Sérvia Marítima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Principados sérvios (Pagânia, Zaclúmia, Travúnia e Dóclea), os territórios do Império Bizantino na região e as vizinhas Croácia, Sérvia e Bulgária no século IX

Sérvia Marítima ou Região Marítima (em latim: Maritimam Regionem; em sérvio: Српско Приморје; romaniz.: Srpsko Primorje) é um termo usado no contexto histórico para descrever uma das duas divisões geográficas que constituíam a Sérvia na Idade Média. Atualmente compreende porções do Montenegro, Bósnia e Herzegovina, Croácia e Sérvia.[1]

À época incluía boa parte de Montenegro, porções ao sul de Herzegovina e Dalmácia, enquanto a outra divisão, Transmontana (Zagorje), incluía boa parte da Bósnia, a porção oriental da Sérvia (Ráscia) e porções ao norte de Montenegro e Herzegovina. A Croácia ficava ao norte de Marítima e Trasmontana.[1]

Referências

  1. a b Forbes 1915, p. 86.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Forbes, Nevill; Toynbee, Arnold J. (1915). The Balkans: A History of Bulgaria, Serbia, Greece, Rumania, Turkey. Oxford: Clarendon Press