito
6 Abílio Vlademir Debortoli Fev/1983-Dez/1988 Eleito
7 Leoclides Bigolin Jan/1989-Dez/1992 Eleito
8 Deonilo Agostinho Pretto Jan/1993-Dez/1996 Eleito
9 Pedro Altair Neves Jan/1997-Dez/2000 Eleito
10 Deonilo Agostinho Pretto Jan/2001-Dez/2004 Eleito
11 Danuncio Bittencourt e Silva Jan/2005-Dez/2008 Eleito
12 Alcimar de Oliveira Jan/2009-Dez/2012 Eleito
13 Alcimar de Oliveira Jan/2013-Dez/2016 Eleito
14 Elieze Comachio Jan/2016-Dez/2020 Eleito
15 Marcio Bigolin Grosbelli Jan/2021-Dez/2024 Eleito[10]

Turismo[editar | editar código-fonte]

PCH Ludesa

O município tem um grande potencial para o turismo, que ainda é pouco explorado. Ao sul existem três lagos de hidrelétricas formadas pelo rio Chapecó, ao norte do município tem-se o Parque Estadual das Araucárias, um belo exemplo da flora e fauna da Região Oeste, além da Serra da Fartura, na divisa com o Paraná, com belos panoramas.[11]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

O município de São Domingos é cortado pela SC-480, a principal rodovia da região. A SC-480 conecta o município à Xanxerê e São Lourenço do Oeste. Outra rodovia de importância é a SC-482, que conecta o distrito do Maratá a Santiago do Sul e à Coronel Martins. Para ir ao Paraná, a SC-156 é a principal opção, a única questão é que ela ainda não está pavimentada. Em São Domingos também existem três hidrelétricas, a UHE Quebra Queixo, a PCH Ludesa e a PCH Santa Luzia, todas instaladas no rio Chapecó.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Histórico de São Domingos no site do IBGE
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 15 de fevereiro de 2014 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sc/sao-domingos/historico  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  7. «Estimativas da População | IBGE». www.ibge.gov.br. Consultado em 29 de novembro de 2020 
  8. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sc/sao-domingos/panorama  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  9. «Galeria de Prefeitos - Galeria de Prefeitos - Município de São Domingos». www.saodomingos.sc.gov.br. Consultado em 29 de novembro de 2020 
  10. «Resultados – TSE». resultados.tse.jus.br. Consultado em 29 de novembro de 2020 
  11. «Portal Municipal de Turismo de São Domingos». turismo.saodomingos.sc.gov.br. Consultado em 21 de maio de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre São Domingos (Santa Catarina)


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.