Sônia Abrão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sônia Abrão
Nascimento 20 de junho de 1958 (57 anos)[1]
São Paulo, São Paulo
 Brasil[2]
Nacionalidade  brasileira
Ocupação Apresentadora e jornalista

Sônia Maria de Souza Abrão (São Paulo, 20 de junho de 1958)[1] mais conhecida como Sônia Abrão, é uma jornalista e apresentadora de televisão brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Emblem-scales.svg
A neutralidade deste(a) artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão. (desde maio de 2016)
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.

Sônia Abrão é jornalista, formada pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero. Com dezoito anos de carreira, sendo a maior parte dedicada à área de variedades, como colunista e crítica de TV e rádio. Sempre cobriu as mais polêmicas e emocionantes notícias televisivas. Já entrevistou criminosos e participou como repórter ao vivo de ações da polícia. É prima paterna do cantor de rock brasileiro Alexandre Magno Abrão, mais conhecido como Chorão da banda Charlie Brown Jr., falecido no dia 6 de março de 2013.[3]

A jornalista foi casada com o empresário Jorge Damião. A união durou por mais de dez anos e desta relação nasceu seu único filho, Jorge Fernando. Por desgaste na relação e brigas constantes, se divorciou a poucos anos.Sônia mora com seu único filho, já adolescente, nascido em meados dos anos 90. Sempre simpática com seu público e a mídia em geral, demonstra felicidade na vida pessoal e profissional.[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

A opção pelo jornalismo popular surgiu com o trabalho no Notícias Populares, com linguagem ágil, direta e objetiva. Esse tipo de publicação sempre foi um desafio, e ela passou por revistas como Contigo, Amiga, Semanário etc, não só como colunista, mas também como redatora, repórter e chefe de reportagem. Sonia teve coluna diária sobre televisão durante dez anos, no extinto Diário Popular e no Diário de São Paulo.

O trabalho em jornal e seu carisma, acabou por levá-la à TV com o assunto de suas colunas, primeiro como convidada dos programas campeões de audiência, como os de Silvio Santos, Chacrinha, Flávio Cavalcanti, Gugu Liberato, Hebe Camargo, Raul Gil, J. Silvestre, depois, como comentarista de TV no programa Aqui Agora no SBT, e ainda como repórter do helicóptero de Augusto Liberato (Gugu).

No rádio, teve quadro como comentarista de TV nos programas de maior audiência do AM e, depois, como comunicadora de seus próprios programas nas rádios Tupi, Globo, América, Capital e Rádio Record, com o programa Sônia e Você, líder de audiência da emissora. A atração foi ao ar ao vivo de segunda a sexta das 10 às 12h com notícias quentinhas do mundo artístico, consultoria médica do Dr. José Aristodemo Pinotti, participação do psicólogo Haroldo Lopes e outros quadros.

A apresentadora foi a única mulher a comandar programa em horário nobre entre as rádios populares, que sempre foi reduto masculino com grandes nomes como Eli Corrêa, Paulo Lopes e Roberto Losan, posição antes alcançada apenas por Hebe Camargo e Cidinha Campos.

Também foi a única comunicadora a liderar a audiência das tardes de São Paulo, com o programa Fatos e Boatos, na Rádio Capital, que ficou quatro anos vencendo o Ibope da Rádio Globo no mesmo horário

Começou sua carreira como apresentadora de televisão no ano 2000, quando apresentou o A Casa É Sua na RedeTV!. Entre 2002 e 2004 se transferiu para o SBT, onde apresentou o Falando Francamente, que inicialmente era um programa vespertino de variedades exibido diariamente e depois exibido somente aos sábados como programa de auditório. Entre 2004 e 2006 se transferiu para Rede Record, onde apresentou o programa Sônia e Você e após divergências com a emissora, retornou para a RedeTV! em maio de 2006.

Desde 2006 apresenta o programa "A Tarde É Sua" na RedeTV!, de segunda à sexta-feira, das 15h às 17h. O programa coloca em pauta notícias sobre bastidores da televisão, comportamento, política, saúde e educação, objetivando a participação do público e convidados pela interação e a troca de ideias.

Escritora[editar | editar código-fonte]

Recentemente Sonia se engajou na carreira de escritora. Em 2007, lançou o livro "Santas Receitas"[5] , que dá dicas de receitas contando curiosidades sobre os santos da Igreja Católica conhecidos do povo brasileiro e dos quais é devota;  em 2009, lançou o “Abaixo a Mulher Capacho![6] , que fala de mulheres que fazem qualquer coisa para não perder um amor ou manter um relacionamento e por qual acabam pagando um preço alto; em 2012, lançou o “Homens que Somem[7] , que registra a angústia feminina com essa questão como também traz  à tona o que passa na cabeça dos homens no momento em que decidem fugir depois de um encontro, de um romance e de um casamento; em 2013,  em parceria com sua irmã Margareth Abrão, lançou o “Doces Lembranças[8] ,que fala das doces lembranças de suas infâncias e as receitas se misturam aos sentimentos vividos. Seu último livro intitulado "As pedras do meu caminho", biografia do cantor Rafael Ilha(ex-polegar), foi lançada no dia 02 de setembro de 2015.

Referências

  1. a b SBT. «Rede da Fama - Sônia Abrão». Consultado em 18 de fevereiro de 2014. 
  2. «Sonia Abrão». Rede TV!. 22/7/2009, às 17h30. Consultado em 19 de agosto de 2009. 
  3. [1]
  4. [http:// gshow.globo.com]
  5. [2]
  6. [3]
  7. [4]
  8. [5]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.