Sociedade de Ginástica Porto Alegre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de SOGIPA)
Ir para: navegação, pesquisa

A Sociedade de Ginástica Porto Alegre (SOGIPA) é um clube brasileiro, localizado na cidade de Porto Alegre. Possui quase 40 mil sócios.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundado em 6 de novembro de 1867 pelo comerciante alemão Alfred Schütt e por um grupo de imigrantes alemães com o nome de Deutscher Turnverein (Sociedade Alemã de Ginástica).

Criada como um clube de ginástica (que era praticada apenas pelos homens), em 1869 passou a ser também clube de tiro ao alvo, originando o Deutscher Turnerbund Schützverein (Sociedade Alemã de Ginástica e Tiro ao Alvo). Em 1878, houve a separação do departamento de ginástica e de tiro ao alvo.

Em 1887, houve nova cisão da sociedade, com o grupo da ginástica formando o Turnklub (Clube de Ginástica). Em 11 de abril de 1892, com a fusão do Deutscher Turnverein e do Turnklub, surge o Turnerbund, que no ano seguinte compra seu terreno na Avenida Alberto Bins (propriedade até 1980), além de manter uma piscina de madeira no Rio Guaíba, a primeira do Estado, construída em 1885 e destruída em um incêndio em 1916.

O primeiro presidente do Turnerbund foi Jacob Aloys Friedrichs que, em três longos períodos no cargo, num total de 30 anos, foi quem ergueu o clube.

Com o passar do tempo, a natação e a esgrima tornaram-se também atividades do clube. Além disso, a Sogipa realiza também a Oktoberfest mais antiga do Brasil, desde 1911.

A SOGIPA sobreviveu à política de retaliação aos descendentes de alemães na Primeira Guerra Mundial e, diferentemente de outras sociedades de cultura alemã, ela também sobreviveu à Segunda Guerra Mundial, devido a sua importância e influência na cidade.

No dia 7 de janeiro de 1910, procurando um terreno com mais espaço para permitir a prática do time de futebol do clube (o Frisch Auf), foi comprado o terreno onde hoje se encontra a sua sede social (construída entre os anos de 1963 e 1971), e ali foram construídos o campo de jogos, as sedes de departamento e um estádio atlético.

Com a campanha de nacionalização de Getúlio Vargas, a sociedade foi obrigada mudar de nome, para Sociedade Ginástica Porto Alegre - SOGIPA, em 14 de abril de 1942.

Infra-estrutura[editar | editar código-fonte]

Possui doze quadras de tênis, pista sintética de atletismo - única entre clubes particulares do Brasil - piscinas, toboáguas e um centro de esportes com mais de 14 mil metros quadrados de área construída, dividido em três pavimentos. Ao todo, são nove ginásios para diversas modalidades esportivas, academias de ginástica, musculação, clínica médica, locadora de filmes, lan-house, farmácia sauna e alojamentos.

Desportistas da SOGIPA[editar | editar código-fonte]

Judô[editar | editar código-fonte]

A SOGIPA, sob o comando do Sensei Antônio Carlos Pereira, o Kiko, tornou-se referência na formação e treinamentos de judocas de nível internacional. Dentre os atletas que já integraram o departamento de judô do clube, estão João Derly, bicampeão mundial e campeão Pan-Americano, e Tiago Camilo, campeão mundial, tri campeão Pan Americano e três vezes medalhista olímpico.[1][2]

Na atualidade, entre os desportistas do clube de renome internacional estão Mayra Aguiar, três vezes medalhista em Jogos Pan-Americanos, quatro vezes medalhista em Campeonatos Mundiais, e duas vezes medalhista olímpica; Érika Miranda, três vezes medalhista Pan Americana, sendo campeã em 2015, e quatro vezes medalhista em mundiais; Felipe Kitadai, duas vezes medalhista Pan-Americano, sendo campeão em 2015, e medalhista olímpico em Londres 2012 e Maria Portela, duas vezes medalhista Pan Americana. [3][4]

Referências[editar | editar código-fonte]

TESCHE, Leomar.A Prática do Turnen entre Imigrantes Alemães e seus Descendentes no Rio Grande do Sul: 1867-1942. Ijuí: Ed.Unijui, 1996

Ligações externas[editar | editar código-fonte]