Sérgio Etchegoyen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sérgio Etchegoyen
General Sérgio Westphalen Etchegoyen.
Ministro-chefe de Segurança Institucional do Brasil
Período 12 de maio de 2016
até a atualidade
Presidente Michel Temer
Antecessor(a) Marcos Antônio Amaro dos Santos
Dados pessoais
Nome completo Sérgio Westphalen Etchegoyen
Nascimento 1 de fevereiro de 1952 (65 anos)
Cruz Alta, Rio Grande do Sul
Profissão Militar
Serviço militar
Graduação General do Exército.gif
General-de-exército

Sérgio Westphalen Etchegoyen (Cruz Alta, 1 de fevereiro de 1952) é um general brasileiro e atual ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional do Brasil.

Carreira Militar[editar | editar código-fonte]

Ingressou no Exército em março de 1971, na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), e foi declarado aspirante-a-oficial da arma de Cavalaria em dezembro de 1974.

Foi oficial do Estado-Maior da Missão de Verificação das Nações Unidas em El Salvador, entre 1991 e 1992; comandante da Escola de Aperfeiçoamento de Sargentos das Armas, de 1993 a 1995; chefe da Comissão do Exército Brasileiro em Washington, Estados Unidos, de 2001 a 2003 e oficial do Gabinete do Comandante do Exército, entre 2003 e 2004.

Como oficial general, comandou a 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército e foi Assessor Especial Militar do Ministro de Estado da Defesa e Chefe do Núcleo de Implantação da Estratégia Nacional de Defesa, de 2009 a 2011.

Como General de Exército foi Chefe do Departamento-Geral do Pessoal, em 2013 e 2014. Em 25 de novembro de 2014 foi nomeado Chefe do Estado Maior do Exército.[1]

É formado em administração pela Universidade da Amazônia (Unama).[2]

Estado-Maior do Exército[editar | editar código-fonte]

À frente do EME, o general teve como missão estudar, planejar, orientar, coordenar e controlar, no nível de direção-geral, as atividades da Força Terrestre, em conformidade com as decisões e diretrizes do comandante do Exército. No cargo que estava no exército, o general era responsável pela elaboração da política militar terrestre, pelo planejamento estratégico e pela orientação do preparo e do emprego da Força.[3]

Ministro-Chefe do Gabinete de Segurança Institucional[editar | editar código-fonte]

Em 12 de maio de 2016 foi nomeado, no governo interino de Michel Temer, para o cargo de Ministro-Chefe do Gabinete de Segurança Institucional e a nomeação foi publicada na edição de 13 de maio de 2016 do Diário Oficial da União (DOU).[4]

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) também ficará subordinada à pasta.[5]

Referências

  1. Estado-Maior do Exército - Exército Brasileiro - General de Exército SERGIO WESTPHALEN ETCHEGOYEN
  2. «Conheça o perfil dos novos ministros do governo Temer». Portal Brasil. 12 de maio de 2016. Consultado em 13 de maio de 2016 
  3. Exército Brasileiro
  4. Diário Oficial da União. Ano LVII No - 91 Brasília - DF, sexta-feira, 13 de maio de 2016.Seção 2, página 1
  5. Portal Globo, G1.com


Precedido por
Marcos Antônio Amaro dos Santos
Ministro de Segurança Institucional do Brasil
2016–atual
Sucedido por