Série E101 a E103 da CP

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a antiga série de locomotivas a vapor de via estreita. Se procura a antiga série de automotoras a gasóleo de via larga, veja Série 0100 da CP.
E101 a E103
BSicon exlDAMPF.svg
Locomotiva E103, na Estação da Póvoa de Varzim
Descrição
Propulsão Vapor
Fabricante Maschinenfabrik Esslingen
Características
Bitola Bitola métrica
Operação
Ano da entrada em serviço 1907

A Série E101 a E103, igualmente conhecida como Série E100, foi um tipo de locomotiva a tracção a vapor, que foi utilizada originalmente pela Companhia do Caminho de Ferro de Guimarães, tendo passado posteriormente para a Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses.

História[editar | editar código-fonte]

Foi construída em 1907 pela casa alemã Maschinenfabrik Esslingen, e adquirida no mesmo ano pela Companhia do Caminho de Ferro de Guimarães, quando esta empresa prolongou a Linha de Guimarães até Fafe.[1]

A locomotiva 103 foi preservada no Espaço Museológico de Santarém, como representante das locomotivas de via métrica que foram utilizadas na região Norte de Portugal.[1]

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Esta série era composta por 3 locomotivas, numeradas de 101 a 103.[1] O timbre da caldeira era de 12 kg/cm, e o esforço de tracção era de 4200 kg.[1] A iluminação era realizada através do uso de acetilene.[1] Cada locomotiva possuía capacidade para 3500 ℓ de água, e 900 kg de carvão.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f «Locomotiva E 103 (1907)». Comboios de Portugal. Consultado em 19 de Setembro de 2012 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre as locomotivas da Série E101 - E103

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre locomotiva a vapor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.