Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

São Tomé e Príncipe nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
São Tomé e Príncipe nos Jogos Olímpicos
Comité Olímpico Nacional
Código do COI STP
Nome Comité Olímpico de São Tomé e Príncipe
Sítio oficial
Competidores 3 em 2 modalidades
Porta-bandeira Buly da Conceição Triste[1]
Participações nos Jogos Olímpicos
Verão 199620002004200820122016

São Tomé e Príncipe foi uma das nações participantes nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016, realizados no Rio de Janeiro, Brasil, entre 5 a 21 de Agosto. A participação do país marcou a sua sexta consecutiva nos Jogos Olímpicos de Verão. Três atletas de São Tomé e Príncipe foram seleccionados para os Jogos. Romário Leitão e Celma Bonfim da Graça foram os corredores de pista e estrada e Buly da Conceição Triste foi o canoísta de águas rasas. da Graça foi a única atleta feminina do plantel e ainda a única que também competira nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008 em Pequim, China. Triste foi o primeiro atleta masculino do país a transportar a bandeira de São Tomé e Príncipe na cerimónia de abertura.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

São Tomé e Príncipe participou de seis Jogos Olímpicos de Verão desde a sua estreia em 1996 na cidade de Atlanta, Estados Unidos, até 2016 no Rio de Janeiro. O maior número de são-tomenses participantes em qualquer um dos Jogos foi 3 nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008 em Pequim. No entanto, nenhum atleta conseguiu ganhar uma medalha para o país. Além disso, São Tomé e Príncipe nunca participou dos Jogos Olímpicos de Inverno.[2]

Ambos Romário Leitão e Celma Bonfim da Graça competiram nos Jogos via decisões ao abrigo da Universalidade, enquanto Buly da Conceição Triste foi qualificado através do evento African Sprint Qualifier de 2016 na cidade de Pretória, África do Sul.[3][4] Triste foi escolhido para transportar a bandeira de São Tomé e Príncipe durante a Parada das Nações da cerimónia de abertura dos Jogos enquanto um voluntário não-identificado segurou a bandeira na cerimónia de encerramento.[5][6]

Atletismo[editar | editar código-fonte]

São Tomé e Príncipe teve direito a duas vagas da Associação Internacional de Federações de Atletismo ao abrigo da Universalidade, enviado um atleta masculino e outro feminino aos Jogos Olímpicos.[7][4][8] Leitão fez a sua estreia nos Jogos Olímpicos de Verão ao competir nos 5000 metros masculino,[9] enquanto da Graça fez a sua segunda participação, com a sua primeira sendo em 2008,[10] na qual foi também uma das três atletas a concorrer para São Tomé e Príncipe,[11] tendo corrido os 5000 metros feminino e terminado no 16° e último lugar na sua manga, conseguindo alcançar um recorde nacional com o tempo de 17:25.99 minutos, separada por uma margem de 2:16.10 minutos da malawiana Lucia Chandamale.[12] Nestes Jogos Olímpicos, Bonfim correu os 1500 metros feminino e terminou em 14° lugar na sua manga com um tempo de 4:38.86 minutos, não conseguindo ser qualificada para as semifinais.[13] Leitão correu os 5000 metros masculino e terminou em 25° lugar na sua manga com um tempo de 15:53.32 minutos. Ele estava à frente apenas do baremense Zouhair Aouad, que não concluiu a corrida,[14][15] e não conseguiu se qualificar para as finais.[16]

Legenda
  • Nota — As classificações das provas de pista são apenas dentro da manga na qual o atleta competiu
  • Q = Qualificado/a para a ronda seguinte
  • q = Qualificado/a em ré-pescagens ou, nas provas de pista, através da posição sem alcançar a marca para a qualificação
  • RN = Recorde nacional
  • N/A = Ronda não existente nessa prova
  • Ise = Atleta isento/a de competir nessa ronda

Pista e estrada
Atleta Prova Manga Semifinal Final
Tempo Classificação Tempo Classificação Tempo Classificação
Romário Leitão 5000 metros — masculino 15:53.32 25 N/A Não avançou
Celma Bonfim da Graça 1500 metros — feminino 4:38.86 14 Não avançou

Canoagem[editar | editar código-fonte]

