Só Rezo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Só Rezo"
Single de NX Zero
do álbum Sete Chaves
Lado B "Só Rezo 0.2"
Lançamento Março de 2010
Formato(s) Airplay
Gravação 2009
Gênero(s) Rock alternativo
Hard rock
Duração 3:56
Gravadora(s) Universal Music Brasil
Composição Di Ferrero
Informações sobre o vídeo musical
Gravação 16 de Março de 2010, na Zona norte de São Paulo São Paulo
Lançamento 29 de Maio de 2010[1]
Director(es) Gee Rocha[2]
Duração 5:26
Cronologia de singles de NX Zero
Espero a Minha Vez
(2009)
Só Rezo 0.2
(2010)

"Só Rezo" é uma canção da banda de rock Nx Zero, lançada como segundo single do quarto álbum de estúdio da banda, Sete Chaves. Foi lançada nas rádios em Março. Um videoclipe foi gravado e lançado para a divulgação da canção.

Composição[editar | editar código-fonte]

Em entrevista à revista Billboard Brasil, Gee Rocha[3] revelou que estava fazendo um "embromation" com um instrumental e, depois, Di Ferrero inseriu a letra. Ferrero tinha acabado de voltar do Rio de Janeiro, onde tinha conheci o trabalho do Afroreggae e as comunidades de Vigário Geral e Complexo do Alemão. Para ele, a "letra da música foi vomitada. Cheguei em casa e fiz de uma vez só, estava tudo na minha cabeça. Enquanto não terminei não consegui dormir", ele ainda completa dizendo que "essa é uma canção que não fala de amor. Fala de outras coisas, é mais pesada. Mas, ao mesmo tempo tornou-se popular. Todo mundo canta, até quem gosta de pagode. Acho que foi tudo muito espontâneo, muito do coração".[3]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

A banda começou a gravar o videoclipe da música "Só Rezo" em 16 de março de 2010, terça-feira, em um edifício em ruínas do bairro de Santana, zona norte paulistana.[4] O grupo se reuniu em um galpão da capital paulista para fazer as primeiras imagens para o vídeo, que ainda contou com imagens gravadas no Rio de Janeiro. A banda apareceram tocando e cantando cercados por entulhos de construção abandonados e sob a direção do guitarrista da banda, Gee.[2] O videoclipe que estreou no dia 29 de maio,[1] foi dirigido pelo próprio guitarrista, Gee Rocha.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O videoclipe começa mostrando uma favela e, depois uma multidão de pessoas andando, dentro da favela. Com sons e imagens do cotidiano do lugar. Em seguida, Di Ferrero aparece escrevendo em vários papeis, que são jogados no chão por ele. Aos poucos, os membros da banda são mostrados e, logo após isso, enquanto o instrumental da canção começa ser tocado, Ferrero se levanta até o microfone e começa a cantar os primeiros versos da canção. Entre imagens da banda e de moradores da favela, janelas escritas com a frase "Só rezo pra ficar bem", posteriormente, uma moradora aparece com uma chupeta e um cartaz escrito "Carrego a verdade aqui no olhar", posteriormente cantando pelo vocalista da banda. A todo momento, a imagem entre os integrantes da banda são intercaladas com a imagem de moradores da favela, que algumas vezes, como a mulher com a chupeta, aparece com cartaz escrito trechos da canção (o mesmo cartazes que Di Ferrero escrevia no começo do videoclipe). Além disso, imagens de Ferrero na favela, também estão presentes no videoclipe, principalmente no clímax da canção. O videoclipe termina mostrando Di Ferrero com as mãos dadas sobre o microfone, remetendo a ideia de oração e fé, seguido pelos instrumentos e integrantes da banda que, aos poucos, param de tocar. Um agradecimento ao Afroreggae, e as comunidades de Vigário Geral e Complexo do Alemão pode ser visto nos últimos momentos do vídeo.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Paradas[editar | editar código-fonte]

A canção permaneceu cinco meses na Billboard Brasil Hot 100.

Paradas (2010) Melhor
posição
BR Billboard Hot 100 Airplay[5] 1
BR Billboard Hot Pop Songs[5] 10

Versão Ao Vivo com Melanina Carioca[editar | editar código-fonte]

"Só Rezo"
Canção de Melanina Carioca com Di Ferrero
do álbum Vivendo de Amor (ao vivo)
Gênero(s) Rap rock, hip hop
Gravadora(s) Deckdisc
Informações sobre o vídeo musical
Gravação 25 de Janeiro de 2015 na "Burn On Stage", no Guarujá  São Paulo, Brasil
Lançamento 20 de Julho de 2015
Director(es) JR Lamana, Fábio Fontes
Duração 4:20

Além da versão "Só Rezo 0.2", o cantor Di Ferrero foi convidado pelo grupo de hip hop Melanina Carioca para participar da gravação do primeiro DVD ao vivo do grupo, que aconteceu em 25 de janeiro de 2015 na "Burn On Stage", no Guarujá, na Grande São Paulo.

O grupo o chamou para cantar um mashup das canções Só Rezo/ Fé ao vivo, da banda de rock, Nx Zero, a qual Di Ferrero é vocalista.[6]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

O vídeo mashup das canções Só Rezo/ Fé ao vivo, da banda NX Zero, foi disponibilizado em 20 de julho de 2015 no canal oficial do YouTube do grupo Melanina Carioca.

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Só Rezo"   Di Ferrero 3:56
2. "Só Rezo 0.2 (com participação de Emicida & Yo Yo)"   Di Ferrero, Gee Rocha, Emicida, Yo Yo 5:21
3. "Só Rezo/ Fé (Melanina Carioca com Di Ferrero)"   Di Ferrero 4:20

Referências

  1. a b ARAÚJO, Jader (29 de Março de 2010). «Assista o clipe de "Só Rezo", do NX Zero». Pop. Somnacaixablog.pop.com.br. Consultado em 14 de Novembro de 2010 
  2. a b «NX Zero grava novo clipe em SP - Notícias - Portal CARAS». Caras. Caras.com.br. 17 de Março de 2010. Consultado em 14 de Novembro de 2010 
  3. a b «Intro: Insight - Inspiração social gera letra "vomitada"». BPP. Billboard Brasil. 14° Edição. 16 páginas. 2010. ISSN 977-217605400-2 Verifique |issn= (ajuda) 
  4. «A banda escolheu um prédio em ruínas no bairro de Santana para as gravações». Origin.contigo.abril.com.br 
  5. a b «Billboard Brasil Hot 100 Airplay» 14 ed. BPP. Billboard Brasil: 84-86. 2010. ISSN 977-217605400-2 Verifique |issn= (ajuda) 
  6. Extra. «Melanina Carioca prepara DVD com participações especiais». Consultado em 25 de janeiro de 2015 
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.