Samba (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Samba
'Samba'
Cartaz promocional
 França
2014 •  cor •  118 min 
Realização Olivier Nakache
Éric Toledano
Produção
  • Nicolas Duval-Adassovsky
  • Laurent Zeitoun
  • Yann Zenou
Argumento
  • Olivier Nakache
  • Éric Toledano
  • Muriel Coulin
Baseado em Samba pour la France
de Delphine Coulin
Elenco Omar Sy
Charlotte Gainsbourg
Tahar Rahim
Izïa Higelin
Género drama
comédia
Música Ludovico Einaudi
Direção de fotografia Stéphane Fontaine
Edição Dorian Rigal-Ansous
Distribuição Gaumont (França)
Zon Lusomundo (Portugal)
California Filmes(Brasil)[1]
Estreia Canadá 7 de setembro de 2014 (Festival Internacional de Cinema de Toronto)
França 15 de outubro de 2014
Portugal 26 de março de 2015
Brasil 9 de julho de 2015
Estados Unidos 24 de julho de 2015
Idioma francês
árabe
inglês
português
russo
sérvio

Samba (bra/prt: Samba)[2][3] é um filme francês de 2014, do gênero comédia dramática, dirigido por Olivier Nakache e Éric Toledano, com roteiro deles e ainda Muriel Coulin[2] baseado no romance ''Samba pour la France, de Delphine Coulin.

No Brasil, foi apresentado pela California Filmes no Festival Varilux de Cinema Francês 2015, e foi o filme mais assistido da edição.[4]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Samba é um imigrante do Senegal que vive há 10 anos na França, trabalha em um restaurante como lavador de pratos, mas tem problemas com a imigração e acaba por ser preso. Alice é uma executiva que sofreu uma crise de síndrome de burnout e, agora, trabalha como voluntária em uma ONG que ajuda imigrantes em situação irregular como parte de seu tratamento. Duas vidas com poucas perspectivas que se cruzam e iniciam um relacionamento insólito.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Na França, o filme tem uma média de 3,6/5 no AlloCiné calculada a partir de 31 resenhas da imprensa.[5] No agregador de críticas Rotten Tomatoes, que categoriza as opiniões apenas como positivas ou negativas, o filme tem um índice de aprovação de 62% calculado com base em 68 comentários dos críticos que é seguido do consenso: "Samba não é o melhor esforço dos diretores Olivier Nakache e Eric Toledano, mas as deficiências do filme são parcialmente contrabalançadas por seu grande coração e elenco talentoso."[6]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Recipiente Resultado
César 2015 Melhor atriz coadjuvante Izïa Higelin Indicado[7]
Lumière 2015 Melhor atriz Charlotte Gainsbourg Indicado[carece de fontes?]

Referências

  1. «Samba». California Filmes. Consultado em 2 de outubro de 2021 
  2. a b «Samba». Brasil: CinePlayers. Consultado em 7 de dezembro de 2020 
  3. «Samba». Portugal: CineCartaz. Consultado em 7 de dezembro de 2020 
  4. «FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS LEVA 110 MIL ESPECTADORES AOS CINEMAS». Portal Exibidor. Tonks. Consultado em 15 de novembro de 2021 
  5. «Samba». AlloCiné (em francês). Consultado em 2 de outubro de 2021 
  6. «Samba». Rotten Tomatoes (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2021 
  7. 2015 - Meilleure Actrice dans un Second Rôle
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme francês é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.