Série 1150 da CP

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Locotractora nº 1160 no “Ramal dos Nitratos” (Unidade Fabril de Adubos de Alverca); ao PK 20 da Linha do Norte, em 2012.
Locotractora nº 1179 na Estação Ferroviária do Entroncamento, em 2003.

A série 1150 (1151-1186), conhecida popularmente por Sentinel, foi um tipo de locotractora a diesel da Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses, que continua a ser utilizada pela sua sucessora, a empresa Comboios de Portugal.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Esta série era, originalmente, composta por 36 locotractoras diesel-hidráulicas.[1][2] Utilizam bitola ibérica,[3] e apresentam uma potência de 250 Cv ou 184 kW, e uma velocidade máxima de 58 km/h.[2][1] Os rodados possuem uma disposição em C, segundo a Classificação UIC.[2]

Realizam, principalmente, serviços de manobras, por quase toda a rede portuguesa,[4] mas também já rebocaram comboios de passageiros, no percurso entre o Seixal e Barreiro-A, no Ramal do Seixal.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Locotractora da Série 1150, preservada no Museu Nacional Ferroviário, no Entroncamento.

Esta série entrou ao serviço entre 1966 e 1967,[1] tendo sido construída pela empresa Sociedades Reunidas de Fabricações Metálicas, com licença da casa britânica Sentinel.[3] Em 2012, só se encontravam 7 unidades operacionais.[2]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

  • Informações diversas
  • Características gerais
    • Potência nominal (rodas): 250 Cv / 184 kW[2]
    • Disposição dos rodados: C[2]
  • Características de funcionamento
    • Velocidade máxima: 58 Km/h[2][1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g «Série: 1150 (1151-1186)». Comboios de Portugal. Consultado em 19 de Fevereiro de 2012 
  2. a b c d e f g h i j k «CLP locomotives and shunters» (em inglês). Railfaneurope. 31 de Março de 2012. Consultado em 19 de Fevereiro de 2012 
  3. a b c d e f REIS et al, p. 136
  4. GUILLÉN, José Menchero (Novembro de 2005). «Proyectos de la marca portuguesa Norbrass». Via Libre (em espanhol). 42 (491). 84 páginas 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • REIS, Francisco Cardoso dos; GOMES, Rosa Maria; GOMES, Gilberto; et al. (2006). Os Caminhos de Ferro Portugueses 1856-2006. [S.l.]: CP-Comboios de Portugal e Público-Comunicação Social S. A. 238 páginas. ISBN 989-619-078-X 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Série 1150 da CP

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.