Sítio do Mato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Sítio do Mato
Imagem da vegetação do município em sua zona rural.

Imagem da vegetação do município em sua zona rural.
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 24 de fevereiro
Fundação 24 de fevereiro de 1989 (28 anos)
Gentílico sitiodomatense
Prefeito(a) Alfredo de Oliveira Magalhães Junior (PDT)
(2017–2020)
Localização
Localização de Sítio do Mato
Localização de Sítio do Mato na Bahia
Sítio do Mato está localizado em: Brasil
Sítio do Mato
Localização de Sítio do Mato no Brasil
13° 05' 06" S 43° 27' 54" O13° 05' 06" S 43° 27' 54" O
Unidade federativa Bahia Bahia
Mesorregião Vale São-Franciscano da Bahia IBGE/2008[1]
Microrregião Bom Jesus da Lapa IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Serra do Ramalho, Santana, Serra Dourada, Muquém de São Francisco, Paratinga, Brejolândia, Bom Jesus da Lapa
Distância até a capital 771 km
Características geográficas
Área 1 709,762 km² [2]
População 12 051 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 7,05 hab./km²
Altitude 428 m
Clima semiarido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,564 baixo PNUD/2010[4]
PIB R$ 55 759,668 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 4 268,19 IBGE/2008[5]
Página oficial

Sítio do Mato é um município brasileiro do estado da Bahia, localizado na região oeste do estado. Estando ao lado do Rio Corrente, que conflui com o São Francisco, foi emancipado de Bom Jesus da Lapa em 1989. A cidade fica a 771 km da capital Salvador e a 241 km de Barreiras que é a principal cidade do oeste baiano.[6][7]

História[editar | editar código-fonte]

A cidade foi batizada de "Sítio do Mato" por estar localizada às margens do Rio São Francisco, numa reserva florestal onde pessoas fizeram ocupações, construindo um sítio. Quando se tornou distrito, chamava-se Porto Feliz, porém tal nome não pôde permanecer por conta de já existir outro município com tal título.[8]

Foi emancipado em 24 de fevereiro de 1989, através da Lei Estadual número 4834.[8]

Em 2011, a Universidade Federal da Bahia através de uma pesquisa encontrou pinturas e fragmentos cerâmicos no município.[9]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população em 2010 era de 12 051 habitantes.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 24 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. http://www.entrecidadesdistancia.com.br/distancia-mapa-entre/sitio-do-mato-e-barreiras/12023385/
  7. http://ioeste.com.br/barreiras-barreiras-cidade-polo-regional-por-wagner-pamplona/
  8. a b «Histórico - Sítio do Mato». IBGE. Consultado em 5 de julho de 2012 
  9. «Relatório de Visita» (PDF). Bahia Arqueológica. Consultado em 5 de julho de 2012 


Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.