Sammy Hagar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:
Sammy Hagar
SammyHagar.JPG
Sammy Hagar ao vivo no Moondance Jam, em 10 de julho de 2008
Informação geral
Nome completo Samuel Roy Hagar
Também conhecido(a) como The Red Rocker
Nascimento 13 de outubro de 1947 (68 anos)
Origem Salinas,[1] Condado de Monterey, Califórnia[2]
País  Estados Unidos
Gênero(s) Hard rock
Período em atividade 1973 - atualmente
Afiliação(ões) Van Halen, Montrose, Chickenfoot
Página oficial www.RedRocker.com

Samuel Roy Hagar (Salinas,[1] Condado de Monterey - 13 de outubro de 1947)[2] é um compositor, vocalista e guitarrista de rock dos Estados Unidos conhecido por ter sido integrante das bandas Van Halen e Montrose.[2] Em 12 de março de 2007, Hagar foi introduzido no Hall da Fama do Rock and Roll como membro do Van Halen.[3] Seu estilo musical é composto principalmente de hard rock e heavy metal.[4] [5] [6]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Depois de uma frustrada tentativa de boxeador, Hagar começou a cantar no fim dos anos 60. Integrou várias bandas incluindo Skinny, the Fabulous Catillas, Justice Brothers, e Dust Cloud. Edgar Winter pediu para que Ronnie Montrose integrasse Sammy a sua banda, o Montrose, em 1973. Hagar gravou dois álbuns com o Montrose, depois partiu para a carreira solo em 1976, tendo o baixista do grupo, Bill Church (então ex-Montrose) e o baterista Denny Carmassi, juntamente ao tecladista Geoff Workman.

Debutou com o álbum Nine on the Tem Scale, com a regravação de Donovan, "Young Girl Blues". Seguiu com o disco homônimo (Sammy Hagar) que incluiria a faixa que até hoje Sammy toca em seus shows: "Red". Em 1979, ele criou uma nova banda, que na verdade matinha a mesma base, apenas com a troca do guitarrista por Gary Pihl e o baterista Chuck Ruff. Lançou outros discos: Musical Chairs (1977), Street Machine (1979) e Danger Zone (1980).

Em 1981, Sammy lança Standing Hampton, que incluía canções como "There's Only One Way to Rock" , "I'll Fall in Love Again" e "Heavy Metal", que foi incluído na trilha sonora da animação homônima. Em 1982, lança Three Lock Box com apenas um membro ausente – o baterista Ruff, substituído por David Lauser. Hagar fez vários shows com o guitarrista Neal Schon, o baixista Kenny Aaronson, e o baterista Mike Shrieve. O grupo gravou um álbum ao vivo, com o nome Hagar Schon Arronson Shrieve (HSAS), bem como uma versão de estúdio de "A Whiter Shade of Pale". Em 1984, lança VOA (um acrônimo de Voice of America).

Em 1985, Hagar substituiu David Lee Roth no Van Halen. O seu primeiro álbum com o grupo foi de 1986: 5150. Hagar ainda tinha um contrato com a Geffen Records no qual deveria gravar mais um álbum solo, e o fez em 1987. O registro foi chamado de I Never Said Goodbye, produzido pela MTV. Incluía neste álbum a canção "Where Eagles Fly" e "Give to Live", canções que são presentes em todos os seus shows até atualmente. Hagar ficou com Van Halen até o final dos anos 80 e metade dos anos 90. Durante esse tempo, a banda tinha quatro outros álbuns - OU812 (1988), For Unlawful Carnal Knowledge (1991), Live: Right Here, Right Now (1993), Balance (1995).

Em 1996, Hagar saiu do Van Halen, e a banda tinha Roth de volta para cantar duas faixas no álbum Best of Volume I antes de contratar o ex-Extreme Gary Cherone. O próximo álbum de Hagar foi lançado em 1997: Marching to Mars, tendo participações de Slash na guitarra, entre outros convidados. Com o apoio da banda chamado Waboritas (composta pelo guitarrista Vic Johnson, tecladista Jesse Harms, baixista Mona, e o baterista David Lauser), Hagar lança um novo disco em 1999: Red Voodoo. Continuou em 2000 com o disco Ten 13 (alusão à sua data de aniversário). Depois o disco quase caseiro Not 4 Sale e em 2003 seu primeiro álbum ao vivo em 20 anos, Live: Hallelujah. Em 2006 teve o lançamento de Livin' It Up!. Em 2008 lançou o single "Open", canção do anunciado disco de 2009.

