Salto do Lontra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades com este nome, veja Lontra (desambiguação).
Município de Salto do Lontra
Visão sentido norte-sul do município

Visão sentido norte-sul do município
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 18 de dezembro de 1964
Gentílico lontrense
Prefeito(a) Maurício Baú (PPS)
(2017–2020)
Localização
Localização de Salto do Lontra
Localização de Salto do Lontra no Paraná
Salto do Lontra está localizado em: Brasil
Salto do Lontra
Localização de Salto do Lontra no Brasil
25° 47' 02" S 53° 18' 32" O25° 47' 02" S 53° 18' 32" O
Unidade federativa  Paraná
Mesorregião Sudoeste Paranaense IBGE/2008[1]
Microrregião Francisco Beltrão IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Nova Esperança do Sudoeste, Nova Prata do Iguaçu, Enéas Marques, Dois Vizinhos, Boa Esperança do Iguaçu e Santa Isabel do Oeste.
Distância até a capital 500 km
Características geográficas
Área 313,290 km² [2]
População 13 689 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 43,69 hab./km²
Altitude 450 m
Clima Subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,76 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 107 759,408 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 8 397,71 IBGE/2008[5]
Página oficial

Salto do Lontra é um município brasileiro do estado do Paraná. Sua população estimada em 2004 era de 12.199 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1951 surgiram, na região, as primeiras famílias que iniciaram a colonização e a fundação da vila. Nicolau Inácio e sua família, cuja avenida principal leva seu nome, foram os primeiros colonizadores, quando iniciaram a abertura do espaço que viria a ser a sede do futuro município.

Nicolau Inácio, juntamente com Benjamim Baggio e Estevão Dorigon, ergueram, em 1952, a primeira capela, denominada Nossa Senhora Aparecida, feita de madeira lascada. Como não havia escola no local, funcionava também como sala de aula, tendo como primeira professora a Senhora Irondina Piazza Wobeto, juntamente com o Senhor Antonio Peron.

Logo em seguida, descendentes de alemães, italianos e poloneses, vindos do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, começaram a povoar a localidade. Essas famílias trouxeram consigo suas culturas e tradições.

Com o crescente desenvolvimento, alguns conflitos de terra foram verificados, quando as empresas CANGO (Colônia Nacional de General Osório) e a CITLA (Clevelândia Industrial e Territorial Ltda.) entraram em disputa por áreas. Como consequência imediata, muitos habitantes da vila foram obrigados a deixarem suas terras e migrarem para outras regiões. Os conflitos só tiveram fim em 1957 com a chamada "Revolução dos Colonos".

Em 1961, de acordo com a Lei nº 92 de agosto do mesmo ano, a vila de Salto do Lontra foi elevada à categoria de Distrito, pertencente á Francisco Beltrão. Três anos depois, foi elevada à categoria de Município pela Lei nº 4.823 de 18 de fevereiro de 1964. A instalação ocorreu dia 13 de dezembro do mesmo ano, data em que foi empossada a primeira Câmara Municipal e o primeiro prefeito eleito, Wilson José da Silva Nunes. Em 1986, Salto do Lontra foi elevada a comarca, criada pela lei municipal 8.280/86.

Origem do nome[editar | editar código-fonte]

A origem do nome Salto do Lontra surgiu devido à existência de muitas lontras num rio perto da vila, e a existência de salto que recebeu este nome.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua área total é de aproximadamente 313 km². A parte inserida nos limites do perímetro urbano totaliza aproximadamente 2,9 km² o que corresponde a aproximadamente, 1 % do total do território municipal abrigando, em 2000, segundo dados do IBGE, a menor parte da população, 5.602 habitantes,44% do total do município.

Sua área rural é de 310,1 km², o que representam os outros 99 % da área municipal total, abrigando os outros 56% da população, correspondendo a 7.155 habitantes.

Referências

  1. a b . Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) do Brasil e Limites Territoriais ftp://geoftp.ibge.gov.br/Organizacao/Diviial do Brasil e Limites Territoriais Verifique valor |url= (ajuda). Consultado em 11 de outubro de 2008  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.