SS Asiatic (1870)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
SS Asiatic
Carreira British Blue Ensign Civil and Naval Ensign of France
Proprietário White Star flag NEW.svg White Star Line (1871-1873)
African Steamship Company (1873-1895)
Cie. Française Charbonnage et de la Batelage (1896-1903)
Fabricante Thomas Royden & Sons, Liverpool
Lançamento 01 de dezembro de 1870
Estado Afundou em 1903
Características gerais
Tonelagem 2 121 t[1]
Comprimento 99.49 m
Boca 10,72 m
Propulsão 1 hélice
Velocidade 12 nós (22 km/h)
Carga 10 passageiros

SS Asiatic foi um navio a vapor operado pela White Star Line entre 1871 e 1873. Ele foi vendido e foi rebatizado como SS Ambriz, e afundou no ano de 1903 na costa de Madagascar.

História[editar | editar código-fonte]

O Asiatic foi construído como um navio de carga, sendo equipado com três mastros totalmente manipuladas, além de seu motor a vapor com dois cilindros. Ele tinha capacidade de transportar até 10 passageiros. A embarcação foi lançada ao mar pelo estaleiro Thomas Royden & Sons no dia 1 de dezembro de 1870, em Liverpool, sendo adquirido pela White Star Line no início de 1871. Ele foi operado pela primeira vez em Calcutá, mas foi transferido para realizar rotas na América do Sul no ano seguinte. Asiatic não mostrou ser um navio rentável, e foi vendido para a African Steamship Company em 1873.[2]

Renomeado de Ambriz, ele operou na África Ocidental a partir de setembro daquele mesmo ano. Em dezembro de 1883, o navio foi reequipado e atuou na rota de Liverpool e Nova Orleães. Ambriz foi novamente vendido em 1886 para a French Coaling & Shipping Co., que serviu como um navio de depósito de carvão, navegando regularmente a partir de sua base em Madagascar para a Europa, onde ele era reabastecido. O navio naufragou ao largo da costa de Madagascar em fevereiro de 1903.[2]

Referências

  1. «The History of Elder Dempster» (PDF). rakaia.co.uk. 2012. Consultado em 31 de outubro de 2012 
  2. a b Leduc, Martin (2012). «White Star Liners» (PDF). Martin's Marine Engineering Page. Consultado em 31 de outubro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]