Sammy Hagar formou em 2008, juntamente com baixista (e também ex-integrante do Van Halen) Michael Anthony, o guitarrista Joe Satriani e o baterista do Red Hot Chili Peppers, Chad Smith, a banda Chickenfoot (pé de galinha, em português). O grupo gravou dois álbuns de estúdio e dois ao vivo. Logo depois o supergrupo se desmembrou e Sammy voltou à sua carreira solo, levando Anthony em suas turnês para tocar as músicas do Van Halen.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Montrose[editar | editar código-fonte]

  • Montrose (1973)
  • Paper Money (1974)

Solo[editar | editar código-fonte]

  • Nine on a Ten Scale (1976)
  • Sammy Hagar (1977) (The Red Album)
  • Musical Chairs (1977)
  • All Night Long (1978)
  • Street Machine (1979)
  • Danger Zone (1979)
  • Standing Hampton (1981)
  • Three Lock Box (1982)
  • Live 1980 (1983)
  • VOA (1984)
  • I Never Said Goodbye (1987)
  • Marching to Mars (1997)
  • Red Voodoo (1999)
  • Ten 13 (2000)
  • Not 4 Sale (2001)
  • Live: Hallelujah (2003)
  • Livin' It Up! (2006)

Com o Van Halen[editar | editar código-fonte]

Com os The Waboritas[editar | editar código-fonte]

  • Red Voodoo (1999)
  • Ten 13 (2000)
  • Not 4 Sale (Out.2002)
  • Live: Hallelujah (Maio 2003)
  • Livin' It Up! (2006)

Ao Vivo[editar | editar código-fonte]

  • All Night Long -live (Set. 1978)
  • Loud & Clear (Março 1980)
  • Rematch (1982)
  • Live 1980 (1983)
  • Rematch And More (1987)
  • Live - Very Live in Concert (1989)
  • Red Hot! (1992) retirado do All Night Long & Live 1980
  • The Best of Sammy Hagar (1992)
  • Unboxed (1994) #51 US
  • Anthology (1995)
  • Turn Up the Music! (1995)
  • The Best Of Sammy Hagar (1999)
  • Very Best Of Sammy Hagar (2001)
  • Classic Masters (Out 8, 2002)
  • Greatest Hits Live! (Out. 2003)
  • The Essential Red Collection (2004)

Com o Chickenfoot[editar | editar código-fonte]

Outros[editar | editar código-fonte]

  • Through the Fire - como HSAS (1984) #42 US, #92 UK

Referências

  1. a b Hagar, Sammy (2011). Red (Enhanced Edition): My Uncensored Life in Rock Harper Collins [S.l.] pp. 1 – Hard Luck Son Of A Bitch. ISBN 9780062094308. 
  2. a b c «Sammy Hagar». biography. Consultado em 21 de Setembro de 2015. 
  3. «Van Halen» (em inglês). Rock and Roll Hall of Fame. Consultado em 23-02-2012. 
  4. Martin Popoff (15 August 2014). The Big Book of Hair Metal: The Illustrated Oral History of Heavy Metal's Debauched Decade Voyageur Press [S.l.] p. 133. ISBN 978-0-7603-4546-7. 
  5. David Dicaire (1 October 1999). Blues Singers: Biographies of 50 Legendary Artists of the Early 20th Century McFarland [S.l.] p. 96. ISBN 978-0-7864-0606-7. 
  6. Randy Duncan; Matthew J. Smith (29 January 2013). Icons of the American Comic Book: From Captain America to Wonder Woman: From Captain America to Wonder Woman ABC-CLIO [S.l.] p. 333. ISBN 978-0-313-39924-4. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sammy Hagar
Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.