SBT On Line

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: "SOL" redireciona para este artigo. Para a estrela do sistema solar, veja Sol. Para outros significados, veja Sol (desambiguação).
SBT On Line
SBT On line Systems Ltda.
Proprietário(s) Grupo Silvio Santos
Requer pagamento? Para certos conteudos, sim.
Gênero Portal
Cadastro Público / Pago / Não necessita cadastro
País de origem  Brasil
Idioma(s) Português
Lançamento Outubro de 1997
Extinção Maio de 2001
Desenvolvedor SBT
Endereço eletrónico http://www.sol.com.br/

SBT On Line conhecido pela sigla SOL foi uma empresa provedora de internet brasileira pertencente ao Grupo Silvio Santos.

História[editar | editar código-fonte]

A empresa começou a ser desenvolvida em 1996 e foi inaugurada em Outubro de 1997[1] com investimento de cerca de US$ 30 a 40 Milhões,[2] em Dezembro de 1997, dois meses apos o lançamento do provedor, os 3 principais diretores da empresa foram demitidos,[3] em 1999 a assinatura do provedor custava R$ 35,00 e tinha acesso a internet ilimitado e o assinante tinha direito a 1 mês gratis,[4] em Janeiro de 2001 o Grupo Silvio Santos anunciou o fim do SBT On Line devido a um prejuízo que chegava a R$ 40 Milhões e todos os assinantes foram transferidos para outro provedor, a empresa foi extinta no primeiro semestre de 2001.[5]

Referências

  1. «HP Brasil reduz preços; Portátil da Daewoo; Soft de fax e telefone; Para criar home pages; Internet e design; Kit para AcerAspire; SBT entra na rede». Folha de S. Paulo. 15 de outubro de 1997. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  2. Célia de Gouvêa Franco (10 de março de 1997). «Internet e TV paga são os novos mercados para SBT». Folha de S. Paulo. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  3. «Boa audiência não põe fim à instabilidade do SBT». Folha de S. Paulo. 15 de dezembro de 1997. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  4. Rachel Botelho. «Greve on line estimula promoções». Folha de S. Paulo. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  5. Laura Mattos (5 de janeiro de 2001). «Portal dá R$ 40 milhões de prejuízo para o SBT». Folha de S. Paulo. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre Internet é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.