Série 0201 a 0224 da CP

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre as locomotivas de via ibérica da CP. Se procura as locomotivas de via métrica da mesma companhia, veja Série E201 a E216 da CP.
Série 0201 a 0224
BSicon exlDAMPF.svg
Locomotiva 0201 na estação de Casa Branca, em 2018.
Descrição
Propulsão Vapor
Fabricante Henschel & Sohn
Tipo de serviço Via
Características
Bitola Bitola ibérica
Operação
Ano da entrada em serviço 1924

A Série 0201 a 0224, igualmente conhecida como Limpa Cais, foi um tipo de locomotiva-tanque a tracção a vapor, utilizada pela Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses.

História[editar | editar código-fonte]

Esta série de locomotivas foi fornecida pela casa alemã Henschel & Sohn em 1924, como parte das reparações da Primeira Guerra Mundial.[1]

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Esta série era composta por 24 locomotivas, com os números de 0201 a 0224.[1] Foram as locomotivas com maior esforço de tracção em Portugal, sendo, por esse motivo, alcunhadas de limpa cais.[1][nota 1] Foram preparadas de origem para a tracção de comboios de mercadorias, com um grande esforço e rodas pequenas, tendo sido este o tipo principal de serviços que realizaram em Portugal.[2]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Características gerais[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h MARTINS et al, 1996:88
  2. MARTINS et al, 1996:98
  1. Em 1914, foi construída uma locomotiva com um esforço de tracção ligeiramente superior a esta Série, mas que nunca passou da fase de protótipo. Também existiram algumas séries de locomotivas da CP com maior potência indicada, como a Série 401 a 406[1]
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre as locomotivas da Série 201 a 224

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • MARTINS, João; BRION, Madalena; SOUSA, Miguel; et al. (1996). O Caminho de Ferro Revisitado: O Caminho de Ferro em Portugal de 1856 a 1996. [S.l.]: Caminhos de Ferro Portugueses. 446 páginas