São João do Peso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
 Portugal São João do Peso  
—  Freguesia  —
São João do Peso está localizado em: Portugal Continental
São João do Peso
Localização de São João do Peso em Portugal
Coordenadas 39° 42' 59" N 8° 04' 16" O
País  Portugal
Região Centro (Região das Beiras)
Sub-região Pinhal Interior Sul
Antiga província Beira Baixa
Concelho VLR.png Vila de Rei
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Maria do Rosário Pombo Martins Cavalheiro (PS)
Área
 - Total 12,95 km²
População (2011)
 - Total 204
    • Densidade 15,8 hab./km²
Código postal 6110-055
Orago São João Baptista
tel-fax-274866789

São João do Peso é uma freguesia portuguesa do concelho de Vila de Rei, na província da Beira Baixa, região do Centro (Região das Beiras) e sub-região do Pinhal Interior Sul, com 12,95 km² de área e 204 habitantes (2011). A sua densidade populacional é de 15,8 hab/km².

O escritor José Cardoso Pires nasceu em São João do Peso.

Freguesia de São João do Peso

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de São João do Peso [1]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
413 459 498 525 587 588 603 592 546 415 343 294 220 174 204

Evolução da  População  (1864 / 2011) Grupos Etários  (2001 e 2011) Grupos Etários  (2001 e 2011)

História[editar | editar código-fonte]

A data da criação desta freguesia não está fidedignamente documentada; contudo, é de crer, não obstante, e como fazem supor os livros de Registo Paroquial da hoje Freguesia vizinha de Fundada que, juntamente com a referida, tivesse sido criada no ano de 1618, sendo constituída pelos lugares de Algar, Cimo Valongo, S.João do Peso, Portela dos Colos e Sesmarias. Esta freguesia tem como limite, a Nascente, a Freguesia de Cardigos, Concelho de Mação; a Ocidente a de Fundada, de Vila de Rei; a Norte a de Santo António do Marmeleiro, Concelho da Sertã, e a sul a Freguesia de Vila de Rei. Situada ao sul da margem esquerda da Ribeira da Isna, afluente do rio Zêzere, dista da sede de Concelho cerca de 12 km, e nela passa a ribeira de Bostelim. Tem por orago São João Batista, tal como indica o topónimo, celebrado todos anos a 24 de Junho.

A antiga freguesia de S.João Baptista da Aldeia do Peso foi curato da apresentação do Vigário de Vila de Rei no seu termo. Em 1839 aparece como pertencendo à comarca de Tomar e em 1872 aparece já enquadrada na comarca da Sertã. Por decreto de 7 de Setembro de 1895, o qual suprimiu o concelho de Vila de Rei, foi anexada ao concelho da Sertã, voltando novamente ao primeiro, restaurado por decreto, em 13 de Janeiro de 1898. Apresenta-a, na data de 1758, o padre Francisco Xavier da Silva como possuindo 196 habitantes, distribuídos por 50 fogos pelas povoações já supracitadas. A sua primeira capela terá sido construída em tempos muito remotos, e era também dedicada ao seu padroeiro, S.João Baptista. Situava-se entre as povoações de Várzeas e Algar, num pequeno monte da margem direita da ribeira do Bostelim. Por ser pequena, ou começar a revelar evidentes sinais de degradação, terá sido substituída por uma outra, localizada junto da povoação mais central, o Peso.

Património[editar | editar código-fonte]

O edifício da antiga Casa no Povo, a Igreja Matriz, a ponte romana sobre a Ribeira de Isna, o Cruzeiro, a casa senhorial, os moinhos de vento e as fontes de mergulho fazem parte do conjunto patrimonial edificado na freguesia, aqueles que mais ressaltam em importância histórica e arquitectónica.

Como locais de interesse turístico: o museu paroquial, a praia e açude do Cancelas na Ribeira da Isna, que passa na freguesia, e as paisagens.

  • Igreja de S. João Baptista (matriz)
  • Edifício da antiga Casa do Povo
  • Casa senhorial
  • Museu Paroquial
  • Ponte romana de Isna
  • Cruzeiro (junto ao cemitério)
  • Moinhos de vento
  • Fontes de mergulho
  • Praia fluvial e açude do Cancelas

“Aquilo [a terra onde nasceu] é uma terra de 'pês', só deu padres e pedras, pinheiros e polícias. E sobretudo transpira subserviência (…)É eu não gostar das raízes que tenho. Nunca gostei. Tudo o que me cheira à Beira Baixa, àquela Beira é pior que…(…) Para mim tudo o que vem dali é mau (…)”

José Cardoso Pires, natural de São João do Peso, entrevista com Fernando Assis Pacheco, Jornal de Letras, Artes e Ideias, 3 de Março de 1981, republicada ibidem 24 de Janeiro de 1999.

Economia[editar | editar código-fonte]

São João do Peso é actualmente uma freguesia que a nível económico depende ainda muito do sector primário, destacando-se neste grupo a agricultura, nomeadamente a olivicultura. Além destas ressaltam o pequeno comércio e a apicultura.

Festas Religiosas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.