Sêmea

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sêmea
Kasza jeczmienna 02.jpg
Sêmeas de cevada
TipoGrão integral
Ingredientes principaisQuaisquer grãos, tais quais aveia, trigo, cevada, milhete, centeio, etc.
VariaçõesTriguilho

Sêmeas são grãos descascados de vários cereais, como por exemplo aveia, trigo, centeio e cevada. Sêmeas são grãos integrais que incluem as partes do germe e do farelo, assim como o endosperma (que é geralmente o produto da moagem).

Sêmeas também podem ser produzidas com sementes de pseudocereais, como a trigo-sarraceno.

Usos culinários[editar | editar código-fonte]

A sêmeas são nutritivas, mas difíceis de mastigar, então geralmente, elas são deixadas de molho, antes de serem cozidas. Sêmeas são usadas em sopas e mingaus.

Sêmeas de muitos cereais são a base da kasha, uma refeição básica, com aparência de mingau, do leste europeu e Eurasia. Na América do Norte, kasha ou kashi, geralmente refere-se a sêmeas de trigo-sarraceno assadas.

No norte da Índia, sêmeas de trigo são conhecidas como "dalia" e são comumente preparadas com leite em um mingau doce, ou com vegetais e especiaria em misturas salgadas.

Sêmeas de Triticum durum parborizadas e cortadas, conhecidas como triguilho, são um igrediente essencial de muitos pratos do Oriente Médio, como mansaf e tabbouleh.

As sêmeas também são usadas em algumas salsichas, como "black puddings". Um prato tradicional de Black Country, na Inglaterra é o "groaty pudding" (ou pudim de sêmea, em tradução livre), feito com sêmeas, alho-poró, cebola, bife e caldo de carne, assados por aproximadamente 16 horas; é um prato tradicional da Noite de Guy Fawkes.

A farinha de cevada grossa é feita através da moagem de sêmeas de cevada.[1]

Produção[editar | editar código-fonte]

De cima para baixo: sêmeas de aveia finas, médias, grossas e sem inteiras.

O grão é limpo, classificado por grão, tamanho e descascado. Adicionalmente, os grãos podem ser fatiados em um "cortador de sêmeas", o qual pode ser ajustado para cortar sêmeas finas, médias e grossas.  Então as sêmeas são escovadas com uma máquina, para que não fiquem com nenhuma parte aderente da casca. No caso das sêmeas cortadas, seus fragmentos são classificados por tamanho.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Ensminger, M.E.; Ensminger, A.H. Foods & Nutrition Encyclopedia, Two Volume Set. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0-8493-8980-1