Saint-Quentin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Saint-Quentin
Hôtel de ville.
Hôtel de ville.
Brasão de armas de Saint-Quentin
Brasão de armas
Saint-Quentin está localizado em: França
Saint-Quentin
Localização de Saint-Quentin na França
Coordenadas 49° 50' 55" N 3° 17' 11" E
País  França
Região Coats of arms of None.svg Altos da França
Departamento Blason département fr Aisne.svg Aisne
Área
 - Total 22,56 km²
Altitude máxima 125 m
Altitude mínima 68 m
População (2010) [1]
 - Total 55 978
    • Densidade 2 481,3 hab./km²
Gentílico Saint-Quentinois
Código Postal 02100
Código INSEE 02691
Sítio saint-quentin.fr

Saint-Quentin é uma comuna francesa, subprefeitura e agência centralizadora de cantão, do departamento de Aisne na região dos Altos da França. Ela se situa sob o rio Somme. A cidade tinha uma população de 55.698 habitantes em 2013, a maior do departamento, e a oitava comuna mais populosa da região.

Em 2016, sua aglomeração recebeu o rótulo French Tech (na temática Internet das Coisas).

Geografia[editar | editar código-fonte]

Toponímia[editar | editar código-fonte]

História[editar | editar código-fonte]

Antiguidade[editar | editar código-fonte]

A cidade foi fundada pelos romanos, em torno do início de nossa era, para substituir o oppidum de Vermand como capital do Viromandui, povo celta belga que ocupou a região. Ela recebeu o nome de Augusta Viromanduorum, a Augusta dos Viromandui, em honra do imperador Augusto. O sítio corresponde a um vau que tornava possível atravessar o Somme. Ela foi devastada no século III, e é possível que Vermand tenha se devolvido na capital local (cf. seu nome que provem de Veromandis).

Idade Média[editar | editar código-fonte]

Durante a alta Idade Média, o importante mosteiro que se desenvolveu graças à peregrinação ao túmulo de Quintino, um romano cristão que veio evangelizar a região e foi martirizado em Augusta, deu nascimento a uma nova aglomeração que levou o nome do famoso santo. A abadia aparece em um texto famoso: uma carta do imperador Carlos Magno que convoca o abade Fulrad de Saint-Quentin e seus vassalos ao Ost em 806[2]. A partir do século IX, Saint-Quentin foi a capital do condado de Vermandois. Desde o século X, os Condes de Vermandois (da família carolíngia, depois da capetiana) foram muito poderosos. A cidade se desenvolveu rapidamente: os burgueses se organizaram e obtiveram de Herberto IV de Vermandois, antes de 1080[3], uma carta comunal que lhes garantiu uma ampla autonomia.

Idade Moderna[editar | editar código-fonte]

Idade Contemporânea[editar | editar código-fonte]

Cultura local e patrimônio[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Populations légales des communes en vigueur au 1er janvier 2013». www.insee.fr (em francês). INSEE. Dezembro de 2012. Consultado em 3 de abril de 2013 
  2. O texto da carta é notavelmente reproduzido em Michel Kaplan (dir.), Le Moyen Âge, IVe et Xe siècles, vol. 1, Bréal, 2000, ISBN 978-2853947312.
  3. André Chédeville, « Le mouvement communal en France aux XIe et XIIe siècles, ses éléments constitutifs et ses relations avec le pouvoir royal » in Robert Favreau, Régis Rech et Yves-Jean Riou (directeurs), Bonnes villes du Poitou et des pays charentais (XIIe – XVIIIe siècles) : Actes du colloque tenu à Saint-Jean-d’Angély les 24-25 septembre 1999, publicados pela Société des antiquaires de l'Ouest in Mémoires de la Société des antiquaires de l'Ouest et des musées de Poitiers, 5e série, tomo VIII (2002), em Poitiers. ISBN 2-9519441-0-1, p. 19

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a França é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.