Sabonete

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Sabonete (desambiguação).
Diferentes sabonetes

O sabonete é um produto utilizado para a higiene pessoal, composto principalmente por ácido graxo animal (gordura) e vegetal (óleos), além de álcalis e alguns aditivos complementares responsáveis pela fragrância.

Assim como o sabão, o sabonete é produzido através da saponificação, porém são produzidos com gorduras de qualidades superiores e substâncias derivadas, como perfumes e corantes.[1]

Reação de saponificação[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Saponificação

Assim como o sabão, o sabonete sólido resulta da reação de saponificação, um processo reacional em que o óleo ou a gordura reage com a álcalis formando um sal. Neste processo, o ácido graxo, seja animal ou vegetal, reage com a substância básica desintegrando-se em três partes que recebem um átomo do metal (Sódio ou Potássio). Além disso, uma molécula de glicerina também é formada.[2]

O sal resultado da reação de saponificação apresenta uma região polar e outra apolar, esta característica faz com que o sabonete interage com uma gama de substâncias.[2]

Compostos[editar | editar código-fonte]

Em geral, os sabonetes possuem cinco compostos, dentre eles estão:[2]

  • Gorduras: lípidos com pelo menos duas ramificações saturadas, oriundos da reação o glicerol e ácidos graxos.
  • Óleos: oposto das gorduras, os óleos são lípidos com pelo menos duas ramificações insaturadas. A reação que origina os óleos é a mesma das gorduras.
  • Álcalis: substâncias básicas na produção dos sabonetes. As mais comuns utilizadas são o Hidróxido de sódio (NaOH), Hidróxido de potássio (KOH) e o Carbonato de sódio (Na2CO3). Todas apresentam-se em estado sólido e coloração branca.
  • Aditivos: de uma forma geral, são os produtos que fornecem as fragrâncias e colorações ao sabonete.

Regulamentação[editar | editar código-fonte]

No Brasil, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, os sabonetes faciais, corporais e desodorantes não necessitam de apresentar suas informações, tais como: o modo de uso e suas restrições. Entretanto, é obrigatório que os sabonetes bactericidas, íntimos e infantis apresentam tais informações, além de sua comprovação de segurança.[1]

Referências

  1. a b «O que constitui os sabonetes?». ecycle.com.br. Consultado em 24 de abril de 2017. Cópia arquivada em 24 de abril de 2017 
  2. a b c Diogo Lopes Dias. «Química do sabonete». mundoeducacao.bol.uol.com.br. Consultado em 24 de abril de 2017. Cópia arquivada em 24 de abril de 2017 
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Sabonete