Sérgio Machado Rezende

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sérgio Machado Rezende
O ministro Sérgio Rezende dá entrevista, em 6 de maio de 2008, sobre o Programa Espacial Brasileiro. Foto:Antônio Cruz/ABr
15.º Ministro da Ciência e Tecnologia do Brasil
Período 19 de julho de 2005
a 1º de janeiro de 2011
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Antecessor(a) Eduardo Campos
Sucessor(a) Aloizio Mercadante
13.º Presidente da Financiadora de Estudos e Projetos do Brasil
Período 1º de janeiro de 2003
a 19 de julho de 2005
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Antecessor(a) Mauro Marcondes Rodrigues
Sucessor(a) Odilon Marcuzo do Canto
Secretário Municipal de Patrimônio, Ciência e Cultura de Olinda
Período 1º de janeiro de 2001
a 1º de janeiro de 2003
Prefeita Luciana Santos
Secretário Estadual de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente de Pernambuco
Período 1º de janeiro de 1995
a 1º de janeiro de 1999
Governador Miguel Arraes
Dados pessoais
Nascimento 3 de outubro de 1940 (81 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Alma mater Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro,
Instituto de Tecnologia de Massachusetts
Prêmio(s)
Profissão professor, físico, engenheiro elétrico, engenheiro eletrônico
Disambig grey.svg Nota: Se procura o cineasta brasileiro, veja Sérgio Rezende.

Sérgio Machado Rezende GCRBGCMDGOMM (Rio de Janeiro, 3 de outubro de 1940) é um professor, físico e engenheiro brasileiro.[4] Foi Ministro da Ciência e Tecnologia no governo Lula entre 2005 e 2010. Atualmente, escreve para os periódicos da Nature, Springer, Wiley-Blackwell, American Physical Society e American Institute of Physics.[5]

Vida acadêmica[editar | editar código-fonte]

Sérgio Machado Rezende nasceu no Rio de Janeiro, onde fez o curso primário na escola municipal Pedro Ernesto, cursou o ginásio e o científico no Colégio da Aplicação da Universidade do Brasil. Em 1963, formou-se em engenharia eletrônica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ). Em Cambridge, nos Estados Unidos, obteve os títulos de Mestre em 1965 e de Doutor em 1967, ambos em Engenharia Eletrônica-Ciência de Materiais, no Instituto de Tecnologia de Massachusetts. Foi professor associado na PUC/RJ em 1968-1971, professor titular na UNICAMP em 1971 e desde 1972 é professor titular no Departamento de Física da Universidade Federal de Pernambuco.[6][7]

Vida política[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira política em 1986, no segundo governo de Miguel Arraes, em Pernambuco, como assessor da secretária de Planejamento Tânia Bacelar. Em 1989, participou das articulações que levaram à criação da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe), a primeira FAP do Nordeste, e da qual foi seu primeiro diretor científico. Em 1995, no terceiro governo de Miguel Arraes, tornou-se secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente, quando conviveu com o secretário da Fazenda e posteriormente ministro de Ciência e Tecnologia e governador de Pernambuco Eduardo Campos. De 2001 a 2003, na Prefeitura de Olinda foi secretário do Patrimônio, Ciência e Cultura[8].

Em 2003, assumiu a presidência da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). Foi mantido no cargo quando o então ministro Eduardo Campos assumiu o ministério; ambos já haviam trabalhado juntos no governo Arraes e na articulação da Facepe. Só saiu em 2005, para substituir o próprio Eduardo Campos no ministério de Ciência e Tecnologia, onde permaneceu até o final de 2010.[9]

Prêmios e honrarias[editar | editar código-fonte]

Livros publicados[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b BRASIL, Decreto de 20 de março de 2006.
  2. a b BRASIL, Decreto de 25 de agosto de 2005.
  3. a b BRASIL, Decreto de 28 de novembro de 2005.
  4. a b Academia Brasileira de Ciências. «Ordem Nacional do Mérito Científico». Consultado em 22 de maio de 2008. Arquivado do original em 21 de maio de 2003 
  5. «Sergio Machado Rezende». Google Acadêmico. Consultado em 14 de maio de 2021 
  6. a b c Sérgio Machado Rezende. «Currículo Lattes». Consultado em 22 de maio de 2008 
  7. «Sergio Machado Rezende (1940) – SBPC». Consultado em 29 de julho de 2019 
  8. a b Universia (14 de julho de 2005). «Sérgio Rezende será o novo ministro da Ciência e Tecnologia». Consultado em 22 de maio de 2008. Arquivado do original em 7 de abril de 2015 
  9. Agência de Comunicação da Universidade Federal de Santa Catarina (29 de janeiro de 2004). «Ministro da Ciência e Tecnologia anuncia nomes para compor sua equipe». Consultado em 22 de maio de 2008 
  10. «Agraciados». Prêmio Anísio Teixeira 
  11. «Prêmio Fundação Bunge». Fundação Bunge. Consultado em 14 de maio de 2021 
  12. «Outstanding Referees Program». Physical Review Journals. Consultado em 14 de maio de 2021 
  13. «Prêmio Fundação Conrado Wessel de Ciência». Fundação Conrado Wessel. Consultado em 14 de maio de 2021 
  14. Rezende, Sérgio Machado (2004). Materiais e Dispositivos Eletrônicos. [S.l.]: Livraria da Fisica. ISBN 9788588325272 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Eduardo Campos
Ministro da Ciência e Tecnologia do Brasil
2005—2011
Sucedido por
Aloizio Mercadante