SEASAT

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde julho de 2013). Ajude e colabore com a tradução.
O satélite SEASAT (NASA/JPL-Caltech).

O SEASAT (ou Seasat),[1] de origem Norte americana, foi o primeiro satélite de sensoriamento remoto projetado para atuar sobre os oceanos, e levava a bordo o primeiro Radar de Abertura Sintética (SAR). O satélite foi operado pela NASA e gerenciado pelo Jet Propulsion Laboratory (JPL)

A missão tinha como objetivos genéricos: demonstrar a viabilidade de uma monitoração dos fenômenos oceanográficos globais usando satélites e ajudar a determinar os requisitos para um sistema completo de sensoriamento remoto dos oceanos baseado em satélites. Os objetivos específicos eram: coletar dados dos ventos e da temperatura na superfície dos mares, altura das ondas, ondas internas, água atmosférica, gelo oceânico, características da topografia oceânica

Foi lançado em 27 de junho de 1978,[2] em uma órbita circular de 800 km com inclinação de 108°. Ele operou até 10 de outubro de 1978, 106 dias depois do lançamento.[3] Em 10 de Outubro de 1978, um curto circuito de grandes proporções no sistema elétrico do satélite encerrou a missão.

Teoria da conspiração[editar | editar código-fonte]

O Seasat acabou sendo capaz de detectar o rastro de submarinos submersos, algo que não havia sido planejado.[4] Uma "teoria da conspiração" existente sobre o assunto, argumenta que quando essa característica foi descoberta, os militares desligaram o SEASAT, usando como desculpa o curto circuito no sistema de alimentação.[5] [6]

Referências

  1. "Seasat: Short Description". NASA Jet Propulsion Laboratory. Consult. 28 June 2013. 
  2. http://science.nasa.gov/missions/seasat-1/
  3. "Past Missions - Seasat". NASA Jet Propulsion Laboratory. Consult. 28 June 2013. 
  4. WILLIAM J. BROAD (11 May 1999). "U.S. Loses Hold on Submarine-Exposing Radar Technique". New York Times [S.l.: s.n.] 
  5. Pat Norris (2008). Spies in the Sky Surveillance Satellites in War and Peace Praxis [S.l.] doi:10.1007/978-0-387-71673-2. ISBN 978-0-387-71672-5.  p. 172
  6. "The Ship Model Forum". Consult. 2008-11-18. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre SEASAT
Ícone de esboço Este artigo sobre satélites é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.