Sérgio Baresi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sérgio Baresi
Sérgio Baresi
Sérgio Baresi em sua passagem pelo Paulista de Jundiai
Informações pessoais
Nome completo Sérgio Felipe Soares
Data de nasc. 2 de janeiro de 1972 (47 anos)
Local de nasc. Óleo-SP, Brasil
Informações profissionais
Equipa atual Sem clube
Posição Ex-Zagueiro, Treinador
Clubes de juventude
1986–1991 São Paulo
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos)
1991–1994
???
2000–2003
São Paulo
União São João
Cruzeiro
Paysandu
Ponte Preta
Santo André
008 0000(0)
???
Times/Equipas que treinou3
2003
2004
2005–2008
2008-2011
2009
2010
2012
2012
Santo André (auxiliar-técnico)
Santo André (Sub-20)
São Caetano (Sub-20)
São Paulo (Sub-20)
Toledo
São Paulo (interino)
Paulista
São Paulo (Sub-20)
Última atualização: 29 de março de 2018

Sérgio Felipe Soares, mais conhecido como Sérgio Baresi (Óleo, SP, 2 de janeiro de 1972), é um treinador e ex-futebolista brasileiro que atuava como zagueiro. Foi revelado pelo São Paulo e jogou por vários clubes do Brasil e do mundo. Atualmente está sem clube.

São Paulo[editar | editar código-fonte]

Sérgio Baresi começou sua história no clube em 1986. Jogando como zagueiro e algumas vezes de volante, passou por todas as categorias de base do clube, sempre como capitão. Em 1991 iniciou sua trajetória no time profissional, ficando no clube até 1994. Pelo Tricolor disputou oito partidas, obtendo três vitórias, três empates e duas derrotas.

Sérgio Baresi jogou ao lado de Rogério Ceni nas categorias de Base do São Paulo, juntos, conquistaram Copa São Paulo de Futebol Júnior de 1993, batendo o rival Corinthians na final. Depois a dupla seguiu caminhos diferentes: Sérgio Baresi jogou por vários clubes e Rogério Ceni fez parte do expressinho tricolor que tinha Muricy Ramalho como treinador, e tornou-se ídolo da torcida tricolor.[1]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Após sua passagem pelo São Paulo, Sérgio Baresi acabou seguindo para outros clubes brasileiros como União São João, Cruzeiro, Paysandu, Ponte Preta e para o exterior, atuando no Chile, na Coreia do Sul e na Bélgica, até regressar ao Brasil em 2000, para jogar no Santo André, onde jogou até 2003.

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Em 2002 teve uma grave lesão que antecipou sua aposentadoria, mas só no ano seguinte deixaria de vez de jogar. Por causa da lesão, Sérgio Baresi começou a fez dupla função no Santo André, como zagueiro e auxiliar técnico. Em 2004 tornou-se o treinador das categorias de base do Santo André. Depois de passar pelo São Caetano, em 2008 voltou para o São Paulo, onde fora revelado, mas desta vez com treinador da equipe Sub-20. Com a conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2010, em janeiro, Sérgio Baresi receberia em agosto a oportunidade para ser treinador do time profissional do São Paulo, após a saída de Ricardo Gomes. Contudo, em outubro o time não tinha obtido os resultados esperados e optou por contratar Paulo César Carpeggiani para o cargo, e Sérgio recontinuou os trabalhos no Sub-20 até novembro de 2011, quando assumiu o comando do Paulista de Jundiaí.[2]

No dia 2 de março de 2012, Sérgio Baresi foi demitido por muitas derrotas [3]

Em março, ele voltou a comandar o São Paulo Sub-20. [4]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Ano Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas
2009 Toledo 14 4 6 4
2010 São Paulo 14 5 4 5
2012 Paulista 11 4 1 6

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • 2003 – Campeão da Copa Estado de São Paulo (auxiliar técnico)
  • 2003 - Vice-campeão brasileiro Série C (auxiliar técnico)
  • 2004 – Campeão da Copa do Brasil (auxiliar técnico)
  • 2010 – Campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior (treinador)
  • 2011 – Campeão do Campeonato Paulista Sub-20 (treinador)

Referências

  1. Carolina Elustondo (11 de agosto de 2010). «Criados na base, Ceni e Baresi unem forças para recuperar o Tricolor». GloboEsporte.com. Consultado em 11 de agosto de 2010 
  2. Futebol Interior. «Paulista apresenta ex-treinador do São Paulo para o Paulistão». Consultado em 1 de dezembro de 2011 [ligação inativa]
  3. Futebol Interior. «Paulista anuncia Luiz Carlos Martins para a vaga de Sérgio Baresi». Consultado em 2 de março de 2012 
  4. saopaulofc. «Sérgio Baresi reassume a equipe sub-20». Consultado em 19 de março de 2012 


Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.