Sérgio Etchegoyen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sérgio Etchegoyen
General Sérgio Etchegoyen na galeria dos ex-comandantes da ECEME
Nome completo Sérgio Westphalen Etchegoyen
Dados pessoais
Nascimento 1 de fevereiro de 1952 (69 anos) Cruz Alta, Rio Grande do Sul
Vida militar
Força Coat of arms of the Brazilian Army Exército Brasileiro
Anos de serviço De 1º de março de 1971 até 25 de novembro de 2016 (45 anos)
Hierarquia General do Exército.gif General de Exército
Comandos
Honrarias

Sérgio Westphalen Etchegoyen GCRB · GCMM · GOMN (Cruz Alta, 1 de fevereiro de 1952) é um general de exército do Exército Brasileiro, que foi ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência do Brasil no Governo Michel Temer.

É neto do general Alcides Etchegoyen, membro do Clube Militar que atuou no Estado Novo contra Getúlio Vargas.[5]

Carreira militar[editar | editar código-fonte]

Filho do General de Brigada Leo Guedes Etchegoyen e de Lúcia Westphalen Etchegoyen, ingressou no Exército em março de 1971, na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), e foi declarado aspirante-a-oficial da arma de Cavalaria em dezembro de 1974.

Foi oficial do Estado-Maior da Missão de Verificação das Nações Unidas em El Salvador, entre 1991 e 1992; comandante da Escola de Aperfeiçoamento de Sargentos das Armas, entre 1 de fevereiro de 1993 e 30 de janeiro de 1996;[6] chefe da Comissão do Exército Brasileiro em Washington, Estados Unidos, de 2001 a 2003 e oficial do Gabinete do Comandante do Exército, entre 2003 e 2004.

Como oficial general, comandou a 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército[7] e foi Assessor Especial Militar do Ministro de Estado da Defesa e Chefe do Núcleo de Implantação da Estratégia Nacional de Defesa, de 2009 a 2011. Comandou também a 3ª Divisão de Exército, em Santa Maria-RS, entre fevereiro de 2011 e janeiro de 2013. [8]

Como General de Exército, foi Chefe do Departamento-Geral do Pessoal, entre 3 de dezembro de 2012 e 27 de março de 2015.[9] Em seguida, foi Chefe do Estado Maior do Exército, entre 12 de março de 2015 e 12 de maio de 2016.[10]

À frente do EME, sua responsabilidade era estudar, planejar, orientar, coordenar e controlar as atividades da Força Terrestre, subordinadas as decisões do comandante do Exército.

Ministro-Chefe do Gabinete de Segurança Institucional[editar | editar código-fonte]

Em 12 de maio de 2016 foi nomeado, no governo interino de Michel Temer, para o cargo de ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República e a nomeação foi publicada na edição de 13 de maio de 2016 do Diário Oficial da União (DOU).[11] A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) também ficou subordinada à pasta.[12]

Referências

  1. «Decreto presidencial de 18 de abril de 2017». Imprensa Nacional (pdf). Consultado em 2 de outubro de 2020 
  2. «Boletim do Exército de setembro de 2016» (PDF). Biblioteca do Exército do Brasil (pdf). Consultado em 2 de outubro de 2020 
  3. «Decreto presidencial de 26 de setembro de 2018». Imprensa Nacional. Consultado em 2 de outubro de 2020 
  4. «Decreto presidencial de 10 de dezembro de 2018». Imprensa Nacional. Consultado em 2 de outubro de 2020 
  5. «Cenário: Uma família ligada aos levantes nos quartéis há 90 anos - Política - Estadão». Estadão 
  6. «Galeria de ex-Comandantes da EASA». Consultado em 28 de janeiro de 2021 
  7. «Antigos Comandantes da ECEME». Consultado em 4 de abril de 2021 
  8. «Galeria de Comandantes da 3ª DE». Consultado em 7 de maio de 2020 
  9. «Galeria de antigos Chefes do DGP». Consultado em 4 de abril de 2021 
  10. «Ex-Chefes do EME». Consultado em 29 de janeiro de 2021 
  11. Diário Oficial da União. Ano LVII No - 91 Brasília - DF, sexta-feira, 13 de maio de 2016.Seção 2, página 1
  12. Portal Globo, G1.com

Precedido por
---
1º Comandante da EASA
1993 - 1996
Sucedido por
Luiz Veríssimo de Castro
Precedido por
Luiz Eduardo Rocha Paiva
ECEME.png
51º Comandante da ECEME

2006 – 2009
Sucedido por
João Camilo Pires de Campos
Precedido por
Araken de Albuquerque
3de.png
62º Comandante da 3.ª DE

2011 - 2013
Sucedido por
Geraldo Antônio Miotto
Precedido por
Lúcio Mário de Barros Góes
DGP.png
52º Chefe do Departamento-Geral do Pessoal

2012 - 2015
Sucedido por
Francisco Carlos Modesto
Precedido por
Adhemar da Costa Machado Filho
EME.png
67º Chefe do Estado-Maior do Exército

2015 – 2016
Sucedido por
Francisco Carlos Modesto
Precedido por
Marcos Antonio Amaro dos Santos
46º Ministro-Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República
2016 – 2018
Sucedido por
Augusto Heleno