Sílvia Pfeifer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sílvia Pfeifer
Sílvia em 2006.
Nome completo Sílvia Escobar Pfeifer[1]
Nascimento 24 de fevereiro de 1958 (61 anos)
Porto Alegre, RS
Nacionalidade Brasileira
Ocupação Atriz
Atividade 1974–presente
Cônjuge Nelson Chamma Filho (c. 1983)

Sílvia Escobar Pfeifer[1][2] (Porto Alegre, 24 de fevereiro de 1958)[3][4] é uma atriz e ex-modelo brasileira.[5]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Sílvia começou sua carreia de modelo em 1979, aos dezenove anos, tornando-se modelo profissional aquele ano. Em 1981 foi para a Europa pela primeira vez a trabalho. Durante os anos seguintes, morou e trabalhou em Milão e Paris desfilando para diversas grifes como Giorgio Armani, Christian Dior, Chanel.[6][7][8] e muitos outros. Tentou conciliar a carreira de modelo com a faculdade direito, a qual desistiu depois de dois anos para cursar ComunicaÇâo Social.[2] . Foi preparada por Bia Lessa para um longa (que acabou por não fazer), fez curso com Sergio Brito e fez treinamento vocal com as fonoaudiólogas Glorinha Beuttenmüller e Márcia Tanure.[9] Em 1988 passou nos testes para o filme A Grande Arte, de Walter Salles.[8] No entanto, as filmagens atrasaram e Sílvia perdeu o papel para a atriz Amanda Pays.[6][10]

Em 1990, aos 32 anos de idade, estreou como atriz na minissérie Boca do Lixo,[7][11] com a personagem Cláudia.[12] Em seguida participou da telenovela Meu Bem, Meu Mal, como Isadora Venturini.[13][14] Também participou nas novelas, Perigosas Peruas (1992),[15] Tropicaliente (1994),[16][17][18] Malhação (1995),[19][20] O Rei do Gado (1996),[21] Torre de Babel (1998), e Celebridade (2003), entre outras. Em 2009, foi contratada pela RecordTV para viver a personagem Vera Ávila em Bela, a Feia.[22][23] A atriz também atuou em filmes, são eles: Não Quero Falar Sobre Isso Agora, Xuxa Popstar e A Cartomante.[24] Em 2012, fechou contrato com a TV Globo, onde viveu Marta em Malhação: Intensa como a Vida.[25] Em 2014 viveu a Úrsula, a vilã de Alto Astral.[26]

Em 2015 fez uma pequena participação na novela Totalmente Demais, interpretando a si mesma. No mesmo ano participou do filme Até Que A Sorte Nos Separe 3: A Falência Final. Em 2016, é contratada pela TVI, a emissora de maior audiência de Portugal onde em 2018 viveu a personagem Dra. Mônica Fonseca na novela Ouro Verde (ganhadora do Emmy de melhor novela estrangeira)[27]

Em 1997 atuou como Maria, mãe de Cristo (Fabio Assunção), na Paixão de Cristo, Nova Jerusalém, Pernambuco

Em 2007 e 2008 "Marido Ideal" no teatro < direção de Vitor Garcia Peralta, ao lado de Edwin Luisi, Herson Capri, Jacqueline Laurence, Vanessa Gerbelli, Larrisa Bracher, Olivia Byington e Lafayete Galvão.

Em 2014 fez "Callas", peça dirigida por Marilia Pera, ao lado de Cassio Reis.

Em 2018 fez "Além do Que Nossos Olhos Registram" direção de Fernando Philbert, ao lado de Raquel Penner, Karen Coelho, Priscila Fantin e Olivia Torres.

Em 2019, atualmente tá fazendo a pele da personagem Mariinha, na novela Topíssima da RecordTV.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Filha de Antônio Carlos Alves Pfeifer, um engenheiro e Lúcia Marina Escobar Pfeifer. Tem três irmãos Bruno, Cláudia e Luciana.[2] É casada com o empresário Nelson Chamma Filho, com quem tem dois filhos: Emanuella e Nicholas.[28] A atriz é adepta do budismo desde 1992.[29]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1990 Boca do Lixo Cláudia Toledo
Meu Bem, Meu Mal Isadora Venturini
1991 Os Trapalhões Marina da Glória Episódio: "1 de setembro"
1992 Perigosas Peruas Leda Vallenari
Você Decide Maria Rita Episódio: "O Sonho Dourado"
1993 Sandra Episódio: "A Sangue Frio"
1994 Ana Episódio: "Cinderela"
Confissões de Adolescente Tatiana Episódio: "Essa Tal de Virgindade"
Episódio: "Ainda Não!"
Tropicaliente Letícia Velásquez
1995 Você Decide Cléo Episódio: "Intermezzo"
Malhação Paula Pratta de Gonzalez Temporada 1
1996 O Rei do Gado Léia Mezenga
1998 Você Decide Dora Episódio: "Das Duas Uma"
Torre de Babel Leila Sampaio
Leda Sampaio
1999 Mulher Sônia de Oliveira Schneider Episódio: "Mãe Menina"
2000 Uga Uga Vitória Arruda Prado
2001 O Clone Cinira Dantas Episódio: "1 de outubro"
2002 Desejos de Mulher Virgínia Azeredo
Os Normais Selma Episódio: "Acordando Normalmente"
2003 Kubanacan Amanda Episódios: "22 de julho–16 de agosto"
Celebridade Solange Sá Episódios: "14–23 de outubro"
2004 Inspector Max Márcia Quintanilha Episódio: "O Soneto Mortal"
Maré Alta Passageira do Navio Episódio: "30 de maio"
Linha Direta Edina Poni Melo Viana Episódio: "Crime das Irmãs Poni"
2005 A Diarista Júlia Episódio: "Aquele da Cafeína"
2006 Teresa Episódio: "Marinete Não Chega!"
Episódio: "Aquele da Chuva"
Pé na Jaca Maria Clara Botelho Bulhões
2008 Casos e Acasos Ana Paula Gueiros Episódio: "Ele é Ela, Ela é Ele e Ela ou Eu"
2009 Bela, a Feia Vera Ávila
2012 Corações Feridos Cacilda Varela de Almeida Episódio: "16 de janeiro"
Malhação Marta Menezes Temporada 20
2014 Alto Astral Úrsula Barbosa
2015 Totalmente Demais Ela mesma Episódios: "22–24 de dezembro"
2017 Ouro Verde Monica Ferreira da Fonseca
2018 Que Marravilha! Participante Temporada 20[30]
2019 Topíssima Marinalva Ramos Gonçalves (Mariinha)

