Sérgio Mattar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde setembro de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Sérgio Mattar é um diretor de televisão brasileiro.

Iniciou sua carreira em meados dos anos de 1960 na extinta TV Excelsior. Foi caboman, câmera-man.

Em 1967 foi para a Rede Bandeirantes onde, como diretor de TV e depois diretor de programas, realizou os mais premiados programas da emissora. Dirigiu especiais de música e teleteatros com Antonio Abujamra e Walter Jorge Durst. Criou programas de vanguarda como Band 13 e,produziu inovações importantes na emissora como executivo e diretor-superintendente.

Na Rede Globo, dirigiu telenovelas como A Sucessora, Sinhazinha Flô, Marron Glacê, exibidas nos anos de 1975/80

De volta à Bandeirantes, foi diretor de outras tramas daquela emissora, como Campeão (1983).

Produziu e dirigiu o Vandergleyson Show, exibido na Bandeirantes em 1987, e que pode ser considerado um "piloto" do TV Pirata, exibida a partir do ano seguinte na Rede Globo.

Trabalhou no exterior desde os anos de 1973 estando ligado a Empresas Americanas e Europeias de televisão, e de produtoras independentes de conteúdo e roteiros para cinema e televisão

Mora na Flórida, em Miami. É proprietário da PRF3-TV,produtora de conteúdo e formatação de produtos para TV e de Cinema para TV.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.