São Domingos (Santa Catarina)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
São Domingos
  Município do Brasil  
São Domigos.jpg
Símbolos
Brasão de armas de São Domingos
Brasão de armas
Hino
Apelido(s) "Capital Catarinense das Araucárias"
Gentílico são dominguense ou domingense[1]
Localização
Localização de São Domingos em Santa Catarina
Localização de São Domingos em Santa Catarina
Mapa de São Domingos
Coordenadas 26° 33' 28" S 52° 31' 55" O
País Brasil
Unidade federativa Santa Catarina
Municípios limítrofes Galvão, Coronel Martins, Santiago do Sul, Quilombo, Entre Rios, Ipuaçu, Abelardo Luz, Mariópolis, Clevelândia
Distância até a capital 558 km
História
Fundação 7 de abril de 1963 (58 anos)
Aniversário 7 de abril
Administração
Prefeito(a) Márcio Grosbelli (PP, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 383,653 km²
População total (Censo IBGE/2010[3]) 9 496 hab.
Densidade 24,8 hab./km²
Clima Subtropical úmido
Altitude 635 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 89.835-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,765 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 172 429,166 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 17 938,95
Outras informações
Padroeiro(a) São Domingos de Gusmão
Sítio https://www.saodomingos.sc.gov.br/ (Prefeitura)
http://www.camarasd.sc.gov.br/ (Câmara)

São Domingos é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se na Região Geográfica Imediata de Xanxerê e na Região Geográfica Intermediária de Chapecó, estando a uma altitude de 635 metros. Sua população em 2010 era de 9491 habitantes. Possui uma área de 384,98 km².

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

Até meados do século XIX, índios Guaranis e Kaingangs habitavam a maior parte da região oeste, inclusive São Domingos. O primeiro povoado na região do município que viria a ser São Domingos foi fundado em 1906, quando Diogo Ribeiro e Balduíno Scheffer, vindos do Rio Grande do Sul, instalaram-se como primeiros moradores. Pouco tempo depois outras famílias seguiram o exemplo. Em 1937 era criado o distrito de Diogo Ribeiro, no município de Chapecó.

Em meados do século XX era muito mais fácil ir à Clevelândia que à cidade de Chapecó, sede do município, a qual o distrito de Diogo Ribeiro (atual São Domingos) fazia parte. A partir de 1942, o distrito passou a chamar-se São Domingos, já que a sede do distrito era localizada na fazenda São Domingos, de propriedade de Domingos Baldissera e Germano Griss.[6]

Emancipação[editar | editar código-fonte]

O território hoje de São Domingos já fez parte dos municípios:

Campos de Palmas (1893 a 1917);

Chapecó (1917 a 1953);

Xaxim (1953 a 1962).

Em 14 de dezembro de 1962, o então distrito de São Domingos foi, pela lei estadual nº 804, elevado à categoria de município. Assim em 7 de abril de 1963, o território do novo município foi desmembrado de Xaxim. E foi separado em dois distritos: São Domingos (sede) e Coronel Martins.

Coronel Martins fora desmembrado de São Domingos em 30 de março de 1992, tornando-se um município.

Hoje São Domingos conta com três distritos: São Domingos (sede); Maratá e Vila Milani.

A cidade de São Domingos, sede do município é composta de oito bairros: Centro, São José, Nossa Senhora Aparecida, Abrahamo Miguel Pretto, Ari Bortoli, Agostinho Domingos Griss, São Cristóvão e Esperança.

Crescimento Populacional
Censo Pop
1940 2652
1960 8163 67,5%
1970 10743 24,1%
1980 14035 23,4%
1991 14093 0,4%
2006 8635 -61,2%
2010 9491 9,0%
Est. 2020[7] 9434 -0,6%

Economia[editar | editar código-fonte]

Extração de madeira em São Domingos
Vista aérea da cidade de São Domingos no inicio da década de 1970.

Durante as décadas de 1950, 1960, 1970 e 1980 a principal atividade econômica do município foi a extração de madeira. Todos esses anos de extração deixaram uma grande área descampada, perfeita para a agricultura, e assim hoje São Domingos tem uma economia baseada principalmente no setor primário.[8]

Vista Aérea da cidade de São Domingos - 1979

Administração[editar | editar código-fonte]

Lista de Prefeitos[9]
Nome Mandato Observações
1 Germano Griss Abr/1963-Nov/1963 Nomeado
2 Arlindo Barbieri Dez/1963-Jan/1969 Eleito
3 Saturnino Dadam Fev/1969-Jan/1973 Eleito
4 Germano Griss Fev/1973-Jan/1977 Eleito
5 Leoclides Bigolin Fev/1977-Jan/1983 Eleito
6 Abílio Vlademir Debortoli Fev/1983-Dez/1988 Eleito
7 Leoclides Bigolin Jan/1989-Dez/1992 Eleito
8 Deonilo Agostinho Pretto Jan/1993-Dez/1996 Eleito
9 Pedro Altair Neves Jan/1997-Dez/2000 Eleito
10 Deonilo Agostinho Pretto Jan/2001-Dez/2004 Eleito
11 Danuncio Bittencourt e Silva Jan/2005-Dez/2008 Eleito
12 Alcimar de Oliveira Jan/2009-Dez/2012 Eleito
13 Alcimar de Oliveira Jan/2013-Dez/2016 Eleito
14 Elieze Comachio Jan/2016-Dez/2020 Eleito
15 Marcio Bigolin Grosbelli Jan/2021-Dez/2024 Eleito[10]

Turismo[editar | editar código-fonte]

O município tem um grande potencial para o turismo, que ainda é pouco explorado. Ao sul existem três lagos de hidrelétricas formadas pelo rio Chapecó, ao norte do município tem-se o Parque Estadual das Araucárias, um belo exemplo da flora e fauna da Região Oeste, além da Serra da Fartura, na divisa com o Paraná, com belos panoramas.[11]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

O município de São Domingos é cortado pela SC-480, a principal rodovia da região. A SC-480 conecta o município à Xanxerê e São Lourenço do Oeste. Outra rodovia de importância é a SC-482, que conecta o distrito do Maratá a Santiago do Sul e à Coronel Martins. Para ir ao Paraná, a SC-156 é a principal opção, a única questão é que ela ainda não está pavimentada.

PCH Ludesa

Em São Domingos também existem três hidrelétricas, a UHE Quebra Queixo, a PCH Ludesa e a PCH Santa Luzia, todas instaladas no rio Chapecó.

Referências

  1. Histórico de São Domingos no site do IBGE
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 15 de fevereiro de 2014 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sc/sao-domingos/historico  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  7. «Estimativas da População | IBGE». www.ibge.gov.br. Consultado em 29 de novembro de 2020 
  8. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sc/sao-domingos/panorama  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  9. «Galeria de Prefeitos - Galeria de Prefeitos - Município de São Domingos». www.saodomingos.sc.gov.br. Consultado em 29 de novembro de 2020 
  10. «Resultados – TSE». resultados.tse.jus.br. Consultado em 29 de novembro de 2020 
  11. «Portal Municipal de Turismo de São Domingos». turismo.saodomingos.sc.gov.br. Consultado em 21 de maio de 2021 

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.