STS-28

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
STS-28
Insígnia da missão
Estatísticas da missão
Espaçonave Columbia
Lançamento 8 de Agosto de 1989, 8:37:00 a.m. EDT.
39-B
Aterrissagem 13 de Agosto de 1989, 6:37:08 a.m. PDT
-
Órbitas 81
Duração 5 dias, 1 horas, 8 segundos
Altitude orbital Classificada (porém com base na distância percorrida e no número de órbitas, estima-se um valor entre 220 e 380km)
Inclinação orbital 57,0 graus
Distância percorrida 2 100 000 milhas (3 400 000 km)
Imagem da tripulação
Sts-28 crew.jpg
Último
Último
Próximo
Próximo

STS-28 foi uma missão do ônibus espacial Columbia, realizada em agosto de 1989 para o Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Parâmetros da missão[editar | editar código-fonte]

Principais fatos[editar | editar código-fonte]

Esta foi a quarta missão dedicada ao Departamento de Defesa dos Estados Unidos, e o primeiro voo do Columbia desde a missão STS-61-C. Devido à natureza desta missão, os detalhes são classificados. Acredita-se que foram lançados dois satélites, possivelmente incluindo uma segunda geração do Satellite Data System relay.

Foi reportado que a STS-28 também lançou o satélite de reconhecimento de imagem Advanced KH-11 que utilizava um sistema de imagens totalmente digital para o retorno das imagens. O satélite foi colocado numa órbita baixa com uma elevada inclinação em relação ao equador para permitir a cobertura da maior parte da superfície terrestre. A série KH-11 pe um satélite digital de reconhecimento de imagem com sensores visuais e infravermelhos.

O vaivém espacial pioneiro Columbia (OV-102), o primeiro veículo espacial reutilizável na frota da NASA, foi lançado do Pad B, do complexo de lançamento 39, no KSC, em 8 de Agosto de 1989. O momento do lançamento foi às 8:37 a.m. EDT. Este era o trigésimo voo de um vaivém espacial, e o primeiro voo do Columbia recondicionado desde a missão 61-C em 12 de Janeiro de 1986. A aterragem ocorreu na Base Aérea de Edwards às 9:37 p.m. EDT. A missão teve a duração de 5 dias e 1 hora.

Durante o voo, o grupo desligou um propulsor no sistema de controle de reação (RCS) devido às indicações de existência de uma fenda. Além disso, um aquecedor RCS apresentou um erro de funcionamento.

A análise pós-voo da STS-28 descobriu um aquecimento anormal do Sistema de Proteção Térmica (TPS) durante a reentrada. Um relatório detalhado [1] identificou como provável causa uma fenda que se projectava na entrada de combustível. Este material é o mesmo material que foi removido durante uma [[caminhada no espaço no retorno da STS-114 em 2005.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
STS-30
Programa de Ônibus espaciais
Sucedido por
STS-34