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1982 Tensão no Rio Celine
1991 Não Quero Falar Sobre Isso Agora Raquel
2000 Le voyeur Suzy
Xuxa Popstar Vani
2004 A Cartomante[31] Drª. Antônia Maria dos Anjos
2006 O Caso Morel Cíntia
2015 Até Que A Sorte Nos Separe 3: A Falência Final Nora Banks

Referências

  1. a b Redação Rede Globo. «Perfil das Estrelas - Sílvia Pfeifer». Globo.com 
  2. a b c Wagner Carelli (22 de julho de 1990). «O caso Pfeifer». Folha de S.Paulo. TV-Pesquisa. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  3. Eliane Martins (4 de novembro de 1990). «Vilâ, com simplicidade». O Globo. TV-Pesquisa. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  4. Eliane Martins (12 de maio de 1990). «Boas aulas com a mulher má». O Globo. TV-Pesquisa. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  5. «Aos 60, Sílvia Pfeifer mostra jovialidade em aparição rara em público». Quem. Globo.com. 22 de junho de 2018. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  6. a b Hélio Muniz (11 de julho de 1990). «A musa da 'Boca do Lixo'». O Globo. TV-Pesquisa. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  7. a b Sônia Apolinário (16 de julho de 1990). «Modelo vira arma global contra sereias». Folha de S.Paulo. TV-Pesquisa. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  8. a b «Do sucesso na moda à estaca zero na TV». O Globo. TV-Pesquisa. 4 de novembro de 1990. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  9. Lílian Fernandes (4 de agosto de 1996). «O mulherão que veio, viu e venceu». O Globo. TV-Pesquisa. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  10. Annette Schwartsman (1 de dezembro de 1991). «Sílvia Pfeifer». Folha de S.Paulo. TV-Pesquisa. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  11. Eduardo Minc (14 de janeiro de 2002). «Um luxo de simplicidade». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 12 de setembro de 2018 
  12. Marcelo Zanini. «Silvia Pfeifer». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 12 de setembro de 2018 
  13. Eliette Peixoto (28 de outubro de 1990). «Sílvia Pfeifer não teme apontar as suas falhas». O Dia. TV-Pesquisa. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  14. Bruno Astuto (7 de abril de 2016). «Silvia Pfeifer lamenta falta de trabalho na TV: "Não recebi nenhum convite"». Época. Globo.com. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  15. «Sílvia Pfeifer de volta às novelas». O Globo. TV-Pesquisa. 17 de outubro de 1991. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  16. Marcelo Migliaccio (3 de abril de 1994). «Pfeifer protagoniza nova novela das 18h». Folha de S.Paulo. UOL. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  17. Mônica Soares (14 de maio de 1994). «Atriz quer fugir dos estereótipos». Jornal do Brasil. TV-Pesquisa. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  18. Virgínia Viveiros (16 de maio de 1994). «'La Pfeifer', rica, bonita e frustrada». O Globo. TV-Pesquisa. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  19. Patrícia Andrade (6 de agosto de 1995). «Sílvia Pfeifer pede para deixar elenco de Malhação». O Globo. TV-Pesquisa. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  20. Sônia Apolinário (26 de novembro de 1995). «Ex-modelo diz que paga caro para ser atriz». O Estado de São Paulo. TV-Pesquisa. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  21. «Oscar Magrini e Sílvia Pfeifer relembram casal de O Rei do Gado». Gshow. Globo.com. 14 de abril de 2015. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  22. «Fim do descanso». O Globo. TV-Pesquisa. 5 de agosto de 2009. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  23. http://caras.uol.com.br/noticia/silvia-pfeifer-estara-em-bela-a-feia#image0
  24. http://caras.uol.com.br/perfil/silvia-pfeifer
  25. «De volta à novelinha, 17 anos depois». Thaís Britto. TV-Pesquisa. 19 de dezembro de 2012. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  26. Gisele Alquas (10 de novembro de 2014). «De volta à TV, Silvia Pfeifer interpreta rica ciumenta em "Alto Astral"». UOL. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  27. «Silvia Pfeifer se muda para Portugal para gravar novela e diz que pretende continuar vendendo brownies». Extra. Globo.com. 11 de novembro de 2016. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  28. JONAS FURTADO. «Uma estreia sem medo». Istoé Gente. Terra Networks. Consultado em 20 de fevereiro de 2012 
  29. Jonas Furtado e Rodrigo Cardoso (15 de setembro de 2003). «Fé na cura». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 12 de setembro de 2018 
  30. Correio Braziliense (31 de outubro de 2017). «'Que Marravilha - Aula de Cozinha' terá novo formato em 2018». Correio Braziliense. Consultado em 26 de março de 2018 
  31. «Sílvia Pfeifer se despede do Brasil com A Cartomante». Isto É Gente. Terra Networks. 2 de fevereiro de 2004. Consultado em 12 de setembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sílvia Pfeifer
Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.