São Tomé e Príncipe qualificou uma embarcação para a canoagem C-1 nos 1000 metros dos Jogos Olímpicos no Campeonato Africano de 2016, marcando assim o retorno do país ao desporto após um hiato de 8 anos.[17] Triste fez a sua estreia nos 1000 metros masculino competindo em uma canoa coberta.[18] Ele terminou no 6° e último lugar na sua manga com um tempo de 4:54.516 minutos, qualificando-se automaticamente para as semifinais, contudo, não conseguiu garantir uma posição nas finais após terminar em 7° com um tempo de 4:46.396 minutos, 16 segundos mais lento que Angel Kodinov da Bulgária.[19]

Atleta Prova Manga Semifinal Final
Tempo Classificação Tempo Classificação Tempo Classificação
Buly da Conceição Triste C-1 1000 metros — masculino 4:54.516 6 4:46.396 7 Não avançou

Legenda da qualificação: FA = Qualificado para a final (disputa de medalhas); FB = Qualificado para a final B (sem medalhas)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas de rodapé

  1. «Rio 2016 Opening Ceremony - Flag Bearers» (PDF) (em inglês). Comité Olímpico Internacional. Consultado em 21 de Agosto de 2016 
  2. «Olympic History of Sao Tome and Principe» (em inglês). Sports-Reference.com. Consultado em 23 de Abril de 2017 
  3. «Final Medal table | African Sprint Champs 2016» (em inglês). African Sprint Champs 2016. 3 de Abril de 2016. Consultado em 23 de Abril de 2017. Arquivado do original em 31 de Agosto de 2016 
  4. a b «Primeiro-Ministro despede-se da delegação aos olímpicos do Brasil». STP Press. 29 de Julho de 2016. Consultado em 30 de Julho de 2016. Arquivado do original em 30 de Julho de 2016 
  5. «The Flagbearers for the Rio 2016 Opening Ceremony» (em inglês). Comité Olímpico Internacional. Consultado em 5 de Agosto de 2016 
  6. «The Flagbearers for the Rio 2016 Closing Ceremony» (em inglês). Comité Olímpico Internacional. 24 de Janeiro de 2017. Consultado em 23 de Abril de 2017 
  7. «Top Lists» (em inglês). Associação Internacional de Federações de Atletismo. Consultado em 6 de Agosto de 2016 
  8. «IAAF Games of the XXX Olympiad – Rio 2016 Entry Standards» (PDF) (em inglês). Associação Internacional de Federações de Atletismo. Consultado em 18 de Abril de 2015 
  9. «Romario Leitao» (em inglês). Jogos Olímpicos de Verão — Rio 2016. Consultado em 19 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 20 de Agosto de 2016 
  10. «IAAF: Celma Bonfim da Graca | Profile» (em inglês). Associação Internacional de Federações de Atletismo. Consultado em 9 de Maio de 2017 
  11. Wagner, Juergen. «Participating Countries Olympic Games 2008 Beijing» (em inglês). Olympic Museum. Consultado em 9 de Maio de 2017. Arquivado do original em 27 de Março de 2017 
  12. «2008 Beijing Summer Olympics - Women's 5000m» (em inglês). NBC Olympics (National Broadcasting Company, Inc.). 19 de Agosto de 2008. Consultado em 9 de Maio de 2017. Cópia arquivada em 4 de Janeiro de 2014 
  13. «IAAF: 1500 Metres Result» (em inglês). Associação Internacional de Federações de Atletismo. Consultado em 12 de Maio de 2017 
  14. «Zouhair Aouad» (em inglês). Jogos Olímpicos de Verão — Rio 2016. Consultado em 4 de Setembro de 2016. Cópia arquivada em 6 de Agosto de 2016 
  15. «Men's 5000m - Standings» (em inglês). Jogos Olímpicos de Verão — Rio 2016. Consultado em 4 de Setembro de 2016. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2016 
  16. «IAAF: 5000 Metres Result» (em inglês). Associação Internacional de Federações de Atletismo. Consultado em 12 de Maio de 2017 
  17. «Sao Tome and Principe at the 2008 Beijing Summer Games» (em inglês). Sports-Reference.com. Consultado em 12 de Maio de 2017 
  18. «Buly Da Conceição Triste» (em inglês). Jogos Olímpicos de Verão — Rio 2016. Consultado em 21 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2016 
  19. «Rio 2016 Canoe Sprint Single - 1000m» (em inglês). Comité Olímpico Internacional. Consultado em 12 de Maio de 2017. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]