Síndrome de De Quervain

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Dezembro de 2008). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Síndrome de De Quervain
Teste de Finkelstein para a tenossinovite de DeQuervain
Especialidade reumatologia
Classificação e recursos externos
CID-10 M65.4
CID-9 727.04
eMedicine pmr/36
MeSH D053684, D053684
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Síndrome de De Quervain, enfermidade de De Quervain, torcedura da Lavandeira, tenosinovite estenosante de De Quervain é uma forma de tendinite (inflamção do tendão)[1] ou sinovite (inflamação sinovial) crônica identificada e descrita em 1895 por Fritz De Quervain.

A tendinite estenosante de De Quervain é a constrição dolorosa da baínha comum dos tendões dos músculos abdutor longo e extensor curto do polegar, no chamado primeiro compartimento dorsal. O processo inflamatório da baínha causa a diminuição do seu espaço, comprimindo os tendões.

Sinais e sintomas[editar | editar código-fonte]

Os sintomas são dor, enrijecimento e inchaço no lado do polegar do pulso. A dor ao mover varia durante o dia e pode ser súbita e intensa (aguda), na região dorsal do polegar e no processo estilóide do rádio. No quadro crônico, o paciente refere dificuldade para agarrar com o movimento de pinça (como uma xícara ou um lápis) e fazer força com o polegar. Queixas de dor ocorrem ao torcer a roupa, abrir a porta com chave, abrir tampa de lata, digitar, tocar instrumentos musicais etc.[2]

Diagnóstico[editar | editar código-fonte]

O teste de Finkelstein é usado para diagnosticar a síndrome de de Quervain em pessoas que têm dor no punho. Para realizar o teste, o polegar é colocado na mão fechada e a mão é torcida em direção ao dedo mínimo - desvio ulnar (como visto na figura) - para testar se ocorre dor no punho abaixo do polegar. A dor pode ocorrer em um indivíduo normal, mas se severa, há chances de ser a síndrome de de Quervain. A dor se localizará no antebraço, no lado do polegar, cerca de uma polegada abaixo do punho.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Assim como outras tendinites e sinovites é feito com repouso, imobilização reto por um ou mais meses, gelo e AINEs (como buspirona ou ibuprofeno) para desinflamar e massagem local. Em casos avançados pode ser aplicado uma ou mais injeções de corticosteroide para desinflamar ou cirurgia para reparar a articulação lesionada.[3]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.